Resenha

Live At The Greek

Álbum de The Black Crowes e Jimmy Page

2000

CD/LP ao Vivo

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

08/01/2022



União de forças memorável!

Nos anos 90 havia de um lado o The Black Crowes, banda responsável por trazer de volta a sonoridade rocker dos anos 70, sendo comparados constantemente aos Rolling Stones e Faces. Do outro, Havia Jimmy Page, o mítico guitarrista e líder do Led Zeppelin, um dos criadores da sonoridade adorada pelo grupo. Assim foi natural que ambos se aproximassem. 

Em 1995, Page participou de um show dos Crowes na França, tocando duas canções no encore. Após quatro anos, o guitarrista precisava realizar alguns shows e estava sem uma banda de apoio, uma vez que tinha encerrado seu projeto ao lado do parceiro Robert Plant.

Coube ao fotografo e amigo de Page, Ross Halfim, fazer uma ponte, ligando para o empresário do grupo e fazendo a proposta da união de forças, que foi aceita de imediato por todos. 

Assim, após alguns shows, em 18 e 19 de outubro de 1999 a banda se apresentou no Geek Theatre em Los Angeles como um septeto, tendo o vocalista Chris Robinson, os guitarristas Rich Robinson e Audley Freed, o tecladista Eddie Harsch o baixista Sven Pipien  e o baterista Steve Gorman ao lado de Jimmy Page para a série de concertos.

O repertório é formado majoritariamente por canções do Led Zeppelin, apresentado clássicos como: “Celebration Day”, “Heartbreaker”,  “Whole Lotta Love”,  “The Lemon Song” e outras mais obscuras, do porte de “Out of the Tiles” e “Custerd Pie”. 

Além do óbvio, a banda apresenta boas surpresas, como uma versão para “Shape of Things” dos Yardbirds, banda que Jimmy integrou antes do Zeppelin; “Woke Up this Morning”, um blues grooveado de B.B. King, revisitado por vários artistas; “Shake Your Money Maker”, clássico de Elmore James que nomeou o primeiro álbum dos Crowes; E até “Oh Well”, clássico de Peter Green em sua fase no Fletwood Mac;

Apesar dos Crowes terem apresentado algumas poucas canções de sua lavra, elas não foram incluídas no álbum por questões meramente contratuais, mas podem ser ouvidas em bootlegs e soam ainda mais fortes com a adesão de Page.
A banda no palco soou coesa e dinâmica, com todos se divertindo, em um clima de Jam session. No entanto, Jimmy não gostou de sua performance no dia 18, motivo pelo qual a maioria das faixas incluídas é do dia posterior.

A parceria entra Page e os Crowes foi altamente celebrada e tudo indicava que seguiria firme para novas gravações e turnês, mas foi encerrada de maneira abrupta no ano 2000 após apenas 11 das 55 datas planejadas, frustrando uma legião de fãs. Page alegou seu abandono a uma lesão nas costas que o acometia há vários anos, justificativa que sinceramente não convenceu ninguém.

A verdade só veio a tona em 2019, quando ao baterista Steve Gorman Revelou que o vocalista Robinson esnobou a oferta de Page em trabalhar com o grupo em estúdio ou mesmo produzir um futuro álbum. Apesar de ter negado com veemência tal acontecimento, o vocalista já havia dado declarações que não havia se divertido com o projeto, pois não curtia as letras e mesmo a entonação de Robert Plant. 

É certo que no meio musical há muitas batalhas de egos, mas você não entra na briga se do outro lado tem o guitarrista, líder e fundador do Led Zeppelin. 

Mesmo tendo terminado de maneira tola e inesperada, a parceira deixou este álbum duplo ao vivo seminal e obrigatório tanto para quem gosta do Led Zeppelin como para os amantes dos Crowes. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPaul Rodgers - The Royal Sessions (2014)

    18/03/2018

  • Image

    ResenhaSteve Vai - Alive In An Ultra World (2001)

    02/02/2020

  • Image

    ResenhaCamel - Dust And Dreams (1991)

    04/08/2018

  • Image

    ResenhaAndre Matos - Time To Be Free (2007)

    19/06/2019

  • Image

    ResenhaBon Jovi - Slippery When Wet (1986)

    02/11/2018

  • Image

    ResenhaRush - Hemispheres (1978)

    30/04/2021

  • Image

    ResenhaLevin, Minnemann, Rudess - Levin, Minnemann, Rudess (2013)

    07/04/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Animals (1977)

    25/10/2018

  • Image

    ResenhaMiles Davis - In A Silent Way (1969)

    25/04/2021

  • Image

    ResenhaGenesis - Wind & Wuthering (1976)

    21/04/2020

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Live At The Greek

Álbum disponível na discografia de: The Black CrowesJimmy Page

Ano: 2000

Tipo: CD/LP ao Vivo

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Live At The Greek



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.