Resenha

Aunt Mary

Álbum de Aunt Mary

1970

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Top Notch

25/06/2021



Rock progressivo e psicodélico de melodia agradável e fácil absorção

Este disco autointitulado da banda de rock progressivo norueguesa Aunt Mary por muitos é considerado o primeiro do gênero produzido naquele país. As onze faixas apresentam uma mistura bastante interessante de rock psicodélico, blues e jazz, além, claro, de boas tendências progressivas. Cada uma de suas faixas possuem uma melodia agradável e de fácil absorção, além de nenhuma ultrapassar a marca dos cinco minutos, fazendo assim o disco se desenvolver de forma bastante dinâmica e sem qualquer interlúdio desnecessário.  

O hammond de Jan Groth consegue criar uma ótima atmosfera em faixas como “Whispering farewell” e “Rome Wasn't Built in One Day”. Junto com o guitarrista Bjorn Christiansen, eles fornecem um vocal forte, sejam eles separados ou executados em conjunto criando muito boas camadas de vozes. A maneira como a música da banda é muito bem orientada por teclado, influenciaria posteriormente outros grupos noruegueses da época, como, exemplo, a Titanic.  

Considero este disco o mais acessível deles. A banda em muitos momentos lembra bastante Blood, Sweat & Tears. Seu som é de um grupo que se encontra nitidamente em uma transição entre os anos sessenta e setenta, sendo isso bastante evidente em vários momentos, como na já citada, “Rome Wasn't Built in One Day”, onde a guitarra mostra algumas tendências psicodélicas moderadas, um baixo mais pesado do que o encontrado na maioria das bandas do mesmo período, além da preferência por vocais harmoniosos e em camadas, mostrando uma influência em CSNY e Byrds.  

Como falei lá no início, o álbum não traz nenhuma música que ultrapasse os cinco minutos, além disso, nenhuma delas também possui qualquer complexidade, seja ela em qual grau for. Alguns momentos do disco soam como se estivesse acontecendo uma boa quantidade de improvisação no estúdio, porém, nem sempre a banda acaba acertando, e com isso, algumas músicas acabam ficando pouco coesas, assim como desconexas e dando uma sensação de estarem incompleta, sendo nessa questão, “Come In”, um bom exemplo disso. Outro ponto do disco e que vale ser mencionado, é o fato de alguns vocais nem sempre combinar com a música, sendo isso uma faca de dois gumes, podendo às vezes até ser uma boa experimentação que torna o som divertido, mas às vezes pode deixar a música um pouco confusa.  

De todos os quatro discos de estúdio da banda, se eu não estiver enganado, este é o único que nunca foi relançado em CD. Considero isso uma pena, pois ele contém algumas das melhores composições do grupo. Mesmo que nenhum dos seus álbuns seja uma obra-prima, este é um representante muito decente e íntegro de uma transição dos sons psicodélicos e blueseiros, para um som mais progressivo e estruturado, que ocorreu entre o final dos anos sessenta e começo dos anos setenta.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPeter Hammill - The Silent Corner and the Empty Stage (1974)

    23/03/2018

  • Image

    ResenhaTriumvirat - À La Carte (1978)

    17/06/2020

  • Image

    ResenhaFairport Convention - Unhalfbricking (1969)

    16/03/2020

  • Image

    ResenhaManfred Mann's Earth Band - Manfred Mann's Earth Band (1972)

    03/12/2019

  • Image

    ResenhaKristoffer Gildenlow - Let Me Be a Ghost (2021)

    11/11/2021

  • Image

    ResenhaHaken - Aquarius (2010)

    04/12/2018

  • Image

    ResenhaDream Theater - Black Clouds & Silver Linings (2009)

    17/01/2021

  • Image

    Resenhadredg - El Cielo (2002)

    04/02/2022

  • Image

    ResenhaThe Pretty Things - S.F. Sorrow (1968)

    20/05/2020

  • Image

    ResenhaPain Of Salvation - The Perfect Element: Part I (2000)

    31/07/2020

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Aunt Mary

Álbum disponível na discografia de: Aunt Mary

Ano: 1970

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Aunt Mary



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.