Resenha

Fright Night

Álbum de Stratovarius

1989

CD/LP

Por: André Luiz Paiz

Webmaster

09/02/2021



O surgimento da potência de nome Stratovarius

Poucos sabem, mas o grupo de power metal Stratovarius não começou com Timo Tolkki, sendo que o guitarrista adentrou ao projeto pouco depois de sua formação. No início, a banda fazia covers de bandas de metal tendo como sua maior influência o Black Sabbath. Neste momento, era formada por três membros: Tuomo Lassila, baterista e vocalista, John Vihervã, baixista e Staffan Strahlman, guitarrista.
Com a troca posterior de membros e a entrada de Timo nas guitarras, o grupo ganhou mais poder de fogo nas composições e também um leque maior de influências, já que o guitarrista tinha apreço por música clássica e também grupos como Rainbow e Scorpions. E além de tudo, era um ótimo vocalista, aliviando bastante o peso para o então cantor e Tuomo Lassila.

"Fright Night" é o disco de estreia do Stratovarius, banda que traz em seu nome a junção das palavras Stratocaster (modelo famoso de guitarras) com Stradivarius (marca também famosa de violinos), e já figurou com Tolkki liderando na criação das músicas. O disco possui nove faixas pesadas, diretas e que se dividem entre o power metal e o heavy tradicional. Ainda está um pouco distante do ápice musical do grupo, mas mostra talento e pegada.

"Future Shock" é o maior destaque do trabalho. Um hard pegajoso e com bom refrão. A cadenciada "False Messiah" traz o lado Sabbath, com boas melodias. Depois temos a veloz "Black Night", outro grande destaque. "Witch-Hunt" é fraquinha e passa batido, assim como "Fire Dance" que, se na época impressionou pela velocidade de Timo, hoje os tempos mudaram e este fator já não garante mais o carimbo de "mestre das guitarras". Assim, a instrumental também não causa impacto. A faixa que recebe o título do álbum passa dos oito minutos e é o primeiro épico da banda, fato que viria a ser comum nos discos mais conhecidos. É uma boa faixa, mas que impressiona apenas pela ótima pegada dos músicos. Caminhando para o final do disco, temos a veloz "Night Screamer", que se garante pelo refrão, e depois a faixa "Darkness", outra que não me impressionou tanto, apesar de algumas mudanças interessantes de estrutura no decorrer dos seus quase sete minutos. Por fim, a faixa acústica "Goodbye" fecha os trabalhos de maneira meio desconexa.

Apesar de não ser um disco indispensável de heavy rock, é bem legal conferir como a banda soava no início e sua evolução nos discos seguintes até se tornar um dos maiores nomes da história do power metal. Se hoje o Stratovarius é considerado apenas mais uma das muitas bandas de power metal que existem por aí, ela merece sim ser colocada em um lugar de destaque, não só pelos ótimos discos que lançou, mas também por ser uma das percursoras dessa junção do power/speed metal com música clássica.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre André Luiz Paiz

Nível: Webmaster

Membro desde: 20/03/2017

"Sou um profissional de Tecnologia da Informação apaixonado por música. Criei o site do 80 Minutos para que as pessoas possam compartilhar suas opiniões sobre os seus álbuns favoritos e propagá-las Brasil afora"

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaFlying Colors - Flying Colors (2012)

    12/09/2017

  • Image

    ResenhaIQ - Subterranea (1997)

    25/07/2017

  • Image

    ResenhaUriah Heep - Conquest (1980)

    08/01/2021

  • Image

    ResenhaLana Lane - Neptune Blue (2022)

    04/02/2022

  • Image

    ResenhaSavatage - Hall Of The Mountain King (1987)

    09/06/2021

  • Image

    ResenhaBryan Adams - Bryan Adams (1980)

    24/12/2017

  • Image

    ResenhaElectric Light Orchestra - A New World Record (1976)

    12/11/2017

  • Image

    ResenhaLuis Wasques - Bitter Dreams and Sweet Nightmares (2018)

    06/09/2018

  • Image

    Entrevista3 anos de 80 Minutos - Entrevista com Márcio Chagas

    01/09/2020

  • Image

    Resenha3 - 3.2: The Rules Have Changed (2018)

    03/12/2021

Visitar a página completa de André Luiz Paiz



Sobre o álbum

Fright Night

Álbum disponível na discografia de: Stratovarius

Ano: 1989

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,86 - 7 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Fright Night



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.