Resenha

Cactus

Álbum de Cactus

1970

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

29/06/2021



Primórdios do hard com o blues

Esse disco retrata bem a direção da música e do talento de artistas nos anos setenta. Cactus, com esse debute - lançado em julho de 1970 -, denota bem essa qualidade. Aliás, os próprios Scorpions viriam nessa fonte, anos depois com Lonesome Crow. 

A amplitude do álbum chega com uma versatilidade e um empenho musical muito favorável e além de uma expectativa comum, mostrando conteúdo evolutivo e super bem alinhado;  musicalmente falando. 

Já na faixa de abertura, "Parchman Farm", releitura do pianista/compositor e músico de Jazz, Mose Allison, o grupo Cactus mostra versatilidade e uma forma intensa de fazer som. O trabalho veio através da Atco, chegando em uns 40 minutos de um produto muito gostoso de ouvir e assimilar. Carmine Appice, baterista que todos conhecemos dos trabalhos com Ozzy Osbourne, Rod Stewart, entre outros, pratica o vocal e as baquetas por aqui. Tim Bogart no baixo, Rusty Day, harmônica, guitarras e vozes de apoio, e o complemento com Jim McCarthy na guitarra, fazem desse um momento fértil sonoro e ambicioso. 

A artwork do disco soa como um orgão genital masculino em forma de cactus, sendo assim, bem direcionado com o nome da banda em uma versão dúbia e até mesmo engraçada. "You Can´t Judge by the Cover", mostra bem o lado amplo musical do grupo, com vocais, batidas e linhas melodiosas com o tema Rock nos compassos. "Let me Swim" é justa no quesito voz mais firme, com guitarras em riffs swingados. 

Sem soar nada pretencioso, o grupo consegue chamar atenção pela força, garra de tocar, diretamente envolvida com o lado musical sem obter rótulos. A banda durou um período curto, mas, ao que consta, vem coisa por ai em breve.  

Esse disco mostra um dos melhores elementos da banda, soando bem solto e estruturado.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaBeyoncé - B'Day (2006)

    02/07/2020

  • Image

    ResenhaQueen - A Kind Of Magic (1986)

    19/06/2021

  • Image

    ResenhaRaul Seixas - Krig-Ha, Bandolo! (1973)

    22/06/2021

  • Image

    ArtigoDiscos importantes - Parte I

    13/04/2020

  • Image

    ArtigoVídeo: 1976 - Os melhores álbuns

    27/10/2020

  • Image

    ResenhaKreator - Extreme Aggression (1989)

    26/06/2019

  • Image

    ResenhaJudas Priest - British Steel (1980)

    18/01/2019

  • Image

    ResenhaConfesso, a autobiografia

    27/08/2021

  • Image

    ResenhaMotorhead - Bomber (1979)

    31/03/2020

  • Image

    ResenhaLulu Santos - Lulu (1986)

    24/04/2020

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Cactus

Álbum disponível na discografia de: Cactus

Ano: 1970

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Cactus



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.