Resenha

Paper Gods

Álbum de Duran Duran

2015

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Top Notch

16/09/2017



Os deuses de papel do pop inglês

Dia 11 de setembro,de 2015,o Duran Duran lançou seu 14º álbum, Paper Gods. Se o anterior All You Need Is Now fora retorno estilístico e estiloso ao auge de 1983-4, Paper Gods é meio-termo entre contemporaneidade e a fase funkeada de Notorious (1985). Nile Rodgers colabora e durante um par de milissegundos da faixa-título, a gente acha que ouvirá outra Wild Boys, clássico produzido pelo inventor do Chic.

Dualidade – contradição – é a tônica de Paper Gods; nada surpreendente para uma banda que sempre viveu na ambiguidade entre fazer música “séria” e emplacar hits, ser adulada/idolatrada. Na faixa-título, Simon alfineta as celebridades-nada e a superficialidade destes tempos, apenas para pouco depois duetar com a trashete Lindsay Lohan, na deliciosamente vulgar Danceophobia. Quero ver algum duranie resistir de mexer o bundão com a batida pop facinha da faixa produzida pelos modernos Mr. Hudson e Josh Blair. E a voz rouca da luxo-lixo LiLo recitando baboseiras no papel de “médica” é a medida exata da deliciosa sordidez que o Duran pode produzir. E nada disso é crítica destrutiva: sou duranie e essa banda tem um álbum chamado Pop Trash (2000).

A generosa porção moderna de Paper Gods tem momentos brilhantes como a EDM de Last Night in the City, com a “divada” participação de Kiesza e a pipocante Change the Skyline com suas 2 linhas marcantes de teclado e vocais adicionais do aerado dinamarquês Jonas Bjerre. Na segunda audição você já estará cantarolando os refrães. O álbum está repleto de convidados, mas sozinho o Duran também faz bonito, como na delícia balouçante de Face For Today ou na relaxada (no bom sentido) Sunset Garage.

A voz de Le Bon – manipulação de estúdio ou não – continua encharcada em libido; daí imagine combiná-la com a guitarra sexual de Nile Rodgers em eletrofunk oitentista, mas com produção de 2015? Assim é Pressure Off, ponto alto do conjunto; diabrete de canção com vocais adicionais de Janelle Monáe.

John Frusciante, ex-guitarrista do Red Hot Chili Peppers contribui em 3 faixas. What Are The Chances constitui a porção baladeira filler em companhia de You Kill Me With Silence (sem John). O ex-Pimenta também está em The Universe Alone, que fecha a versão standard de Paper Gods em crescente clima de catarse. Puro drama, perfeito pra voz de Simon. Butterfly Girl é a mais contagiante das participações de Frusciante; eletrofunkão 80tista com vocais femininos anônimos duetando com Simon.

Dada a facilidade de obter álbuns na era internética, sugiro a Deluxe Edition, com 3 faixas adicionais. O destaque vai para Planet Roaring, que abre sua viagem dance com sintetizadores à Giorgio Moroder.

O Duran Duran du jour não veio com intenção de reviver/requentar seu passado de glórias. O quarteto ainda tem fôlego para tentar coisas novas, investir em sonoridades atuais. É essa junção de passado, presente e indicativos para o futuro que faz de Paper Gods tão bem sucedido.



Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaDreamcar - Dreamcar (2017)

    30/07/2020

  • Image

    ResenhaThe Glove - Blue Sunshine (1983)

    23/07/2019

  • Image

    ResenhaGallant - Sweet Insomnia (2019)

    25/11/2020

  • Image

    ResenhaThe Story of Funk: One Nation Under a Groove

    11/02/2021

  • Image

    ResenhaLittle Boots - Working Girl (2015)

    04/04/2021

  • Image

    ResenhaIndra Rios-Moore - Heartland (2015)

    23/08/2020

  • Image

    ResenhaPhil Perry - Breathless (2017)

    22/12/2020

  • Image

    ResenhaHot Chip - A Bath Full Of Ecstasy (2019)

    14/05/2020

  • Image

    ArtigoO Legado de Prince

    21/04/2018

  • Image

    ResenhaLack of Afro - Jack Of All Trades (2018)

    12/09/2020

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Paper Gods

Álbum disponível na discografia de: Duran Duran

Ano: 2015

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,67 - 3 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Paper Gods



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.