Resenha

Unquestionable Presence

Álbum de Atheist

1991

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Top Notch

25/03/2022



Death Metal com atrativos suficientes para fisgá-lo instantaneamente, além de força o bastante para puxá-lo cada vez mais para o fundo

Quando o assunto é Death Metal, não há a menor dúvida de que o nome Atheist e o seu segundo disco merecem a alcunha sacra dentro do gênero. Se pegarmos o início dos anos de 1990, falamos de uma vertente musical que de certa forma estava na sua infância, possuía um grande terreno musical que ainda não havia sido testado em uma cena global de Metal, que naquele momento estava dando peso a um som muito menos controverso e mais acessível.  

Vivendo dentro desse meio, a banda poderia muito bem ter escolhido o mesmo caminho que nomes como Metallica e Kreator escolheram, ou seja, o de diluir o peso de suas sonoridades, mas a banda além de não fazer isso, misturaram o seu Death Metal com pitadas de Jazz, produzindo uma fusão nada comum pra dizer o mínimo. Ouvir esse disco hoje, talvez não cause nenhum tipo de impacto ou mesmo o seu som pode parecer familiar, mas se levarmos para a época do seu lançamento, seu enorme contexto histórico e inovação, seu status de obra-prima é inegável.  

“Mother Man”, uma pequena introdução de baixo e bateria dão início ao disco antes que a bateria entre de maneira furiosa na linha de um metal jazzísticos - vale lembrar que o baterista Steve Flynn tem uma grande influência no Jazz. Os vocais de Kelly são intensos. Possui uma progressão de riffs técnicos, solos ora melódicos e na veia jazzística e ora mais rasgados. Muito dinâmica, os riffs mudam constantemente e solos “aleatórios” de guitarra preenchem bem a música. “Unquestionable Presence” tem uma das melhores introduções do disco. Não há muito o que dizer sobre, pois é também a peça mais direta e reta, simplesmente uma pedrada do começo ao fim.  

“Your Life's Retribution”  mostra a sua essência furiosa desde o seu primeiro segundo. Um riff veloz de guitarra sobre uma seção rítmica muito técnica, a mudança de andamento e seus solos, tudo é bem desenvolvido, onde não poderia deixar de fechar com chave de ouro por meio de uma sonoridade intensa. “Enthralled In Essence” se inicia com um riff pesado sobre uma bateria lenta, então que um solo rápido de guitarra aparece. Apesar de algumas explosões instrumentais, no geral essa faixa pode ser considerada uma peça de ritmo médio. Bastante técnica, mantem o disco ligado em uma alta voltagem.  

“An Incarnation's Dream” tem no seu primeiro minuto um som lento e melódico com algumas notas e solos limpos de guitarra. Mas obviamente que tudo não se remeteria a isso, então que uma explosão instrumental aparece sem prévio aviso e atinge em cheio o ouvinte. Seu minuto final é onde a peça é mais técnica, agressiva e intensa. “The Formative Years” é uma peça muito pesada e de levada trituradora na maior parte do tempo, e há momentos mais inclinados para o Thrash do que para o Death. Talvez possua a melhor seção rítmica do disco, principalmente por conta do baixo avassalador de Tony Choy.  

“Brains”, uma peça clássica de Death Metal, intensa e com incríveis riffs de guitarra. Suas várias mudanças de ritmos são sensacionais e a cozinha entregue pelo baixo e bateria é poderosa, principalmente a bateria, que desfila um dos seus momentos mais técnicos no disco. Uma das minhas músicas preferidas. “And The Psychic Saw” encerra lindamente o álbum, minha outra música preferida. Uma introdução de acenos Thrash, seguido por um riff matador de guitarra. Baixo e bateria mais uma vez constroem uma seção rítmica de tirar o fôlego. Com várias mudanças de ritmos e estilos por toda a parte, o disco chega ao fim com um dos seus maiores trunfos.  

Primeiramente, acho necessário mencionar que, apesar de musicalmente perfeito, infelizmente Unquestionable Presence possui uma falha bastante perceptível, sua produção de qualidade fraca, deixando algumas partes da mixagem meio conspurcadas. Também acho válido mencionar que não é um disco pra todos, fãs de metal mais “leve”, por exemplo, certamente não tem o que aproveitar aqui. Agora, se você gosta de Death Metal agressivo, Unquestionable Presence tem atrativos suficientes para fisgá-lo instantaneamente, além de força o bastante para o levar cada vez mais para o fundo. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaManfred Mann's Earth Band - Manfred Mann's Earth Band (1972)

    03/12/2019

  • Image

    ResenhaLed Zeppelin - Presence (1976)

    16/06/2020

  • Image

    ResenhaSteve Hackett - Spectral Mornings (1979)

    30/01/2018

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - The Geese And The Ghost (1977)

    13/02/2019

  • Image

    ResenhaNemo - Si, Partie 1 (2006)

    24/07/2020

  • Image

    ResenhaGungfly - On Her Journey To The Sun (2017)

    08/10/2017

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - 1984 (1981)

    22/06/2020

  • Image

    ResenhaYes - Relayer (1974)

    08/10/2017

  • Image

    ResenhaBetween The Buried And Me - Colors (2007)

    17/05/2022

  • Image

    ResenhaRoger Waters - The Pros And Cons Of Hitch Hiking (1984)

    29/05/2020

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Unquestionable Presence

Álbum disponível na discografia de: Atheist

Ano: 1991

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Unquestionable Presence



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.