Resenha

Works Volume 1

Álbum de Emerson, Lake And Palmer

1977

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

20/03/2018



Um esforço louvável de alguns momentos estros e outros descartáveis.

Existe um tipo de problema em bandas como o Emerson, Lake & Palmer e que tem seus egos muitas vezes mais evidenciados do que a própria música, elas acabam atingindo um determinado ponto em que cada um tenta ser o líder, onde convenhamos, fica mais difícil das coisas funcionarem. Não importa quão talentosos e virtuosos são os músicos envolvidos. Aqui não se trata de um disco pra ser avaliado faixa por faixa, mas sim, a contribuição individual de cada um em seus respectivos lados do vinil, além do final onde encontramos composições e performances conjuntas. 

O primeiro lado é de Keith Emerson e consiste na execução de “Piano Concerto No. 1”. Perceber o talento de um músico desse nível nesse tipo de obra é fácil, porém, não o bastante pra que a mesma caia nas graças do ouvinte. Nunca consegui me encontrar, acho tudo meio sem pé nem cabeça, as estruturas, influências e o desenvolvimento do concerto parecem que estão perdidos. Emerson certamente tem talento e imaginação de sobra pra criar algo que mereça mais que simplesmente o epíteto de pretensioso, que foi o que aconteceu. 

O lado de Greg Lake carrega uma suavidade que parece tentar recriar músicas com atmosferas que vão fazer o ouvinte lembrar-se de faixas bem sucedidas e comerciais da banda como "Lucky“Man” e “From the Beginning”, porém e infelizmente o resultado não possui a mesma força e qualidade de seus sucessos anteriores. Ainda assim, como destaques desse lado eu cito "Ces't La Vie" e "Closer to Believing ".

Curioso que quando falei em uma resenha sobre o disco de estreia da banda, que Carl Palmer parecia não tocar no mesmo nível dos demais músicos, apesar de preencher bem todo o seu espaço, muitas pessoas sempre “muito bem” na arte de interpretar as coisas, comentaram que eu não gostava do baterista. Mas a questão estava ligada apenas ao momento, a aquele álbum, tanto que aqui, o lado de Carl Palmer é o que considero o mais forte e agradável, a maneira como ele toca a música de Bach e Prokofiev com uma incrível imaginação e qualidade é excelente, além de uma composição própria com uma fímbria jazzística clara. Destaque para as faixas "The Enemy God Dances With The Black Spirits" e "Tank".

No ultimo lado do disco é enfim onde contém criações de toda a banda, sendo dois épicos, “Fanfare for the Common Man”, uma boa adaptação da obra de Aaron Copeland e que se transformou em um clássico tocado na maioria dos shows da banda e “Pirates”, outra boa faixa, porém, demasiadamente esticada, provando que até mesmo no rock progressivo, onde as músicas são conhecidas pelos seus tamanhos dilatados, o menos também pode ser mais. 

No fim das contas considero um bom disco, mas que também dá aquele gosto amargo de que poderia ter sido bem melhor. Mas não é um disco recomendado para ouvintes casuais da banda ou uma porta de entrada para aqueles que não são familiarizados com o grupo, pra isso, busque os trabalhos anteriores. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaHaken - Virus (2020)

    04/06/2020

  • Image

    ResenhaHansson & Karlsson - Monument (1967)

    25/06/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Division Bell (1994)

    07/11/2019

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - 1984 (1981)

    22/06/2020

  • Image

    ResenhaNeal Morse - Testimony 2 (2011)

    03/02/2021

  • Image

    ResenhaAfter Crying - Megalázottak És Megszomorítottak (1992)

    14/11/2020

  • Image

    ResenhaKing Crimson - Red (1974)

    28/04/2018

  • Image

    ResenhaCasa das Maquinas - Lar de Maravilhas (1974)

    04/10/2017

  • Image

    ResenhaCamel - Dust And Dreams (1991)

    08/01/2021

  • Image

    ResenhaO Terço - Criaturas da Noite (1974)

    13/04/2018

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Works Volume 1

Álbum disponível na discografia de: Emerson, Lake And Palmer

Ano: 1977

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,83 - 6 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Works Volume 1



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.