Resenha

Contos

Álbum de Aquarela Carioca

1991

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

21/02/2022



A melhor e mais exótica banda instrumental brasileira de todos os tempos

O Aquarela Carioca foi formado em 1985 por Mário Sève (sax soprano, sax alto e flautim), Paulo Muylaert (guitarra e flauta), Lui Coimbra (cello e violão), Marcos Suzano (pandeiro e percussão) e papito (baixo, samplers).  Esse último, substituído por Paulo Brandão.

O exotismo de sua formação só era menor que a pluralidade de influências trazidas por cada um dos músicos que integravam o grupo, que passava longe das demais bandas instrumentais da época. O Aquarela misturava jazz com música árabe e indiana, percussões africanas, rock, MPB, e alguns samplers, muito antes do termo World Music virar moda.

O sucesso do grupo se deve ainda a qualidade de seus instrumentistas: Marcos Suzano com um pandeiro na mão soa mais pesado e complexo que a maioria dos bateristas atrás de um kit. Lui Coimbra alternava entre ataques harmônicos que evidenciavam seu Cello, com criação de ambiências melódicas. Séve, utilizava vários modelos de flautas e saxes, inclusive um tipo de saxofone sintetizado com vários sons, muito usado na época por Michael Brecker. 

Muylaerte e Brandão eram responsáveis pelos instrumentos mais convencionais, mas nem por isso menos técnicos. Enquanto o primeiro dava um clima mais rocker o sonoridade do grupo, o segundo era responsável pelas bases e samplers, rebuscando ainda mais o som da banda

O ecletismo do grupo pode ser visto nas doze canções que compõe o álbum. Além de músicas próprias, o grupo apresenta releituras de Caetano Veloso, Villa Lobos e Led Zeppelin com igual desenvoltura, criando uma identidade própria e personalíssima.

Das releituras, o destaque fica por conta de “Kashmir” do citado Zeppelin. Já ouvi inúmeras versões dessa música, mas com certeza a banda conseguiu fazer a melhor e mais representativa delas, captando com clareza o ambiência indiana da canção; “Joia”  de Caetano também merece destaque. Seu arranjo cadenciado, calcado na percussão de Suzano com a sax em evidência deixou a canção com a cara do quinteto;

No que tange as canções autorais, destaco a climática “Motim Blues” tema de Paulo Muylaerte. Como o nome diz é um blues, mas dentro do universo do grupo. Um tema melancólico onde a guitarra esquizoide convive com samplers de vozes e intervenções de sax; A curta “Samba no Pé” de Séve traz o lado carioca da banda, que promove andamentos diferentes sobre o tema mostrando a unidade de todos os integrantes;

Fiz alguns destaques por mera formalidade, pois o álbum deve ser ouvido na íntegra, pois tal qual seu nome aduz, é um disco onde cada música funciona como um conto, onde todas as sonoridades captadas pelo quinteto desembocam dentro do universo sonoro brasileiro do Aquarela carioca. 

Embora os álbuns do grupo tenham se tornado raros para compra, eles podem se encontrados em todas a plataformas de música. 



Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.


2 comentários:

user

Marcel Dio 26/02/2022

Colaborador Sênior

26/02/2022

Ótima resenha amigo, e dica maravilhosa. Não tive contato com esse disco, ouvindo agora dá para endossar todos os elogios da resenha. Valeu.

user

Márcio Chagas 01/03/2022

Colaborador Sênior

01/03/2022

Que bom que gostou Marcel. Essa banda foi uma das melhores produzidas pelo nosso país. Escute os outros trabalhos deles!

Faça login para comentar



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaBad Company - Bad Company (1974)

    31/03/2018

  • Image

    ResenhaKansas - Masque (1975)

    14/09/2019

  • Image

    ResenhaWhiplash

    25/10/2019

  • Image

    ResenhaThe Rolling Stones - Their Satanic Majesties Request (1967)

    04/06/2021

  • Image

    ResenhaSteve Vai - Alive In An Ultra World (2001)

    02/02/2020

  • Image

    ResenhaColosseum II - Strange New Flesh (1976)

    14/07/2018

  • Image

    ResenhaKate Bush - Never For Ever (1980)

    04/01/2020

  • Image

    ResenhaEloy - Inside (1973)

    29/07/2020

  • Image

    ResenhaDavid Crosby - Croz (2014)

    05/05/2018

  • Image

    ResenhaSupertramp - Brother Where You Bound (1985)

    22/12/2019

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Contos

Álbum disponível na discografia de: Aquarela Carioca

Ano: 1991

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Contos



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.