Resenha

Escenes

Álbum de Gotic

1978

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

20/01/2022



Uma peça de rock progressivo lindamente refinada com belas e memoráveis melodias, além de uma atmosfera arejada e etérea

Sem dúvida alguma que aqui estamos diante de um dos melhores discos de rock progressivo espanhol. Um exemplo magnífico de como seguir as tendências musicais estrangeiras como o progressivo italiano, a cena de Canterbury e até mesmo o fusion e misturá-las com um universo musical étnico. O resultado é um rock progressivo brilhante, delicado, doce, suave, encantador e belíssimo, além de feito com muita personalidade por meio de exímios instrumentistas. Uma combinação sublime de flauta e vários tipos de teclas, guitarra, violão, baixo e bateria que tem como resultado uma obra fabulosa. Um dos destaques certamente é a interação entre flauta e teclado, mas tudo no disco é executado com perfeição e ótimas dinâmicas de som.  

Para os que nunca ouviram o disco, alguns nomes podem ser citados, e assim possa se ter uma noção para que direção o álbum aponta. Um desses nomes certamente é o Camel dos anos 70, principalmente do disco The Snow Goose – o fato de ambos serem instrumentais também ajudou. Também se nota pinceladas de outras bandas como Caravan e National Health da cena de Canterbury, Celeste e Banco del Mutuo Soccorso do progressivo italiano, além de Weather Report e Return to Forever do jazz-fusion. 

“Escenes De La Terra En Festa I De La Mar En Calma” começa com uma combinação de piano e flauta em tom bastante otimista – a reminiscência em Camel é bastante evidente. Mais à frente a banda muda a atmosfera da música e a deixa melancólica e densa, sendo conduzida principalmente pela flauta até voltar novamente para o tema instrumental do início. “Imprompt - I” inicialmente coloca o disco no trilho do jazz-fusion, solos de guitarra e flauta acrescentam força à base rítmica e ao piano jazzístico. O momento mais progressivo fica pro final, onde nota-se acenos para King Crimson e Banco del Mutuo Soccorso.  

“Jocs D'Ocells” começa por meio de uma flauta solitária que vai ganhando a companhia de piano e os demais instrumentos que vão entrando aos poucos. Se desenvolve dentro de uma atmosfera flutuante. A cena de Canterbury se mostra bastante presenta aqui – principalmente flautas e teclados. Termina recapturando os compassos utilizados no início. “La Revolucio”, flauta e teclas – piano pra ser mais preciso – mais uma vez compartilham o centro das atenções. Quando o clima muda, a influência em Premiata Forneria Maroni é bem evidente. Já imaginou uma marcha tendo como instrumento principal a flauta? Pois é isso que pode ser visualizado aqui em certo ponto.  

“Dança D'estiu” é mais uma faixa que começa por meio de flauta. Se nota uma mistura de influências que vão desde as da música tradicional catalã ao jazz-fusion. A seção rítmica ainda não havia trabalhado de forma tão poderosa como aqui. Os teclados também são primorosos. “I Tu Que No Veies Tot Tan Facil” inicia com um trabalho de mellotron sob algumas notas de violão antes que os demais instrumentos entre na peça que passa a ser guiada por uma bela flauta, deixando tudo extremamente elegante e progressivo. A guitarra no meio da peça a coloca em um clímax perfeito. Há também espaço para órgão de igreja e sintetizadores, enfim, seria a melhor faixa se eles não tivessem reservado uma obra-prima pra fechar o disco.  

“Historia D'una Gota D'aigua” é uma verdadeira obra de arte. Começa com uma flauta suave à deriva do violão, entregando uma melodia pastoral e reflexiva. A suavidade com que são adicionadas algumas notas de guitarra também aumentam o grau de sensibilidade da música. Uma balada maravilhosamente suave, doce, lenta, delicada e frágil liderada por uma melodia primorosa de flauta e que é seguida de forma belíssima pelos diferentes instrumentos. A música se encaminha para o seu final em meio de uma explosão de emoções, dando ao disco um encerramento cheio de sentimento e de inteligência musical impressionante. Uma peça de muita personalidade e que não deve ser comparada a nenhuma outra.  

Um daqueles discos para momentos em que você só quer relaxar e se deixar levar por uma música boa e de fácil audição, mas sem deixar de ser complexa. Certamente seria reverenciado se tivesse sido lançado por alguma banda britânica. Uma peça de rock progressivo lindamente refinada com belas e memoráveis melodias, além de uma atmosfera arejada e etérea.  


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaGentle Giant - Octopus (1972)

    28/01/2018

  • Image

    ResenhaCream - Disraeli Gears (1967)

    07/10/2017

  • Image

    ResenhaStrawbs - From The Witchwood (1971)

    27/03/2020

  • Image

    ResenhaNektar - A Tab In The Ocean (1972)

    25/01/2020

  • Image

    ResenhaRick Wakeman - No Earthly Connection (1976)

    25/03/2020

  • Image

    ResenhaGreta Van Fleet - Anthem of the Peaceful Army (2018)

    12/04/2019

  • Image

    ResenhaBlodwyn Pig - Ahead Rings Out (1969)

    20/02/2022

  • Image

    ResenhaBetween The Buried And Me - Colors (2007)

    17/05/2022

  • Image

    ResenhaSteven Wilson - The Raven That Refused to Sing (And Other Stories) (2013)

    24/03/2020

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - Wise After The Event (1978)

    20/06/2020

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Escenes

Álbum disponível na discografia de: Gotic

Ano: 1978

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Escenes



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.