Resenha

Better Than Raw

Álbum de Helloween

1997

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

30/06/2021



Soltando as bruxas

O Helloween veio de uma fase bem difícil após os aclamados "Keepers" I e II, e assim, mesmo com o álbum "Pink Bubbles", que mesclava o Metal com Speed e melodias, a banda não conseguia soar como em 1988. Enfim, após um disco duvidoso de 1993, "Chameleon", em que mais parecia um disco solo de cada integrante misturado com algo de bom gosto do Helloween, a banda precisou redefinir sua direção. 

Entre a perda do baterista Ingo, roubo de empresários, fora da grande mídia e sem um vocalista, já que Kiske saiu por divergências com Weikath, a banda remodelou seu som. A vinda de Andi Deris do Pink Cream '69, trouxe uma nova extensão na carreira. O vocalista, que tinha aptidão para Hard, veio com a nuance mais Metal, de voz embargada por drives, e soube redirecionar com a banda e novos membros, o grupo todo. Após dois discos bem relacionados, "Masters of the Rings" e "The Time of the Oath", a banda veio com esse trabalho bem coeso, "Better Than Raw". 

Já na artwork você vê uma forte referência ao termo Halloween e ao conteúdo do grupo, arte perfeita, diga-se a verdade. A tal bruxa sexy com ar de malévola em meio aos clichês da tal data, soam muito bem e chamam atenção logo de cara. Ainda sobre a capa, a abóbora sendo cozida acaba sendo uma referência direta ao título do disco, pois o grupo havia tido uma degustação no Japão de abóboras cruas e assim veio a ideia do nome: Better Than Raw - Melhor do que cru. 

O trabalho surge com todo o segmento em que o grupo vinha deleitando, ou seja, Hard, Speed, Heavy e soam bem demais, trazendo ainda um petardo relevante. Tommy Hansen, tomou conta da produção, mas o pessoal do grupo alicerçou também com ideias e timbragens no processo final. O disco saiu em 1998, logicamente eu acabei comprando e era somente importado, uma nota alta de tirar o fôlego e de tabela comprei uma bandeira enorme da capa também - coisas de época. Enfim, ao começar ouvir fiquei satisfeito logo de cara com a introdução de "Deliberately Limited Preliminary Prelude Period in Z", pois parece até algo fantasioso na linha de Tolkkien - o autor, e após essa viria a pancadaria "Push", que aliás tem um vocal excelente e que ao vivo Deris executava na turnê muito bem. O grupo nessa fase abriu para o Maiden, e vieram no Brasil. 
"Falling Higher" é uma ode ao Metal digno e genuíno, com vocais em níveis altos, bateria pulsante, riffs ótimos, e refrãos perfeitos. Uma das melhores do disco. "Hey Lord" traça aquele Helloween, meio cadenciado, com melodia excessiva, mas com momentos bem legais. Já em "Revelation" a coisa pega fogo, mostra o quanto o grupo ainda sabia fazer Metal dos tempos antigos e mostra isso em 8 minutos de canção. 

Uli na bateria, mantém um ritmo direto entre viradas, passagens cheias de rulos de bateria, com a competência também do amigo Markus no baixo e a guitarra fértil de Grapow.  Essa diferença moveu o disco em um apanhado de momentos prazerosos e bem delineados, prova disso são as canções "A Handfull of Pain" e "Lavdate Dominum", cantada em Latim, essa última foi bem difícil de registrar em estúdio, pela língua em questão. Para o fechamento a banda ainda trazia uma faixa excelente, "Midnight Sun". 

Um dos trabalhos em que ainda poderíamos chamar de Helloween de alto nível. Produtivo e bem realizado. Grande disco, uma obra ainda relevante e intacta. Happy Halloween!


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ArtigoIron Maiden: Aniversário Heavy

    15/04/2021

  • Image

    ResenhaRPM - Revoluções Por Minuto (1985)

    21/06/2020

  • Image

    ResenhaSantana - Supernatural (1999)

    30/01/2021

  • Image

    ResenhaTwisted Sister - Love Is For Suckers (1987)

    03/09/2019

  • Image

    ResenhaMotorhead - Orgasmatron (1986)

    29/09/2019

  • Image

    ResenhaUriah Heep - Sweet Freedom (1973)

    11/08/2020

  • Image

    ResenhaDio - Lock Up The Wolves (1990)

    21/09/2018

  • Image

    ResenhaThe Rolling Stones - Sticky Fingers (1971)

    24/08/2021

  • Image

    ResenhaVan Halen - 5150 (1986)

    17/07/2019

  • Image

    ResenhaIron Maiden - Rock In Rio (2002)

    18/04/2020

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Better Than Raw

Álbum disponível na discografia de: Helloween

Ano: 1997

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,4 - 10 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Better Than Raw



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.