Resenha

New Blood

Álbum de Peter Gabriel

2011

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Top Notch

20/08/2021



Introspectivo e solene

Em 2010, Peter Gabriel lançou Scratch My Back, coleção de covers orquestrados. Para sair em turnê, o ex-Genesis orquestrou suas próprias composições a fim de dar consistência aos shows. Essas releituras resultaram em New Blood. Provando que grandes mentes pensam igualmente, mestra Kate Bush também lançou álbum de releituras naquele ano.

Sem releituras dos funkaços Sledgehammer e Big Time – que fizeram a glória de massa de Gabriel em 1986 – New Blood pesca canções dos álbuns de 1980 em diante e é, em geral introspectivo e solene, mesmo em seus momentos mais minimalistas.

A abertura fica por conta de Rhythm Of the Heat; grande desafio. Como substituir a frenética percussão e gritarias tribais por orquestra? Gabriel e sua trupe dão conta do recado, mantendo a urgência e certo caráter ritualístico. Em geral, isso se repete ao longo de New Blood: as canções ganham outra roupagem e assumem identidade própria, mesmo que se continue preferindo as versões originais.

As africanices e tribalismos gabriélicos, porém, acabam em um beco. Se o Gabriel de 40 anos atrás rendia-se ao calor do ritmo africano, submetendo-se ao espírito que o possuía; aos 61 anos de idade, tudo foi substituído por ocidentalizada orquestra dando a impressão de simulacro do simulacro. A seção final de Rhythm of The Heat abandona sua africanidade para transformar-se em trilha sonora pra cena de suspense ou roubo.

Os vocais roucos e maduros ganham destaque em canções como Intruder e Darkness, cujas orquestrações destacam a voz do cantor. Como Bush, Gabriel aprendeu que menos é mais. O mesmo pode ser dito com relação à poesia de suas letras: o relativo despojamento orquestral de Wallflower e Mercy Street ressaltam a letra.

Ponto fraco são os chinfrins backing vocais femininos. Gabriel oscila entre a fúria e o apelo na terapêutica Diggin’ In The Dirt, mas o “I told you, I told you, I told you” de apoio brocha o clima.

Sei que é tarefa ingrata substituir Liz Fraser - cognominada “A Voz de Deus” por ala da imprensa musical britânica nos anos 80 – ou Kate Bush em Downside Up e Don’t Give Up respectivamente. Mas, a menina que assumiu os postos não dá. Em Don’t Give Up, especialmente, onde ela soa como uma lebre tentando imitar Björk.

New Blood vem em edição simples e de luxo, que tem um segundo CD com as faixas apenas instrumentais e uma bônus, Blood of Even, originalmente dueto com Sinead O”Connor.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaTheo - The Game Of Ouroboros (2015)

    03/11/2017

  • Image

    ResenhaChvrches - Every Open Eye (2015)

    23/03/2021

  • Image

    ResenhaLa Coscienza Di Zeno - La Notte Anche Di Giorno (2015)

    31/05/2020

  • Image

    ResenhaKate Bush - Director's Cut (2011)

    21/02/2018

  • Image

    ResenhaPixx - The Age Of Anxiety (2017)

    16/11/2020

  • Image

    ResenhaJargon - The Fading Thought (2020)

    26/12/2020

  • Image

    ResenhaSemiramis - Dedicato A Frazz (1973)

    25/02/2020

  • Image

    ResenhaVictory Boyd - The Broken Instrument (2018)

    16/08/2020

  • Image

    ResenhaBig Big Train - Summer's Lease (2020)

    05/02/2021

  • Image

    ResenhaThe Dip - Delivers (2019)

    06/12/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

New Blood

Álbum disponível na discografia de: Peter Gabriel

Ano: 2011

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,5 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de New Blood



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.