Resenha

KIWANUKA

Álbum de Michael Kiwanuka

2019

CD/LP

Por: José Esteves

Colaborador Especial

08/12/2020



Soul certo em tempos de crise

Com o sucesso massivo que foi o segundo álbum do cantor britânico, não é surpresa para ninguém que ele grava o terceiro depois de três anos. Com seu nome no título, o álbum conquistou o prêmio Mercury, concorreu ao melhor álbum britânico de 2019 e concorre ao Grammy de melhor álbum de Rock de 2020.

Apesar de existir elementos de rock que devem ser o suficiente para esse álbum ser classificado de alguma forma tangencial como “rock”, o disco se firma muito mais em elementos de R&B da década de 60 e 70 e os novos modelos de jazz e soul de acordes com nonas e dissonâncias generalizadas. Especialmente na parte do soul, o vocal do Kiwanuka acerta em cheio e apresenta algo incrivelmente impactante: ele é um excelente vocalista. Além dele, na tabela gigantesca de elenco participante, Inflo no piano e nos teclados cria quase tudo que faz as músicas ficarem únicas, exagerando nos momentos harmônicos e melódicos dando ao álbum uma roupagem que beira ao mágico.

Uma das várias coisas interessantes nesse álbum é a densidade de coesão que o disco apresenta: mais do que uma coletânea de faixas gravadas nos últimos anos, tudo parece ligado, tanto fisicamente (as diversas músicas que listam suas introduções como músicas a parte, como “Hero” e “Piano Joint”) quanto conceitualmente (a “Interlude” apresenta uma calma instrumental em um momento decisivo do álbum). Fora isso, o disco é quase todo de baladas (“Light”, “Another Human Being” e “Solid Ground”) e de souls R&B (a primeira, “You Ain’t The Problem”, tem uma batida influenciada por ritmos africanos que funciona muito bem).

A melhor faixa do álbum é a terceira, “I’ve Been Dazed”, que continua da segunda faixa “Rolling”, que é a mais rock e também uma das mais fracas do álbum. O jeito que a terceira faixa utiliza da mesma temática de guitarra da Rolling, mas em um contexto de bateria completamente diferente cria uma sensação de brilho que é ímpar nesse momento da música, e definitivamente é uma das melhores músicas que foram gravadas nos últimos anos.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre José Esteves

Nível: Colaborador Especial

Membro desde: 26/08/2020

"Eu gosto muito de rock clássico e tenho um blog de resenhas minhas em disconomicon.wordpress.com. Minhas bandas preferidas são Deep Purple, Queen, Beatles e Pink Floyd e tento também ouvir o que está mudando o cenário nos dias de hoje."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaSupertramp - Supertramp (1970)

    06/11/2020

  • Image

    ResenhaCreedence Clearwater Revival - Green River (1969)

    30/08/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Ummagumma (1969)

    19/10/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Obscured By Clouds (1972)

    14/10/2020

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Sabbath Bloody Sabbath (1973)

    17/11/2020

  • Image

    ResenhaRainbow - Long Live Rock 'N' Roll (1978)

    26/11/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Animals (1977)

    05/10/2020

  • Image

    ResenhaThe Circle - Lockdown 2020 (2021)

    12/01/2021

  • Image

    ResenhaUriah Heep - Demons and Wizards (1972)

    23/12/2020

  • Image

    ResenhaAC/DC - Power Up (2020)

    13/11/2020

Visitar a página completa de José Esteves



Sobre o álbum

KIWANUKA

Álbum disponível na discografia de: Michael Kiwanuka

Ano: 2019

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,75 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de KIWANUKA



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.