Resenha

The Six Wives Of Henry VIII: Live At Hampton Court Palace

Álbum de Rick Wakeman

2009

CD/LP ao Vivo

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

23/06/2021



Revisitando um clássico absoluto com performances irretocáveis

Em Maio de 2009, Rick Wakeman fez algo que muitos não entendem como que ele nunca havia feito antes, revisitar um dos seus mais populares e melhores discos, The Six Wives Of Henry VIII. O disco foi retirado de duas noites de shows no Hampton Court Palace. Certamente que o álbum captura as melhores gravações das duas noites, pois o DVD dura mais de duas horas, com isso podemos afirmar com total segurança que uma parte significativa do show foi omitida do lançamento do CD, que contém as seis faixas do álbum, mais três outras que estariam no disco original, mas que ficaram de fora devido às restrições de tempo para os discos de vinil, sendo uma delas, representando Henrique VIII. São peças muito interessantes e que até por serem faixas que não entraram na época, conseguem se enquadrar muito bem nos seis temas chaves. 

“Tudorture 1485” é a peça que inicia o show com um som dramático que não demora muito para que haja uma mudança, à direcionando para uma jam liderada por teclados, com Wakeman tocando solos que são sua marca registrada. Mesmo não fazendo parte do disco de estúdio, esse som cairia perfeitamente como uma introdução na época. Conforme a música vai se desenvolvendo, ela vai ficando mais sinfônica e bombástica tendo alguns momentos mais orientados para o rock. Wakeman não poderia brilhar mais logo na introdução do show, inclusive surpreendendo com um som até então inédito.  

Sobre as músicas do disco, acho que não preciso descrevê-las com precisão novamente – a quem se interessar, já resenhei The Six Wives Of Henry VIII aqui no site. “Catherine Of Aragon” segue uma peça poderosa e dramática que combina uma textura de rock matador com uma música de estilo clássico forte, evocativa e emocional. “Kathryn Howard” com sua beleza e dramaticidade inicial quase clássica, encanta nos primeiros segundos dos seus mais de onze de duração, como sempre um riff matador de sintetizador e a conhecida seção rangtime que Wakeman usou por muito tempo em momentos dos seus solos de época de Yes são os destaques da faixa. “Jane Seymour” com o seu começo - meio e fim - de teclado e muitos sons de órgão conseguiu ser ainda mais matadora aqui, trazendo algumas exibições instrumentais intrigantes e incomuns em uma progressão real de natureza muito clássica.  

“Defender of the Faith” é mais uma das faixas que não entraram no disco original. Começa com uma guitarra que a transforma na peça com a pegada mais pesada do show, mas sem perder a sua inclinação sinfônica. Mais à frente Wakeman conduz o ouvinte à uma jornada de influências no jazz por meio de um ótimo solo de teclado. Conforme ela vai avançando vai sofrendo mais algumas modificações e alterações que a mantem sempre dinâmica. O solo de guitarra também é muito interessante e soa parecido com Steve Howe.  

“Katherine Parr” é mais um daqueles momentos que soa comum para quem já assistiu ao Yes ao vivo, sendo um cruzamento de algo como “Close to the Edge” e “Roundabout”. Grande presença sinfônica, solos de teclados saboroso e uma jam mais expansiva e jazzística. Suas mudanças e alterações levam a plateia para passear por um território matador. “Anne of Cleves”, assim como acontece com sua versão original, a sua orientação para o rock sem perder a inclinação clássica e sinfônica faz dela uma das mais dinâmicas do show. “Anne Boleyn” também possui momentos em que foram tocados em solos de Wakeman durante os anos. Muitos humores e texturas diferentes marcam a peça que considero um dos melhores momentos do álbum - a ponto de eu considerá-la melhor que a versão original.  

“Tudorock” é a terceira e última música inédita tocada no show, sendo também a que encerra o espetáculo. Tenho a impressão que aqui são revisitados alguns momentos de todas as anteriores. Se trata de uma jam excelente e de alguns dos momentos mais pesados do disco. Ficou sendo uma ótima maneira dar o ponto final a apresentação.  

Claro que a versão em DVD captura o evento de uma maneira mais satisfatória, mas ter apenas o áudio do que foram aquelas suas noites já vale a aquisição desse registro. Usando de uma orquestra completa e coros, Rick aproveitou muito bem a oportunidade para dar corpo à maioria das esposas, principalmente adicionando novas seções ao invés de simplesmente repetir as existentes. Um show histórico.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaNemo - Barbares (2009)

    24/07/2020

  • Image

    ResenhaMoving Gelatine Plates - Moving Gelatine Plates (1971)

    18/06/2021

  • Image

    ResenhaGentle Giant - Three Friends (1972)

    29/01/2018

  • Image

    ResenhaYes - The Quest (2021)

    24/09/2021

  • Image

    ResenhaVoïvod - Dimension Hatross (1988)

    17/02/2022

  • Image

    ResenhaPollen - Pollen (1976)

    01/05/2021

  • Image

    ResenhaCaravan - For Girls Who Grow Plump In The Night (1973)

    02/04/2018

  • Image

    ResenhaCaligonaut - Magnified As Giants (2021)

    22/06/2021

  • Image

    ResenhaRenaissance - Scheherazade And Other Stories (1975)

    05/10/2017

  • Image

    ResenhaIQ - The Road Of Bones (2014)

    03/10/2017

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

The Six Wives Of Henry VIII: Live At Hampton Court Palace

Álbum disponível na discografia de: Rick Wakeman

Ano: 2009

Tipo: CD/LP ao Vivo

Avaliação geral: 5 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de The Six Wives Of Henry VIII: Live At Hampton Court Palace



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.