Resenha

Frammenti Notturni

Álbum de Unreal City

2017

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

04/11/2020



No nível do melhor prog italiano setentista

Fundado pelo enfant terrible Emanuele Tarasconi (vocais e teclados) e pela guitarrista Francesca Zanetta, o quarteto Unreal City retornou dia 10 de setembro, de 2017, com Frammenti Noturnni, lançado pela AMS Records. Além de Tarasconi e Zanetta, do quarteto original restou o baixista Dario Pessina; a bateria e percussão foram assumidas por Marco Garbin. O violino atuante e importante em alguns trechos é de um convidado: Matteo Bertanni. As 5 faixas perfazem quase 48 minutos de música, gravadas entre janeiro e abril na franciscana Pádua. 

Unreal City e Frammenti Noturnni são indicados apenas para fãs de rock progressivo sinfônico bem dramático e italiano dos anos 1970. Até a produção soa um pouco como a da época, embora mantenha o alto padrão disponível hoje. Embora Tarasconi seja o sempre o mais citado e a banda seja mesmo mais centrada nos mais diversos tipos de teclados analógicos, a guitarra de Francesca Zanetta – oscilando entre Hackett, Fripp e Gilmour, sem ser cópia de nenhum – esculpe belos solos em diversos registros e costura por fora e por baixo das camadas de teclado, baixo e percussão criadas pelo quarteto, sempre interessado em melodias, bem ao estilo e gosto do prog italiano setentista de PFM, Locanda delle Fate e tantas outras. Mesmo nos curtos trechos mais “experimentais” à King Crimson, nem todos os instrumentos estão nessa sintonia. Frammenti Noturnni é muito indicado para repetidas audições.

Tudo começa com os 13 minutos de La Grande Festa de Maschera, dividida em seções, sendo que na primeira Tarasconi pirotecniza com seus Hammonds, Moogs e MiniMoogs, com Zanetta metendo por trás com a guitarra e o violino desenfreado, ou seja, é para desarmar e botar de quatro qualquer fã de prog sinfônico. O resto da faixa varia entre momentos de piano clássico até um final algo sombrio, que se liga com a segunda faixa, Le Luci dele Case (Spente), que abre com delicado órgão eclesiástico e guitarra fininha e fará fãs saudosos do Genesis explodirem em choro convulsivo lá pelo sétimo minuto, quando parece que Banks e Hackett estão duelando num Paraíso eternamente primaveril. Daquelas canções de encher a gente de orgulho de ser seleto fã de prog sinfônico!

A curta – 5:46 pra prog é curto – Barricate tem momentos quase pop, mas no fim há solaço de teclado e guitarra de tirar fã do sério. O clima fica mais urgente em Il Nido delle Sucubbi, mas não chega a hard prog, não se desespere, quem não curte. No encerramento Arrivi All’Alba, voltam as melodias de derreter metal e encher de esperança e luz.

Felizmente, todo cantado em italiano, Frammenti Noturnni não deve nada à geração setentista do Rock Progressivo Italiano ou de qualquer nacionalidade.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaLove of Diagrams - Mosaic (2007)

    01/10/2021

  • Image

    ResenhaM83 - Junk (2016)

    22/02/2021

  • Image

    ResenhaA Troça Harmônica - A Troça Harmônica (2015)

    01/02/2021

  • Image

    ResenhaCrystal Castles - Crystal Castles III (2012)

    30/07/2021

  • Image

    ResenhaAngela Ro Ro - Selvagem (2017)

    23/04/2020

  • Image

    ResenhaDuran Duran - Paper Gods (2015)

    16/09/2017

  • Image

    ResenhaConya Doss - Clear (2018)

    30/04/2020

  • Image

    ArtigoBoy George teve caso com vocalista de banda punk

    27/04/2018

  • Image

    ResenhaJill Scott - Woman (2015)

    08/04/2021

  • Image

    ResenhaCarpiah - Antinatural (2021)

    27/07/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Frammenti Notturni

Álbum disponível na discografia de: Unreal City

Ano: 2017

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Frammenti Notturni



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.