Resenha

Born For This Moment

Álbum de Chicago

2022

CD/LP

Por: Marcel Dio

Colaborador Sênior

28/07/2022



Algumas pisadas na bola, entretanto, temos um bom lançamento

Mais uma resenha a cair de paraquedas. Até ver o anuncio em num blog musical não sabia do paradeiro do Chicago, tinham pendurado a chuteira em minha memória seletiva. 
Infelizmente a banda queimou-se para os amantes da música, a maionese pode ter desandado em Chicago X com "If You Leave Me Now", onde percebem o caminho para engordar as contas e alcançar rapidamente as rádios. Contudo, no meio de baladas misturavam-se canções interessantes, o pesadelo começou pra valer em Chicago XVI, ai não teve mais condições e este que vós digita abandonou-os após mais dois produtos descartáveis. 

Portanto aos mais novos fica a dica, não se enganem com eles, pois os sete primeiros registros são imperdíveis, sobretudo aos adeptos de naipe de metais, R&B, rock e jazz. Traçando uma linha imaginaria ficaria entre : Tower of Power, Blood, Sweat & Tears e Doobie Brothers, ou, quase. O ápice desse fase se dá com o espetacular Chicago VII (1974).

Born for This Moment não é tão decepcionante quanto a passagem pelos anos 80, acenando equilíbrio entre os primórdios e o formato light FM. Pode agradar qualquer público que reconheça a diferença entre uma enxada e instrumento musical, desde que não exijam tanto. 
A faixa homônima cabe aos interesses da reciclada Antena 1, leve e com toques do passado. Carrega bom refrão. 

Pense numa Boy Band formada por pessoas de meia idade e idosos, a impressão é clara ao primeiro contato com If This Is Goodbye; mesmo com trabalho vocal invejável. Não de todo mal, só um pouco na vibe citada, que chega a ser satírica e com uma guitarra "espremidinha" num canto do estúdio, como pernilongo pedindo passagem. 

Para Firecracker voltamos ao suingue e frescor no slap do contrabaixo, feito extraordinário para a atualidade, haja visto o festival de porcarias na trincheira do prosaico. Como o lançamento é uma estrada cheia de curvas, tomei um soco na cara ao deparar com Someone Needed Me The Most - retorno ao Chicago de 1986. Ainda bem que o déjà vu desaparece com Our New York Time. 

Safer Harbours não engrena o que poderia ser subida sem buracos no caminho, eu disse, é cheio de trapaças no sentido de intercalar trilhas boas e meia sola, parece proposital.  Se pudessem lançar as melhores no começo e as babas ao final, pelo menos ouviríamos até a metade.

Pelo advertido acima, Crazy Idea é ótima e Make A Man Outta Me sonolenta. Make A Man Outta Me cheia de suingue e The Mermaid passa raspando entre o mediano, apesar de diferentona - como se acompanhados pela banda de John Pizzarelli em leve balanço latino.

No quadro geral mais duas canções bem equalizadas e a excelência de House On The Hill, prestem atenção em todos os instrumentos e mixagem, arrisco a dizer que é a melhor do álbum.

Com três membros originais – Robert Lamm nos teclados e vocais, Lee Loughnane no trompete e vocais, e James Pankow no trombone – Chicago é completado por Ray Herrmann no sax e flauta, Wally Reyes Jr na bateria, Ramon “Ray” Yslas na percussão, Tony Obohta na guitarra, Loren Gold nos teclados / vocais e Eric Baines no baixo e vocais. 
Born For This Moment é a estreia em estúdio com o cantor Neil Donnell, que se juntou ao grupo em 2018.

Pois bem, ficamos por aqui com a certeza que Born for This Moment não é um espetáculo da primeira arte / nem show de bairro, um trabalho merecedor de nota seis ou sete, adicionando a produção impecável. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Marcel Dio

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/03/2018

"Sou um amante da música, seja em qualquer estilo, rock, blues, jazz ou pop."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaMetallica: Some Kind of Monster

    15/11/2021

  • Image

    ResenhaSupertramp - Free As A Bird (1987)

    04/11/2021

  • Image

    ResenhaRush - Exit...Stage Left (1981)

    19/06/2021

  • Image

    ArtigoO homem que sabia Djavanês

    16/07/2021

  • Image

    ResenhaBad Company - Dangerous Age (1988)

    22/09/2019

  • Image

    ResenhaGeorge Benson - Breezin' (1976)

    09/08/2018

  • Image

    ArtigoVídeo: Vale a pena rever melhor versão de Thriller (segundo Quincy Jones).

    01/08/2022

  • Image

    ResenhaRush - Feedback (2004)

    12/12/2019

  • Image

    ResenhaRush - Presto (1989)

    27/04/2019

  • Image

    ResenhaDarchitect - Mechanical Healing (2017)

    19/10/2021

Visitar a página completa de Marcel Dio



Sobre o álbum

Born For This Moment

Álbum disponível na discografia de: Chicago

Ano: 2022

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Born For This Moment



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.