Resenha

Waterloo Lily

Álbum de Caravan

1972

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

21/01/2021



Elementos jazzísticos invadem a sonoridade sinfônica do grupo

No meio dos anos 70 o fusion, estilo em ascensão chegou a influenciar muitos grupos de rock progressivo na época. Mas poucos souberam fundir o  lirismo do progressivo com o virtuosismo do jazz rock como o Caravan em Waterloo Lily. 

Em 1971, Richard Sinclair achou que já havia exaurido a sonoridade do Caravan e resolve deixar o grupo em busca de novas aventuras. Imediatamente o trio remanescente convoca o pianista Steve Miller (nada a ver com seu homônimo, o guitarrista americano que lançou o clássico Fly Like a Eagle).

Miller, veio da escola Cantebury, acostumado com altas doses de jazz e improviso, utilizando predominantemente o uso de órgãos e hammonds, ao contrário do dissidente Sinclair, que tinha um estilo muito mais sinfônico e tradicional.

Esse estilo mais livre  influenciou muito na sonoridade do grupo, que compôs temas mais técnicos e improvisados durante os ensaios. Quando adentraram no “Tollington Park Studios” em Londres, para gravar seu novo álbum, a banda tinha um novo direcionamento musical. São seis canções ao todo, três de cada lado. 

A faixa titulo que abre os trabalho é um tema prog encharcado de pop e com uma atmosfera jazzy ao fundo. O solo esquizoide de Hastings funciona bem ao lado do piano elétrico; A segunda faixa “Nothing at All” resume bem a proposto desta formação do Caravan: Um tema fusion com uma excelente linha de baixo fazendo base para a guitarra com pedal  wha-wha cheia de swing e um piano de fazer inveja a qualquer grupo de jazz. O tema se desenvolve por dez minutos com a adesão do saxofone Lou Coxhill e de outra guitarra trazida pelo convidado Phil Miller. Este é um dos mais interessantes e complexos temas gravados pela banda;

A rápida “Songs e Signs”, tem vocais em falsete e sua condução orientada pelo piano de Miller. É um tema com andamento midi tempo. Talvez fosse essencialmente pop para a época, mas hoje em dia passa longe. É um bom tema que encerra o primeiro lado do disco. “Aristocracy” abre o lado “B” com um groove de baixo poucas vezes visto no rock progressivo. A cozinha funciona perfeitamente no tema que se torna exótico para o estilo. Seria um prog  soul com pitadas de pop e com um vocal malemolente do Hastings, que utiliza até o pedal wah wah para criar o solo;

“The Love In Your Eye” é a suíte do disco e a primeira faixa a apresentar a assinatura progressiva característica do Caravan, com solo de guitarra mais sinfônico a até flautas ao fundo. Um tema para agradar os velhos fãs do grupo; ‘The World is Yours” que encerra o álbum apresenta uma guitarra limpa com uma condução meio sincopada. O instrumento combina com os vocais mais cristalinos e corretos de Hastings. Embora tenha momentos contemplativos é um canção essencialmente pop. 

“Waterloo Lily” traz o Caravan buscando o amadurecimento musical com a adesão de novos estilos a sua sonoridade progressiva. Embora tenham sido bem sucedidos em sua empreitada, este formação não durou muito e a banda eliminaria excessos desta sonoridade mais jazzística com a volta de Richard Sinclair aos teclados.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPhil Collins - Play Well With Others (2018)

    14/03/2020

  • Image

    ResenhaThe Rolling Stones - Tatoo You (1981)

    11/04/2020

  • Image

    ResenhaDef Leppard - Pyromania (1983)

    27/11/2020

  • Image

    ResenhaFish - Weltschmerz (2020)

    19/10/2020

  • Image

    ResenhaRonnie Earl And The Broadcasters - The Colour Of Love (1997)

    07/05/2022

  • Image

    ResenhaRoy Buchanan - You're Not Alone (1978)

    13/06/2020

  • Image

    ResenhaDream Theater - Train Of Thought (2003)

    06/01/2019

  • Image

    ResenhaSupertramp - Breakfast In America (1979)

    22/10/2019

  • Image

    ArtigoBill Bruford e Neil Peart: Quando chega a hora de parar!

    28/12/2018

  • Image

    ResenhaEloy - Inside (1973)

    29/07/2020

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Waterloo Lily

Álbum disponível na discografia de: Caravan

Ano: 1972

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,83 - 3 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Waterloo Lily



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.