Resenha

Hot In The Shade

Álbum de Kiss

1989

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

29/12/2020



Perdendo a força

A marca do KISS sempre foi elevada por discos de várias qualidades. A banda já havia passado por nuances duvidosas entre o final dos anos 70 e mesmo assim seguiu mutando em meio ao seu título de grande grupo.

O fator que deixa esse álbum em desejar, talvez esteja na sua produção, ou em seus canções forçadas - algumas delas -, ou até mesmo a carência de um grande hit radiofônico. A banda nesse traz a última real aparição do grandioso Eric Carr e coloca o grupo numa linha de sintetizadores em momentos diversos.

Mandando um Glam com Heavy, algo que de certa forma ainda era algo relevante, o grupo teria aqui uma abalada estrutura musical nem mesmo perto do que era capaz, somente indo superar tudo no disco seguinte. Formado por três singles e alguns vídeos para MTV, a banda caiu de certa forma entre o gosto popular mundial com Forever - aliás com um belo solado - e distanciando do fã das antigas com alguns por menores como Betrayed. Ainda se dividiu entre boas notas com Hide Your Hide e tentou segurar a onda com Rise to It.

Vale lembrar que o disco chega praticamente em 1 hora de duração. Foi nessa fase que pela primeira vez em anos que Gene e Paul resolveram aparecer maquiados como outrora em uma exibição pública da dupla.

Foram utilizados vários estúdios e assim a banda teceu um alicerce tentando soar como seu disco antecessor, mas com um nível acirrado em vários pontos, balanceando o peso, a melodia, riffs e tentando sobressair do trajeto até aquele ponto. O Kiss não vinha tão bem, desde 1985 ou final desse ano, a banda tentava surtir o mesmo impacto de quando resolveu abolir as maquiagens, mas foram traídos por si mesmos e falta de ideias. Por incrível que pareça, eles ainda venderam bem em alguns lugares, chegando até soar bem em alguns charts.

O KISS fecha uma década em torno de um som dividido com esse Hot in the Shade, traz algo produtivo e outros momentos sem imponência. Até mesmo a arte do álbum passou meio desaparecida e sem uma criatividade mais ímpar, não que fosse o forte deles nos anos 80, mas enfim, nada contribuiu para alongar uma boa fase.

Os fãs mais devotos, logicamente, adoram essa obra, e adoradores de Hard também, porém enfim, nada que surpreenda para quem buscava mais de um som de um grupo desse naipe.

Soa razoável, demasiadamente!


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaIron Maiden - En Vivo! (2012)

    15/06/2021

  • Image

    ResenhaMercyful Fate - Into The Unknown (1996)

    11/11/2020

  • Image

    ArtigoVídeo: Scorpions, discografia comentada - parte 4

    11/10/2020

  • Image

    ResenhaLegião Urbana - Legião Urbana (1985)

    20/07/2020

  • Image

    ResenhaQueen - The Works (1984)

    12/05/2021

  • Image

    ResenhaMorbid Angel - Altars Of Madness (1989)

    27/03/2020

  • Image

    ArtigoVídeo: Manowar, metal fiel?

    06/11/2020

  • Image

    ResenhaTom Jobim: Histórias de Canções

    17/08/2020

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Whoosh! (2020)

    15/06/2021

  • Image

    ResenhaManowar - Kings Of Metal (1988)

    16/07/2021

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Hot In The Shade

Álbum disponível na discografia de: Kiss

Ano: 1989

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,32 - 11 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Hot In The Shade:

  • 01
    nov, 2018

    Atirando para todos os lados

    User Photo André Luiz Paiz
  • 16
    out, 2017

    Ainda bem quente

    User Photo Vitor Sobreira

Visitar a página completa de Hot In The Shade



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.