Resenha

Genesis XIX

Álbum de Sodom

2020

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

29/11/2020



A volta do thrash alemão

Foi uma grata surpresa colocar o headfone e ouvir esse disco do Sodom do início ao fim. E como se não bastasse, foram necessárias mais algumas ouvidas dias depois e o que concluí é que finalmente o grupo acertou a mão, ou melhor, Tom Angelripper acertou. 

O disco traz Frank Blackfire (Sodom, Kreator) de volta após um hiato desde o mega disco e fabuloso "Agent Orange", de 1989. A mudança foi necessária e remeteu o grupo, agora em 2020, ao som de outrora e, antes que vocês leitores fiquem pensando que se trata de outro clássico da banda, eu já adianto que não é o caso, mas que é forte, voraz e um disco muito bom, isso é.

Juntando a isso, Tony Markel veio para bateria com pouco tempo de casa, mas mostrou que segue à risca o old school e na guitarra - a outra, sim eles são quarteto agora -, Yorck Segatz, que já participou do grupo em alguns trabalhos antes desse, inclusive em um EP. 

A produção é notadamente seca, fica claro a intenção de soar audível e ao mesmo tempo como uma banda Thrash clássica. A bateria surge em equalizações bem férteis e claras, as guitarras trazem muito do som antigo do grupo, sem muito efeito, porém de qualidade a se reconhecer que avançamos na tecnologia, e assim, tudo vai muito bem. O produtor é Cornelius Rambadt, o mesmo do disco do grupo de 2016, "Decision Day".

A faixa de abertura traz uma intro e após ela "Sodom and Gomorrah", pesada, seca, furiosa e muito do som passado da banda, ótima investida. "Euthanasia" continua a ruir tudo em sua volta, metal de peso com característica de banda das antigas. Em "Glock n´Roll" a banda mantém o trajeto de soar bem rápida e com riffs bem interessantes e que cativam de forma incisiva. "The Harpooner" é uma das melhores do disco, traçando uma imediata fonte metálica e mantém o interesse do ouvinte pela sua força em riffs e linhas vocais. "Dehumanized" é outra pérola, sua mudança de andamento e riffs são bem fortes, mesmo que não haja algo tão impulsivo, ela soa muito bem e caberia até mesmo nos discos antigos do grupo. E para variar, em "Indocrination", temos um estilo que permeia os álbuns do Sodom de sempre, o Metal aliado ao Punk, com aquela influência de Motörhead. 

É preciso dizer ao fã que a voz de Tom está bem mais alinhada com seu alcance de hoje, mas ainda ríspida e forte, apenas em tonalidades mais baixas, o que casou muito bem com o grupo.

Para finalizar, eu digo que o disco traz outros momentos dos quais citados acima, mas esses são realmente o que me mantiveram ligado. Houve um single de partida e um vídeo no canal do grupo do YouTube e a arte de capa maravilhosa é de Joe Petagno (Motörhead), e traz uma visão forte e apocalíptica bem moldada e propícia. 

Enfim, hoje em dia não sou tão afoito pelo metal extremo, mas ainda ouço, e se for banda das antigas, melhor ainda.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaAmerica - Hat Trick (1972)

    13/06/2020

  • Image

    ResenhaJulian Lennon - Valotte (1984)

    03/03/2021

  • Image

    ResenhaVan Halen - OU812 (1988)

    08/07/2021

  • Image

    ResenhaKing Diamond - The Spider's Lullabye (1995)

    17/10/2020

  • Image

    ResenhaEnglish Dogs - Where Legend Began (1986)

    27/10/2020

  • Image

    ResenhaImmortal - Blizzard Beasts (1997)

    11/07/2020

  • Image

    ResenhaThe Beatles - Rubber Soul (1965)

    15/01/2019

  • Image

    ResenhaW.A.S.P. - Inside The Electric Circus (1986)

    30/03/2020

  • Image

    ResenhaGrand Funk Railroad - Closer To Home (1970)

    13/12/2020

  • Image

    ResenhaHerbie Hancock - Takin' Off (1962)

    29/01/2020

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Genesis XIX

Álbum disponível na discografia de: Sodom

Ano: 2020

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,25 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Genesis XIX



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.