Resenha

Beautiful Shade Of Grey

Álbum de James LaBrie

2022

CD/LP

Por: André Luiz Paiz

Webmaster

02/08/2022



James LaBrie surpreende e responde com classe aos que questionam sua relevância

Na cena musical atual, onde dezenas de bandas são formadas diariamente em busca de algumas reproduções no Spotify, há uma nuvem de mesmice e clichês ao redor. Sim, nada se cria e tudo se copia, mas já estamos chegando em uma situação de cópia da cópia da cópia. Por isso, ouvir algo tão refrescante e novo quanto "Beautiful Shade Of Grey", é de se dar o merecido destaque.

"Beautiful Shade Of Grey" traz uma nova abordagem na carreira solo do atualmente massacrado James LaBrie, vocalista do Dream Theater. Rodeado por críticas devido aos desafios que vêm enfrentando nas apresentações ao vivo, considero-o um guerreiro. Apresentar-se todas as noites com quase sessenta anos, durante quase três horas e cantando na estratosfera as músicas que gravou na casa dos vinte, é um desafio gigantesco. Mesmo assim, ele segue de pé. Quanto ao disco, aqui James despiu-se do metal alternativo e progressivo de seus álbuns anteriores e regressou com uma nova banda, em uma abordagem rock, levemente prog e totalmente acústica. E o acerto foi grande.

Curiosamente, James LaBrie não regressou ao lado de Matt Guillory, parceiro de longa data em seus discos solo e no interessante projeto MullMuzzler. Aqui, seu braço direito é o baixista/guitarrista Paul Logue (Eden's Curse), amigo de James há uns 10 anos. Também temos o filho de LaBrie, Chance LaBrie, em competente atuação na bateria. O único das antigas que retorna é o guitarrista Marco Sfogli. Para fechar o pacote, Logue recrutou também o tecladista de sua banda principal, Christian Pulkkinen. E assim, entre conversas de Logue e James quando eventualmente cruzavam caminhos e turnês, o álbum aconteceu.

Temos um pouco de prog, rock clássico, melodias pegajosas e canções bem estruturadas. O disco é bem elaborado e muito acessível. LaBrie é o grande destaque. Confesso que seu uso de voz de cabeça quando migra para notas mais altas não me soa tão bem quanto no passado e acho que, com o envelhecimento, James deveria aproveitar mais o calor de sua voz e tons mais graves e sussurrados, onde mais brilha. Mas, sua competência e experiência se fazem presente.

Preciso mencionar a arte de capa, feita por Thomas Ewerhard. Ela representa brilhantemente o título do álbum e temas das canções, que tratam muito da beleza do ser humano e da vida, embora todos tenhamos momentos cinzentos.

Tudo aqui funciona bem, mas as baladas "Wildflower" e "Am I Right" são surpreendentes. "Devil In Drag" mostra um lado mais rocker e traz como bônus uma versão plugada (com guitarras). "Hit Me Like A Brick" e "Supernova Girl" são as mais pegajosas e não podemos deixar de mencionar o ótimo resultado da cover de "Ramble On", do Led. A única que não me impressionou tanto foi "What I Missed".

Com "Beautiful Shade Of Gray", LaBrie cala os críticos e mostra o seu talento com classe e dedicação. Um disco para ouvir, repetir e curtir.

Faixas:
Devil In Drag	5:37
Supernova Girl	4:22
Give And Take	4:44
Sunset Ruin	5:10
Hit Me Like A Brick	3:22
Wildflower	3:54
Conscience Calling	0:48
What I Missed	4:53
Am I Right	5:52
Ramble On	4:55
Devil In Drag (Electric Version)	4:33


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre André Luiz Paiz

Nível: Webmaster

Membro desde: 20/03/2017

"Sou um profissional de Tecnologia da Informação apaixonado por música. Criei o site do 80 Minutos para que as pessoas possam compartilhar suas opiniões sobre os seus álbuns favoritos e propagá-las Brasil afora"

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaElton John - Too Low For Zero (1983)

    15/03/2022

  • Image

    ResenhaWe Came From Space - While You Were Away (2018)

    30/07/2019

  • Image

    ResenhaElectric Light Orchestra - Time (1981)

    25/02/2022

  • Image

    ResenhaKiss - Revenge (1992)

    23/11/2018

  • Image

    ResenhaThe Fringe - The Fringe (2016)

    14/12/2017

  • Image

    ResenhaBlind Guardian - Battalions Of Fear (1988)

    16/03/2018

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Slaves And Masters (1990)

    03/06/2020

  • Image

    ResenhaPride of Lions - The Destiny Stone (2004)

    22/02/2021

  • Image

    ResenhaRingo Starr - Liverpool 8 (2008)

    11/11/2020

  • Image

    ResenhaElton John - Peachtree Road (2004)

    07/05/2021

Visitar a página completa de André Luiz Paiz



Sobre o álbum

Beautiful Shade Of Grey

Álbum disponível na discografia de: James LaBrie

Ano: 2022

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Beautiful Shade Of Grey



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.