Resenha

The Big Machine

Álbum de Emilie Simon

2009

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

18/09/2021



A Grande Máquina do Tempo

A francesa Emilie Simon lançara uns 2 álbuns em seu país antes de ganhar reconhecimento mundial pela trilha sonora do documentário A Marcha dos Pingüins. Sua voz doce e algo infantilizada servia de complemento para canções meio trip-hop, indie rock, pop. Agradável e bonitinho.

No fim dos anos 00’s, deu a louca na moça e ela se mudou pra Nova York (Chinatown) e gravou um álbum inteiro em inglês. O resultado dessa mudança pode ser ouvido em The Big Machine,  provavelmente uma alusão à Big Apple. A alteração de local, porém, veio acompanhada de viagem no tempo. Parece que Simon se mudou para a Londres do início dos anos 80!

The Big Machine soa como coleção de out-takes e B sides de Kate Bush. A despeito de pitadas de contemporaneidade em algumas faixas, a cantora inglesa era mais moderna em 1985 (ano do soberbo The Hounds of Love) do que a francesa em 2009. Na verdade, a sonoridade de Emilie Simon remete aos álbuns de Bush de 79/80. Basta conferir a faixa Nothing to Do With You, que abre com teclados saídos do Genesis de Three Sides Live (1982) e clima e vocais que poderiam tranquilamente pertencer a Never For Ever, álbum de 1980, de Bush.

Imagino se Kate Bush não ganharia a causa em um processo de plágio contra Simon, porque os vocais por vezes são idênticos aos da mestra britânica. Aliás, Simon faz uso de alguns maneirismos vocálicos que Kate abandonou faz tempo.

The Big Machine me agradou de maneira bastante estranha. Gostei porquê de certa forma me veio como dose inesperada (e deteriorada, claro) de Kate Bush, uma de minhas artistas favoritas. Entretanto, essa me parece razão equivocada para se gostar de um álbum. É como se algum amigo 70tão me dissesse que gosta de minha amada Joy Division porque lhe lembra Elvis Presley! Quem não conhece a banda inglesa não se engane, os 2 artistas nada tem a ver um com o outro. Foi apenas um exemplo... Os vocais pós-punk de Ian Curtis são bem distintos da voz mais “certinha” de Presley. E eu sou da geração pós-voz certinha... Curto mesmo quando os mais velhos acham que Joy Division “não é música”! Me faz sentir pertencente a uma geração distinta da deles. Questões identitárias...

Fico imaginando a qual público The Big Machine se dirige. Mesmo gostando do álbum, não há comparação com a obra original e complexa de Bush, afinal, tudo o que Emilie Simon fez, a inglesa fizera há 30 anos! Será que a moçada mais jovem se interessará por essa sonoridade tão datada, que La Bush deixou há tantas décadas?

O problema não é meu, é de Emilie, mas, por mais que o álbum tenha me agradado, ele é passo atrás. Talvez a moça devesse ter aposentado a máquina do tempo (será que é essa a tal Big Machine?) e buscado inspiração na cena nova-iorquina de então, ao invés de se refugiar numa Londres que deveria existir apenas na memória de 50tões como eu! 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaTracey Thorn - Love And Its Opposite (2010)

    16/03/2019

  • Image

    ResenhaIl Cerchio D'Oro - Il Viaggio Di Colombo (2008)

    07/05/2020

  • Image

    ResenhaCoda

    25/04/2021

  • Image

    ResenhaHalf Waif - The Caretaker (2020)

    06/12/2020

  • Image

    ResenhaGenesis - Genesis Live (1973)

    29/09/2017

  • Image

    ResenhaIvan Vilela - Hortelã (2020)

    18/04/2021

  • Image

    ResenhaAnderson/Stolt - Invention Of Knowledge (2016)

    24/07/2018

  • Image

    ResenhaAmora Pêra - A Dúpé - Nós agradecemos em Iorubá (2017)

    20/09/2020

  • Image

    ResenhaErrata Corrige - Siegfried, Il Drago E Altre Storie (1976)

    19/01/2020

  • Image

    ResenhaCamelias Garden - You Have A Chance (2013)

    17/04/2020

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

The Big Machine

Álbum disponível na discografia de: Emilie Simon

Ano: 2009

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de The Big Machine



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.