Resenha

Triumph

Álbum de Triumph

1976

CD/LP

Por: André Luiz Paiz

Webmaster

20/12/2021



Mostrando em seu debute que o sucesso era questão de tempo

Abernathy Shagnaster: foi esse o nome da banda que deu origem ao Triumph, um dos grandes nomes do hard rock canadense. Incialmente como um projeto de blues rock formado por Fred Keeler (g), Peter Young (k), Mike Levine (b) e Gil Moore (d,v), virou a chavinha quando Rik Emmett entrou para a banda, pouco após a saída de Keeler e Young. Até chegaram a lançar um single antes disso, mas com pouco impacto.

A adição de Rik Emmett elevou o nível musical do projeto. Com influências de rock clássico e também progressivo, suas contribuições permitiram com que a banda, agora denominada Triumph, impactasse já em seu primeiro disco. Assim, "Triumph", álbum de estreia, veio ao mercado em 1976. É bastante coincidência que a banda seja constantemente comparada com o Rush, grupo também canadense, pois, além da sonoridade parecida em seus primeiros discos, os vocais de Emmett lembram muito os de Geddy Lee. A diferença aqui é que Gil Moore também canta, mas realmente é tudo muito parecido. Cópia é difícil ser, pois estamos em 1976 aqui e o Rush ainda estava trilhando seus passos até o reconhecimento que viria neste mesmo ano, com "2112".

Como a maioria dos discos de estreia, é difícil acertar 100%. Temos aqui um álbum que flui muito bem, embora tenha alguns pontos que seriam melhorados pouco depois. "24 Hours a Day" abre com inspiração máxima, com boas e suaves linhas de abertura até que chega ao seu ápice como um ótimo hard rock cantado por Moore. "Be My Lover" vem com foco nos excelentes riffs de guitarra, lembrando muito o também debute do Rush. "Don't Take My Life" acelera as coisas com instrumental excelente, embora não seja uma faixa das mais acessíveis. Adoro a dupla "Street Fighter" e "Street Fighter (Reprise)", que representam o ponto alto do álbum: hard rock forte com boas passagens acústicas e ótimos refrãos. "What's Another Day of Rock 'N Roll" é um bom rock e "Easy Life" é a que menos me empolga, pois soa arrastada. "Let Me Get Next to You" é rock and roll puro e vale mais pela diversão do que pela composição. Por fim, introduzindo o lado mais progressivo da banda, temos a boa faixa "Blinding Light Show / Moonchild". Não é uma canção clássica, mas mostra o embrião das influências da banda e principalmente Rik Emmett.

Um bom debute é o que temos aqui. Impressiona pela qualidade individual dos músicos e deixa claro que era questão de tempo até chegarem em seu objetivo.

Nota: Apesar de ter sido lançado como um disco homônimo, ele foi remasterizado posteriormente e lançado com o nome de "In the Beginning" e uma nova capa.

Tracklist:

24 Hours A Day	4:35
Be My Lover	3:17
Don't Take My Life	4:45
Street Fighter	3:30
Street Fighter Reprise	3:02
What's Another Day Of Rock 'N Roll	4:49
Easy Life	3:56
Let Me Get Next To You	3:01
Blinding Light Show/Moonchild	8:43


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre André Luiz Paiz

Nível: Webmaster

Membro desde: 20/03/2017

"Sou um profissional de Tecnologia da Informação apaixonado por música. Criei o site do 80 Minutos para que as pessoas possam compartilhar suas opiniões sobre os seus álbuns favoritos e propagá-las Brasil afora"

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaAccept - Stalingrad (Brothers In Death) (2012)

    12/01/2022

  • Image

    ResenhaNorthtale - Welcome To Paradise (2019)

    26/11/2019

  • Image

    ResenhaTom Petty - Wildflowers (1994)

    15/09/2020

  • Image

    EntrevistaJon Anderson

    14/05/2018

  • Image

    ResenhaDream Evil - Dragonslayer (2002)

    05/03/2018

  • Image

    ResenhaMichael Kiske - Kiske (2006)

    05/02/2021

  • Image

    ResenhaMob Rules - Tales From Beyond (2016)

    29/12/2017

  • Image

    ResenhaCircle II Circle - Watching In Silence (2003)

    16/07/2021

  • Image

    ResenhaAnneke van Giersbergen - The Darkest Skies Are The Brightest (2021)

    03/12/2021

  • Image

    ResenhaBig Big Train - The Underfall Yard (2009)

    26/09/2017

Visitar a página completa de André Luiz Paiz



Sobre o álbum

Triumph

Álbum disponível na discografia de: Triumph

Ano: 1976

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,25 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Triumph



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.