Resenha

Pre

Álbum de Pre

1992

CD/LP

Por: allecradical00

Usuário

11/05/2022



Uma banda perdida nos trópicos de Kentucky, a capital do frango frito, com álbum único, o desconhecido e raro PRE!

Quando pensam em Rock progressivo, geralmente pensam no Reino Unido, ou Inglaterra, mas, essa banda surgiu dos cafundós da terra dos Yankees, mais precisamente Kentucky, a capital do frango frito. O núcleo da banda, Alfred Collinsworth, sempre tocou pela região e tinha uma banda de garagem chamada, assim como muitas outras, The Outcasts, onde tocava baladas psicodélicas. O grupo gravou um compacto lançado pela Platô Records chamado Loving You Sometimes/Sha-La-la em 1968. Em fevereiro de 1973, cerca de cinco anos depois, reuniu instrumentistas da região incluindo seu irmão Larry Collinsworth e formou a banda de rock progressivo chamada PRE. Os outros membros da banda consistia no baterista e percussionista Brian E. Paulson, o tecladista Dwight Dunlap, e o guitarrista Steve DeMoss. Seguindo uma linha mais afrente do tempo, com vocalização por parte de Alfred (também chamado de Al) semelhante ao Jon Anderson do Yes, a banda abarca para lançar seu único álbum em seu único ano de carreira (1973). O álbum é bastante diverso na sua linha, mas por vezes se assemelhando ao Kraftwerk e ao Jethro Tull no acústico da banda.

Começando por "Path", a canção é um instrumental que casa piano com violão, numa atmosfera sombria e que permeia o álbum inteiro. 
"Who's Laughing Now?" É uma canção que também é acústica e nebulosa, onde Alfred desponta com a sua voz 'Yessiânica' fazendo também um solo de vocal instrumental. Embora a semelhança, a voz de Alfred soa mais jovem e mais fina.
"Water Meeting" se faz numa instrumentação distorcida, além de ser a primeira do álbum, um pouco mais convencional, mas que fica desconcertada nos seus pouco mais de cinco minutos. 
Outra acústica entra em ação com "Bowing Down" que faz mágica com um violino dando um toque sinfônico à banda, com o começo lento e misterioso, e com o meio e final acoplado ao violão. 
A mais despontada fica por conta de "Ascetic Eros" que mostra um prog meio puxado pra linha do Space Rock, um pouco futurista e que constitui de duas suítes internas: A) Ascetic Eros, e B) Hymn of Transfiguration, que também mostram a força vocal de Alfred.
Os ânimos afloram mais ainda em "Firmer Hand", sendo uma única música sem sub-suítes de fundo e tendo pouco mais de nove minutos.
A calmaria e a sombriedade retornam em "Child of Sorrow", onde Alfred canta numa atmosfera acústica, mas um pouco mais vívida do que Who's Laughing Now...
Pra fechar com chave de ouro, um épico de quase 20 minutos chamado "Ballet for a Blind Man" que releva vários compassos com um interlúdio de um riff de guitarra que fica constante até determinado momento da música, com direito também a um breve momento de violão e também onde Alfred mais uma vez descarrega sua potência vocal. A música também tem sub-suítes, sendo três dessa vez (mas que agora eu não lembrarei). A música termina num refrão instrumental intermitente entre os teclados, baixo, bateria e guitarra meio distorcida e a voz de Alfred e de seu irmão Larry, no fim é a guitarra quem termina os trabalhos no álbum enquanto a música vai indo embora gradativamente. 

Como dito, a banda durou apenas o ano de 1973, tendo durado de fevereiro a dezembro do mesmo ano. Uma banda na qual eu queria que tivesse feito mais álbuns... Mas como dizem: foi bom enquanto durou. Mas, Alfred mesmo após o fim da banda, não parou por aí. Junto de seu irmão, agindo como Collinsworth Brothers, eles lançaram um compacto em 1977 intitulado "Dancin' With My Guru" e no ano seguinte, Al figurou uma canção na coletânea de uma rádio de Kentucky, nomeada "Waiting for The Show". Em 2003 entretanto, Alfred lança seu álbum solo passados 30 anos da gravação do álbum da PRE, contendo duas faixas em específico chamadas "Reprise" e "Bowing Out" que são juntas a regravação de Bowing Down. Apesar do álbum ter sido gravado em 1973, seu lançamento foi liberado por razões desconhecidas somente 19 anos depois em 1992 pela gravadora ZNR Records. E de fato, foi uma banda que eu quis muito que tivesse sido gravado mais coisas. E de acordo como o próprio Alfred retrata em site oficial, aparentemente a PRE foi apenas uma banda que não saiu da experimentação... Pena...


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre allecradical00

Nível: Usuário

Membro desde: 19/06/2020

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    Resenha14 Bis - 14 Bis (1979)

    12/06/2021

  • Image

    Resenha14 Bis - II (1980)

    04/04/2022

  • Image

    ResenhaEmerson, Lake And Palmer - Emerson, Lake And Palmer (1970)

    20/06/2020

Visitar a página completa de allecradical00



Sobre o álbum

Pre

Álbum disponível na discografia de: Pre

Ano: 1992

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Pre



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.