Resenha

Marshmallow Moondust

Álbum de Antony Kalugin

2020

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

25/11/2020



Marshmellow Moondust é uma grande realização lockdown de Antony Kalugin

“Era o primeiro dia de julho quando o mundo se tornou um lugar sombrio. Estávamos todos presos - mas redescobri o fascínio da minha coleção VSTi Korg Legacy, que serviria como principal inspiração para este álbum. " (Antony Kalugin)

Começar essa resenha com esta frase é muito importante, pois o seu desenvolvimento aconteceu em grande parte devido à pandemia do Covid-19, que acabou paralisando a cena cultural por todo o mundo e que acabou roubando dos artistas não apenas o seu direito de aparições públicas, mas também o seu sustento. Foi então que Kalugin se vendo nessa situação, decidiu converter a perda repentina de tempo por não ter mais permissão de estar no palco em criatividade musical.

Uma das maiores mentes do rock progressivo contemporâneo certamente chama-se Antony Kalugin. O ucraniano que também lidera os projetos Karfagen, Sunchild entre outros, em sua situação de lockdown deu a luz a Marshmellow Moondust, álbum que consiste em duas suítes épicas de 20:20 – sim, as duas músicas têm exatamente o mesmo tamanho. O músico aproveitou as lacunas entre a gravação do Karfagen para decidir gravar um disco “one man”. O resultado foi simplesmente incrível.  

“Marshmellow” possui uma típica sonoridade celestial e isso é mostrado muito bem logo na sua introdução. Depois o caminho segue de certa forma no melhor estilo Karfagen, bastante lúdico e melódico. O nome que me veio em mente logo nos primeiros minutos de música foi Camel, a base é influenciada muitas vezes pela banda inglesa. Mas não há dúvida que o mais importante de se notar na música é a sua sequência dos diferentes instrumentos e a maneira coesa com que todos são programados. O sintetizador e a bateria fazem uma base excelente, enquanto que a guitarra, o baixo, a flauta e as variações do teclado constroem imagens musicais extremamente bem ordenadas. Existe também um pouco de Genesis aqui para ser notado. “Marshmellow” é viajante, relaxante e de uma beleza incrível. 

“Moondust” traz o disco para algumas regiões mais arejadas, digamos assim, e também aéreas – tanto que até um avião parece passar bem no início. Tudo soa cósmico até que começar algumas vocalizações. A faixa possui alguns usos de saxofone que lembram as linhas utilizadas pelo Supertramp no momento em que o verso para e entra em uma deriva musical progressiva maravilhosa. Depois de um pequeno uso de flauta pouco antes dos quinze minutos, temos uma guitarra angelical que e evoca aquele momento de mais brilhantismo em toda faixa, quando Antony segura algumas notas floydianas que soam desconcertantes, sinfônicas e majestosas. Sem perder o fôlego, a música ainda dá ao ouvinte mais uma mudança de direção antes de chegar ao fim. Faixa emocionante. 

No lançamento digital, o disco contém dois bônus que nada mais são que as duas músicas abreviadas para a duração de 7:20 – novamente ambas com o mesmo tamanho exato – e eu não irei falar delas também. 

Sobre a conclusão que pode ser tirada de mais uma realização deste multi-instrumentista ucraniano, é que até mesmo um bloqueio – que lhe forçou a um isolamento - é capaz de estimulá-lo, dando rédea a sua criatividade musical solo de maneira impressionante ao melhor estilo Mike Oldfield e Robert Reed através de um disco épico. Aliás, também gosto de como a arte da capa (e dois minis pôsteres) de Igor Sokolskiy contém referências a "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry. Certamente um dos grandes discos de rock progressivo de 2020.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaNuova Era - Il Passo Del Soldato (1995)

    31/03/2020

  • Image

    ArtigoOs 20 melhores discos do Universo Progressivo de 2021

    27/12/2021

  • Image

    ResenhaSteve Hackett - Surrender Of Silence (2021)

    06/09/2021

  • Image

    ResenhaDunwich - Heilagmanoth (2008)

    12/02/2021

  • Image

    ResenhaBeautiful Bedlam - Beautiful Bedlam (2021)

    29/08/2021

  • Image

    ResenhaThe Incredible String Band - The Hangman's Beautiful Daughter (1968)

    23/04/2020

  • Image

    ResenhaKing Crimson - In The Wake Of Poseidon (1970)

    05/03/2018

  • Image

    ResenhaStrawbs - From The Witchwood (1971)

    27/03/2020

  • Image

    ResenhaVan Der Graaf Generator - The Least We Can Do Is Wave To Each Other (1970)

    18/04/2018

  • Image

    ResenhaLynyrd Skynyrd - (Pronounced 'Lĕh-'nérd 'Skin-'nérd) (1973)

    24/05/2018

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

Marshmallow Moondust

Álbum disponível na discografia de: Antony Kalugin

Ano: 2020

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Marshmallow Moondust



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.