Resenha

Long Live Rock 'N' Roll

Álbum de Rainbow

1978

CD/LP

Por: José Esteves

Colaborador Especial

26/11/2020



Último disco de Dio no Rainbow mantém a qualidade do álbum anterior

O sucesso do Rainbow nunca foi o suficiente para ofuscar outras bandas da mesma época, ainda mais com Blackmore nunca satisfeito com uma formação, qualquer que ela seja. Ele demite Tony Carey depois de um show por ele tocar de forma “muito complicada”, logo o recontratando e o demitindo mais uma vez, junto com Jimmy Bain, este por não ser um bom baixista. Apesar de existir partes do Tony Carey no álbum de 1978, boa parte dele é do seu sucessor, David Stone; o mesmo não se pode dizer de Bain, que foi substituído no baixo pelo próprio Ritchie Blackmore, até a entrada de Bob Daisley. No vocal, Dio continua, sendo esse o último álbum dele na banda: Blackmore queria sair dos épicos de fantasia, opinião essa claramente não dividida pelo Dio. O álbum é bem recebido pela crítica moderna, o citando como uma das principais inspirações do power metal, mas na época não moveu montanhas, conquistando certificação prata no Reino Unido.

O som do álbum é um hard rock de muita qualidade, que se estende do começo até a penúltima faixa: esse clima de hard rock sem parar durante quase todo o disco cria essa sensação esquisita de não ser muito fácil diferenciar uma faixa da outra. Pelo menos a música é de qualidade: Blackmore está mandando fantasticamente bem (ele parece ter, de novo, se inspirado na época do Burn para alguns solos), o Cozy Powell está evoluindo na bateria e o Dio faz o que quer no vocal. Instrumentos a parte, o Dio consegue fazer uma harmonia limpa e de qualidade em cima de qualquer acompanhamento, mesmo quando o Ritchie tenta fazer uma música dele o Dio vai e cobre a música com um vocal de muita qualidade. O teclado de Tony Carey e David Stone está muito bem feito, tendo alguns momentos ótimos aqui e ali; o mesmo não pode ser dito de Bob Daisley, que de novo, não briga com o ego do Blackmore.

As primeiras faixas começam com um pé na porta sem igual: “Long Live Rock ‘n’ Roll” tem energia o suficiente para ser uma das grandes aberturas de álbum, junto com “Burn” e “Highway Star”, com o Dio surfando em cima das guitarras; e “Lady of the Lake” é um bom épico do rock, com cordas e corais e um solo de guitarra sendo acompanhado pelo baixo excelente. A partir da terceira faixa, o álbum perde bastante da energia, sendo que podia ter mexido um pouco na ordem para fazer uma experiência mais interessante: especialmente a última faixa, “Rainbow Eyes”, uma peça orquestrada linda com violinos, flautas e o vocal do Dio sendo melancólico ao em vez de rock, poderia ter sido colocada entre a quarta e a quinta faixa, para dar uma respirada no rock. Com a ordem que está, tem vários hard rocks que não causam muito impacto: “Sensitive to Light” e “The Shed” vem e vão sem causar muito impacto, mesmo que “The Shed” comece com um excelente solo de guitarra de blues.

A melhor faixa do álbum é “Gates of Babylon”, com um solo de teclado misterioso abrindo uma faixa de hard rock que se mantém criptico e surreal. O vocal do Dio fazendo harmonia com ele mesmo funciona bem, a guitarra conseguiu continuar o clima da introdução de forma honrável (geralmente quando músicas começam com algo tão misterioso, tendência é largar a introdução de mão e começar uma outra música) e o final, com violino, dá a ventura uma sensação de épico e fantasia, mas ao mesmo tempo nostalgia do oriente médio, o que parece ter sido a ideia considerando o nome.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre José Esteves

Nível: Colaborador Especial

Membro desde: 26/08/2020

"Eu gosto muito de rock clássico e tenho um blog de resenhas minhas em disconomicon.wordpress.com. Minhas bandas preferidas são Deep Purple, Queen, Beatles e Pink Floyd e tento também ouvir o que está mudando o cenário nos dias de hoje."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaAmbush - Infidel (2020)

    19/01/2021

  • Image

    ResenhaSteve Lukather - I Found The Sun Again (2021)

    11/03/2021

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Endless River (2014)

    13/10/2020

  • Image

    ResenhaElvis Presley - Elvis Presley (1956)

    05/01/2021

  • Image

    ResenhaFoo Fighters - Medicine at Midnight (2021)

    05/02/2021

  • Image

    ResenhaIron Butterfly - In-A-Gadda-Da-Vida (1968)

    27/10/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Dark Side Of The Moon (1973)

    30/09/2020

  • Image

    ResenhaCreedence Clearwater Revival - Willy And The Poor Boys (1969)

    04/12/2020

  • Image

    ResenhaTransatlantic - The Absolute Universe: Forevermore (2021)

    11/02/2021

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Heaven And Hell (1980)

    27/11/2020

Visitar a página completa de José Esteves



Sobre o álbum

Long Live Rock 'N' Roll

Álbum disponível na discografia de: Rainbow

Ano: 1978

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,54 - 13 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Long Live Rock 'N' Roll:

  • 19
    jan, 2021

    Ótimo nível em um momento clássico

    User Photo Fábio Arthur
  • 05
    ago, 2020

    O último com Dio

    User Photo André Luiz Paiz

Visitar a página completa de Long Live Rock 'N' Roll



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.