Resenha

Crazy Nights

Álbum de Kiss

1987

CD/LP

Por: Marcel Dio

Colaborador Sênior

10/01/2022



O ápice do hard farofa

Após os medianos Animalize e Asylum, o Kiss dá mais uma prova de sua picaretagem e lança Crazy Nights, o disco que a maioria considera injustiçado e nem sabem o porquê, talvez porque sequer ouviram. 
Não há injustiça para Crazy Nights, sim um apanhado de faixas brindando a cara de pau em pegar o trem do glam metal e dar continuidade ao tri campeonato de álbuns fracos.

O que ouvimos em Crazy Nights é tão corriqueiro para a época que se fosse de um grupo de menor escala, jamais seria citado. É tipo um Keel "marvado", ou seja, um belo pedaço de esterco. 
Além disso temos o Eddie Van Bruce Kulick circense na faixa No No No. Até mesmo as batidas de Alex são emuladas aqui. É uma boa, parece mesmo um Van Halen de garagem. Se o grupo do finado Eddie tivesse tal item jogado em fitas de rolo, o mesmo não serviria nem como bônus de futuro caça niqueis. 

A faixa titulo tem letra tão profunda, poderia ser usada em versão para o sertanejo sanitário a fim de erguer a plateia de Barretos, bah, que noite louca !!. Só não é pior se comparada a Bang Bang You, porque essa é concorrente leal a letra mais estúpida do Kiss, escrita em coautoria com Desmond Child, se adivinharem a outra metade eu jogo um retrato do Sidney Magal para vocês. 

E por aí os ex-mascarados vão lançando todos os tipos de clichês encontrados no rock. Quem ama seus tempos de glórias engoliam o genérico ou a cachaça de má qualidade e erguia o dedão em sinal de aprovação, puxa-saco do Kiss e mato na calçada é trem que nunca acaba.
Tudo bem, serei sincero, curto My Way e seus teclados, também Good Girl Gone Bad e Thief In The Night, são bons hard(s). 

Quem gosta do patético Quiet Riot pode levar When Your Walls Come Down de presente, guardar num cofre e perder a senha.
E o que dizer da balada mais soro deles, qual o nome mesmo? Opa, Reason To Live, é essa! Ô coisa tosca do capiroto!
Para complementar a ruindade de Reason To Live, nada melhor que Turn On The Night, a dose é dupla na letra e som com alguns estampidos de canhão e barulhos de helicópteros, sonoplastia tão inócua quanto o instrumental. 

Crazy Nigths foi tão importante que Gene Simmons estava mais interessado em sua fracassada carreira de ator e em produzir alguns álbuns por fora. 
A maioria puxa sardinha para angariar seguidores, mas a "verdade" pode ser dita: Crazy Nights é uma grande porcaria!


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Marcel Dio

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/03/2018

"Sou um amante da música, seja em qualquer estilo, rock, blues, jazz ou pop."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ArtigoRanking - Discografia do Genesis

    22/11/2020

  • Image

    ResenhaClannad - Macalla (1985)

    22/05/2019

  • Image

    ArtigoO Futuro é Vortex?

    10/01/2020

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Born Again (1983)

    07/08/2018

  • Image

    ResenhaW.A.S.P. - The Last Command (1985)

    04/06/2021

  • Image

    ArtigoAo vivo até no palco: Os falsos discos ao vivo do rock

    29/06/2020

  • Image

    ResenhaDuran Duran - Notorious (1986)

    19/09/2018

  • Image

    ResenhaBiquini Cavadão - Escuta Aqui (2000)

    20/04/2022

  • Image

    ResenhaTriumvirat - Spartacus (1975)

    19/10/2019

  • Image

    ResenhaLobão - O Rigor E A Misericórdia (2016)

    20/03/2020

Visitar a página completa de Marcel Dio



Sobre o álbum

Crazy Nights

Álbum disponível na discografia de: Kiss

Ano: 1987

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,64 - 11 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Crazy Nights:

  • 19
    mai, 2020

    Um trabalho coerente e fértil

    User Photo Fábio Arthur
  • 18
    out, 2018

    Quase um álbum solo de Paul Stanley

    User Photo André Luiz Paiz
  • 16
    out, 2017

    Mantendo a concorrência

    User Photo Vitor Sobreira

Visitar a página completa de Crazy Nights



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.