Resenha

Tapping the Vein

Álbum de Sodom

1992

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

06/07/2021



Extremo!

As mudanças ocorreram na carreira do Sodom de forma gradativa, de um legado quase Black Metal de início de carreira, passando pelo Thrash, e chegando a mesclar até Punk e/ou Speed em seu som. Aqui, em "Tapping the Vein", a banda soa mais densa, com produção sombria e fechada. Harris Johns é o comandante da mesma, e o som do grupo se tornou mais profundo em tonalidades baixas, até mesmo na voz de Tom. 

O álbum tem aqueles momentos bacanas, bem metálicos, com menos clichês que o habitual, mas tece outras fontes meio enjoativas e até sem criatividade. O álbum é de 1992, quando grupos como Kreator estavam remodelando seu som, assim como Sepultura e Slayer. O Sodom não exibiu seu melhor, deixando a sensação de que faltou algo.

Witchhunter comanda as baquetas e seu talento não se sobressai tanto, pois o cast de músicas não ajuda muito. Os solos são enjoativos e sem uma conotação mais assertiva. No fim, mesmo com tudo isso, o álbum é bom. 

Body Parts e Skinned Alive são obras muito boas, assim como Deadline. Tapping the Vein mostra um Sodom mais na linha antiga dos primórdios, e Back to War mantém lá pelo final a fonte do "Thrash Old School" viva. 

Um dos discos que comprei ao seu lançamento, mas que não trouxe aquela obra máxima do grupo em que eu estava acostumado a ouvir. vale pelo nome da banda em si.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaThe Moody Blues - A Question Of Balance (1970)

    08/01/2021

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Whoosh! (2020)

    15/06/2021

  • Image

    ResenhaThe Rolling Stones - Dirty Work (1986)

    31/10/2018

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Atom Heart Mother (1970)

    23/10/2019

  • Image

    ResenhaBlackfoot - Siogo (1983)

    21/07/2021

  • Image

    ResenhaAC/DC - For Those About to Rock (1981)

    08/05/2020

  • Image

    ResenhaScorpions - Blackout (1982)

    11/12/2018

  • Image

    ArtigoBlack Sabbath: Impecável na fase Ozzy

    16/11/2020

  • Image

    ResenhaMegadeth - Youthanasia (1994)

    18/06/2021

  • Image

    ArtigoRock & Roll: 10 álbuns fabulosos

    14/03/2021

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Tapping the Vein

Álbum disponível na discografia de: Sodom

Ano: 1992

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,75 - 4 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Tapping the Vein



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.