Resenha

Alone

Álbum de Clepsydra

2001

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Top Notch

01/08/2022



Alone é um disco verdadeiramente excelente e que possui uma grande majestade emotiva

Se você é um ouvinte que gosta do rock neo progressivo, este é aquele tipo de disco que dificilmente não irá se adequar ao seu gosto. Clepsydra é bastante conhecida na comunidade progressiva como uma banda que respira o neo progressivo, embora eu confesso que só a conhecia de nome até um leitor do 80 minutos entrar em contato comigo falando sobre ela, então decidi ouvir esse disco pela primeira vez dias atrás, onde pelo que eu andei lendo, me parece ser o seu maior feito até hoje. Sua música é absolutamente emocional, muito bem trabalhada, melódica, bombástica, poderosa e cheia de convicção, nada muito inovador ou muito vanguardista, mas bastante agradável. As suas maiores influências ficam por conta de nomes como Pink Floyd, IQ, Genesis era Peter Gabriel e Marillion era Fish.  

Alone é um grande exemplo de que a música progressiva pode ser muito agradável e com composições de certa forma simples. Seus teclados extremamente ricos e bombásticos consistem em fluxos cheio de nuances de notas sustentadas variadas e modernas. Há também espaço para linhas de teclas mais melódicas e deslumbrantes, além de adocicadas que fazem com que o ouvinte tenha uma experiência incrível. Os trabalhos de guitarra solo soam onipresentes e muito melódicos, dando um resultado final muito bom, sendo tocado quase sempre em notas altas, muitas vezes parecidos como acontece com bandas clássicas de Neo Progressivo. Em relação as linhas de guitarra rítmica, ela basicamente não é nada distorcida, de modo que assim, apenas traz uma contribuição rítmica levemente ousada e bastante agradável. 

A não complexidade das peças não fazem com que a banda deixe de criar atmosferas memoráveis, muito pelo contrário, isso acaba sendo um dos seus grandes trunfos, pois essas melodias simples e eficientes muito bem envolvidas conseguem captar um número enorme de emoções agradáveis. Com sua produção impecável, musicalidade bastante sólida, seus arranjos ricos e encorpados, além de passagens musicais matadoras, é sinfônico até o núcleo e, como tal, um dos melhores exemplos do gênero.  

Alone é um disco verdadeiramente excelente e que possui uma grande majestade emotiva que só consigo sentir em poucas bandas do gênero como, Marillion da era Fish e IQ. É incrível o quão esses músicos são dotados de um senso melodioso. Todas as faixas do disco são acima da média, suas melodias do início ao fim voam, se acumulam e explodem em um céu de sensibilidade. Talvez a única queixa que pode haver em relação ao disco é referente ao vocalista, mas em nada tem a ver com a sua capacidade como cantor, afinal, ele é ótimo, expressivo e interpreta de forma brilhante cada uma das canções, porém, se você se incomoda um pouco com sotaques - não é o meu caso, ao menos, não nesse disco -, talvez você sinta um pouco de desconforto. No mais, um registro excelente da escola neo do rock progressivo.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaMaestrick - Espresso Della Vita: Solare (2018)

    12/07/2018

  • Image

    ResenhaGenesis - The Lamb Lies Down on Broadway (1974)

    18/01/2018

  • Image

    ResenhaLatte Miele - Passio Secundum Mattheum (1972)

    18/04/2020

  • Image

    ResenhaPorcupine Tree - Stupid Dream (1999)

    04/04/2020

  • Image

    ResenhaRick Wakeman - 1984 (1981)

    11/01/2021

  • Image

    ResenhaSieges Even - The Art Of Navigating By The Stars (2005)

    04/11/2017

  • Image

    ResenhaNuova Era - Il Passo Del Soldato (1995)

    31/03/2020

  • Image

    ResenhaGentle Giant - In A Glass House (1973)

    08/02/2018

  • Image

    ResenhaGenesis - Invisible Touch (1986)

    26/03/2020

  • Image

    ResenhaCamel - Moonmadness (1976)

    07/03/2018

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Alone

Álbum disponível na discografia de: Clepsydra

Ano: 2001

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Alone



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.