Resenha

Hardware

Álbum de Billy F Gibbons

2021

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

01/07/2021



Rock a 40 graus!

O guitarrista Billy F. Gibbons, frontman do ZZ Top começou sua carreira solo bem tarde, lançando o ótimo “Perfectamundo” em 2015. Mas parece que ele gostou da aventura, pois três anos depois foi a vez de “The Big Bad Blues”, calcado no estilo do delta do Mississipi.  

Agora, em 2021, o músico lança “Hardwire”, seu mais novo petardo. Ao contrário do seu disco anterior, Gibbons optou por um trabalho quase completamente autoral, trazendo novamente seus amigos, o guitarrista  e baixista Austin Hanks e o baterista Matt Sorum (Guns N´Roses, Velvet Revolver), que também atua como produtor. 

O trio se enfiou no alto deserto da Califórnia, perto de Palm Springs ao lado de Mike Fiorentino e do engenheiro Chad Shlosser para gravar o petardo. Segundo Billy, os músicos utilizaram o calor do deserto e sua ambiência com cactos, cobras e areia escaldante para criar os temas presentes no álbum.

“Hardwire” tem sua sonoridade calcada em rocks diretos e orientados pela guitarra. Na maioria das vezes temos a impressão de estarmos em um pub do Texas curtindo uma banda tocando aquelas canções cheias de feeling. Além do rock tradicional, o disco traz influências de blues rock, country rock, hard rock e até pitadas de surf music.

São onze temas autorais e uma versão para “Hey Baby que Paso” gravada pelos Texas Tornados. Dos doze temas vale destacar: “She´s On Fire” que é curta, direta, apresentando um solo “sujo” e bem estruturado; “Stackin’ Bones” é uma canção malandra, com a participação de Larkin Poe, tem o refrão com vocais femininos sexys e um ótimo balanço;

A lenta “Desert Song” é climática, classuda, com a voz de Gibbons soando cool como se Chet Baker e Vicent Price fossem a mesma pessoa. A letra faz referência a vários personagens do universo rockeiro como Jim Morrison; “Vagabon Man” é uma balada muito bem construída, calcada no órgão Hammond e com ecos de Country; E ainda “West Coast Blues”, um rock com andamento vintage e guitarras recheadas de slide;

O título do disco foi uma homenagem ao falecido engenheiro de som John Hardy, que trabalhou com o ZZ Top desde os anos 80. 
Billy f Gibbons demorou a se lançar em carreira solo, mas tem recuperado o tempo perdido e faz valer cada novo lançamento. Um excelente disco.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaBilly Cobham - Spectrum (1973)

    27/05/2020

  • Image

    ResenhaSteve Vai - Alive In An Ultra World (2001)

    02/02/2020

  • Image

    ResenhaJethro Tull - Catfish Rising (1991)

    29/03/2020

  • Image

    ResenhaBlind Faith - Blind Faith (1969)

    14/02/2019

  • Image

    ResenhaEd Motta - Criterion Of The Senses (2018)

    10/10/2018

  • Image

    ResenhaJethro Tull - A Passion Play (1973)

    31/03/2020

  • Image

    ResenhaBlack Star Riders - Another State Of Grace (2019)

    10/04/2020

  • Image

    ResenhaFrost* - Milliontown (2006)

    17/08/2021

  • Image

    ResenhaNey Matogrosso - As Aparências Enganam (1993)

    20/09/2020

  • Image

    ResenhaJaco Pastorius - Jaco Pastorius (1976)

    31/05/2020

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Hardware

Álbum disponível na discografia de: Billy F Gibbons

Ano: 2021

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Hardware



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.