Resenha

Blizzard Of Ozz

Álbum de Ozzy Osbourne

1980

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

25/03/2018



O Mestre das trevas estreia em grande estilo!!!

Quando surge a pergunta de qual seria o melhor disco de rock ou heavy metal, sempre surgem discussões homéricas. Não há nada mais subjetivo do que essas perguntas, principalmente se formos conferir os melhores discos lançados nos anos 80, a era de ouro desse estilo.
 
Mas quando se fala em rock pesado, com certeza, Blizzard of Ozz, o primeiro cd solo do cantor Ozzy Osbourne merece lugar de destaque em qualquer lista dos melhores. Em 1979, Ozzy tinha sido expulso do Black Sabbath por conta de abuso de álcool e drogas. Tal situação o ajudou a entrar ainda mais fundo no consumo destas substâncias. Foi sua namorada à época, Sharon Arden (hoje senhora Osbourne), que lhe ajudou a sair do fundo do poço, cuidando de sua carreira como empresária, e conseguindo o contrato para que o vocalista lançasse seu primeiro trabalho solo. 

Com a ajuda dela, a patroa, o Madman trouxe para à sua nova banda o excelente baixista Bob Dasley, grande músico que já havia passado por verdadeiras instituições do rock como, por exemplo, o grupo Rainbow. Para a bateria veio Lee kerslake, o mítico baterista do Uriah Heep por toda década anterior. Don Airey, hoje no Deep Purple, e com passagens na época também pelo Rainbow e pelo Colloseum II, veio para gravar os (poucos) teclados do disco. Mas a cereja do bolo foi a descoberta de um jovem garoto magricela e imberbe chamado Randy Rhoads. Pessoalmente aquele educado garoto americano amante de música clássica nada tinha a ver com o malucão e obeso vocalista, mas juntos, Ozzy e Randy eram como nitro e glicerina, uma verdadeira explosão musical.

Depois de longas jams realizadas no País de Gales, o grupo se sente confortável para gravar, e entram em estúdio sob a tutela do produtor Max Normam. Ozzy pessoalmente estava puto com sua antiga banda e queria vingança, gravar um disco incrível e mostrar a seus ex-parceiros que ainda podia fazer boa música. E de fato conseguiu!

Assim nasceu "Blizzard Of Ozz" (Um trocadilho com o mago de Oz). O trabalho abre com a atrabiliária "I Don´t know", o riff inicial da guitarra de Randy é um convite para bater a cabeça. Ozzy, que nunca primou pela técnica, está cantando como nunca, e Randy mostra a que veio tanto nas bases quanto nos solos. "Crazy Train", que dá continuidade ao trabalho, é outra paulada, com sua empolgante e perfeita entrada de baixo e bateria, cortesia dupla Dasley/kerslake. "Goodbye To Romance" é a balada do disco, e foi a primeira música composta por Randy e Ozzy. Segundo este último, as harmonias vocais da canção foram inspiradas nos Beatles. "Dee", e uma pequena e curta faixa de violão acústico, tocada por Randy, cujo tema  chega a lembrar Steve Howe (Yes). 

Segue o peso com a sabbática "Suicide Solution" uma grande canção, mas que trouxe problemas a Ozzy, quando os pais de um garoto entraram na justiça contra o vocalista, alegando incitação ao suicídio de seu filho. Polêmicas à parte, essa é mais uma excelente música onde todo o entrosado grupo brilha. "Mr. Crowley", feita em homenagem ao ocultista Aleister Crowley, tem a introdução de teclados mais famosa de todo o Heavy Metal e mais um solo fantástico de Rhoads (como tocava aquele garoto!!!). "No Bone Movies" é a mais fraca do Cd, mas ainda assim uma grande canção onde Ozzy canta em cima do Riff da guitarra de Randy.  

"Revelation (Mother Earth)", tem uma introdução bucólica de teclado e violão, é uma semi-balada arrastada e com bastante espaço pros teclados de Airey. É uma música singular que vai crescendo a medida que se desenrola. "Steal Away (The Night) é uma porrada que fecha o trabalho (pelo menos originalmente no vinil), encerrando um dos discos mais perfeitos do estilo, lançados há exatos 23 anos.

O grupo saiu em turnê, mas o choque de personalidades não permitiu que fossem adiante. As saídas de Bob Dasley e Lee Kerslake foram iminentes, e toda a divulgação foi feita com o baixista Rudy Sarzo e o baterista Tommy Aldridge, que gravaram o segundo cd do cantor, o também excelente "Diary of A Madman". Após o lançamento deste trabalho, uma fatalidade terrível interrompeu a vida de uma dos mais promissores talentos da década de 80. O guitarrista Randy Rhoads resolveu fazer um passeio com um monomotor. Porém, o piloto, perdeu o controle do avião, que se chocou contra um ônibus e explodiu tirando a vida do jovem músico que estava a bordo. Além de ficar arrasado, Ozzy perdeu seu principal parceiro de banda, e mesmo lançando outros trabalhos interessantes, nada se compara a seus dois primeiros álbuns, celebrados até hoje por uma legião de admiradores.

Blizzard Of Ozz tem peso e melodia na medida certa, e após tantos anos o vocalista nunca deixou de tocar várias faixas deste trabalho ao vivo, mesmo tendo lançado outros sucessos posteriormente. Um disco que conseguiu, merecidamente, o status de clássico.
     
Em tempo: Fuja de algumas edições em CD, pois em 2002, a empresária e senhora Osbourne, alegando problemas com os músicos originais, pediu que baixo e bateria fossem regravados, gerando uma revolta aos fãs. Coisas do show business. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaVirgil Donati - Ruination (2019)

    09/11/2019

  • Image

    ResenhaIron Maiden - Live After Death (1985)

    31/03/2018

  • Image

    ResenhaCartoon - Bigorna (2003)

    01/05/2020

  • Image

    ResenhaZakk Wylde - Book Of Shadows (1996)

    04/04/2020

  • Image

    ResenhaPeter Gabriel - Peter Gabriel (Scratch) (1978)

    09/09/2019

  • Image

    ResenhaJaco Pastorius - Jaco Pastorius (1976)

    31/05/2020

  • Image

    ArtigoOs 10 melhores discos lançados em 2020

    26/12/2020

  • Image

    ResenhaRoger Daltrey - Ride A Rock Horse (1975)

    30/10/2020

  • Image

    ResenhaJeff Beck - Who Else! (1999)

    21/06/2022

  • Image

    ResenhaPain Of Salvation - Be (2004)

    24/10/2020

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Blizzard Of Ozz

Álbum disponível na discografia de: Ozzy Osbourne

Ano: 1980

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,73 - 15 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Blizzard Of Ozz:

  • 22
    mar, 2020

    A ressurreição

    User Photo Fábio Arthur

Visitar a página completa de Blizzard Of Ozz



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.