Resenha

Hot Rats

Álbum de Frank Zappa

1969

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Top Notch

13/04/2021



Músicos incríveis, muito jazz e fusion, além de música progressiva e divertida

Hot Hats é o segundo álbum solo de Frank Zappa. Tirando a segunda faixa, “Willie the Pimp”, que possui uma curta passagem vocal feita por Captain Beefheart, todas as demais peças são instrumentais. Certamente pode ser considerado um dos pontos mais altos da carreira extremamente prolífica de Zappa, um disco de música muito límpida, sem falhas e muito bem estudada para produzir um registro incrível.  

Esse pode ser considerado o nascimento do jazz-rock? Apesar de eu não gostar muito de entrar nesse tipo de discussão, acho válida essa nomeação a ele, afinal, estamos diante de um dos mais historicamente importantes álbuns de toda a história da música progressiva. A música é de um brilhantismo incrível e de uma execução excepcional. Mais surpreendente ainda é que se trata de um disco de 1969, sendo algo diferente de tudo do que era encontrado em qualquer lugar naquela época.  

“Peaches en Regalia” é a faixa que abre o disco de forma melódica e lúdica. É possível notar alguns acenos à Emerson, Lake & Palmer – mas não tão evidentes assim. Carrega certamente aquele tipo de som que nenhum purista de rock progressivo terá problema em apreciar. Porém, vale ressaltar que a faixa apresenta muitos zappaismos e estranhezas típicas. Em alguns momentos tudo se transforma em quase jazz puro. Belo começo de disco.  

“Willie the Pimp” começa com uma linha de violino proeminente muito boa, funcionando muito bem como uma “brincadeira” na pegada de um blues rock. É uma música adequadamente zappiana. Como já dito no início da resenha, é onde aparecem os únicos vocais do disco – embora eu ache que eles nem tenha boa participação. O solo de guitarra de Zappa é simplesmente efervescente, movendo sempre a música para frente e transformando a peça em uma jam session sensacional que após uma verdadeira viagem, regressa para o tema inicial antes de chegar ao fim.  

“Son of Mr. Green Genes” possui uma performance excelente de jazz e uma ótima seção de instrumento de sopros, vibrafone e mais um solo de guitarra matador. Zappa consegue pegar um estilo antigo de composição e injeta uma execução pesada e funky. Mais uma faixa bastante divertida, onde eu particularmente adoro do começo ao fim.  

“Little Umbrellas”, mais uma faixa com boas incursões jazzísticas. Mais uma vez é possível notar algo de Emerson, Lake and Palmer. Possui um ótimo riff de baixo vertical. Um rock progressivo com ideias funky e altamente melódico com as clássicas estranhezas da música de Zappa embutidas nele.  

“The Gumbo Variations” já começa com Ian Underwood explodindo em um saxofone com uma melodia fantástica, um solo nitidamente inspirado no free jazz. Com quase treze minutos é a faixa mais longa do disco. Há alguns solos de violino simplesmente matadores - Don 'Sugarcane' Harris sabia ser intenso como poucos - e mais uma vez Zappa traz alguns trabalhos incendiários de guitarra. A música se desenvolve maravilhosamente bem, se movendo mais a frente para um território fusion. Todo mundo tem o seu tempo de ser o destaque na faixa, sendo que em determinado momento até a seção rítmica assume o protagonismo em um curto período. No final, a peça se transforma em psicodelia.  

“It Must Be A Camel” começa através de uma melodia suave que é puro jazz, mas que sofre uma mudança a partir da metade, ficando mais frenética e de atmosfera fusion. Em determinado ponto, a faixa se volta para a psicodelia, mas ainda baseada quase que totalmente no fusion. Mesmo que em pequenos pedaços, há a marca registrada de Zappa aqui através algumas mudanças e voltas que funcionam muito bem.  

Hot Hats é o melhor disco da extensa discografia de Zappa? Não sei, isso é algo muito difícil de afirmar, mas uma certeza eu tenho, esse álbum se trata de um dos registros essenciais se você quer ter em sua coleção somente o que de melhor o músico produziu. Músicos incríveis, muito jazz e fusion, além de música progressiva e divertida, sendo algumas faixas mais curtas e outras mais longas com um toque de humor aqui e outro ali.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Top Notch

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaSinkadus - Aurum Nostrum (1997)

    08/04/2020

  • Image

    ResenhaGong - Radio Gnome Invisible Vol. 2 - Angel's Egg (1973)

    15/01/2021

  • Image

    ResenhaAnekdoten - From Within (1999)

    28/02/2021

  • Image

    ResenhaVersailles - Le Trésor De Valliesres (1994)

    28/06/2021

  • Image

    ResenhaJean-Pierre Louveton - Le Livre Blanc (2017)

    19/03/2018

  • Image

    ResenhaHiromi Uehara - The Trio Project: Spark (2016)

    13/01/2021

  • Image

    ResenhaSteve Hackett - Guitar Noir (1993)

    27/05/2020

  • Image

    ResenhaAfter Crying - Megalázottak És Megszomorítottak (1992)

    14/11/2020

  • Image

    ResenhaAntony Kalugin - Chameleon Shapeshifter (2021)

    03/10/2021

  • Image

    ResenhaRick Wakeman - Aspirant Sunset (1991)

    22/03/2021

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Hot Rats

Álbum disponível na discografia de: Frank Zappa

Ano: 1969

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,79 - 7 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Hot Rats:

  • 31
    mai, 2018

    A primeira aventura virtuosa de Zappa é um disco a frente de seu tempo.

    User Photo Márcio Chagas

Visitar a página completa de Hot Rats



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.