Resenha

Deep Purple In Rock

Álbum de Deep Purple

1970

CD/LP

Por: José Esteves

Colaborador Especial

22/10/2020



O começo do melhor Deep Purple

Com três discos gravados na história da banda sem reconhecimento na terra natal da banda (Reino Unido) e uma tentativa de um som mais pesado, o grupo passou por uma mudança de pessoal. Sai Rod Evans e Nick Simper, entram Ian Gillan e Roger Glover do Episode Six, banda local que nunca fez sucesso no reino unido (apesar de terem emplacado algum sucesso no Líbano). Esse foi o primeiro álbum da banda a ter sucesso no Grã Bretanha (4º lugar nas paradas), além de ter conquistado certificação ouro.

Definitivamente, o som está mais bem apurado: o vocal do Ian Gillan é melhor e mais pesado do que o de Rod Evans, que tinha uma tendência a ser mais dramático e grave; o baixo do Roger Glover parece ter sido feito pra bateria do Ian Paice; e falando dos membros que existiram, cada um deles está virando um monstro no seu respectivo instrumento. O som mais pesado conciliou muito bem com a guitarra de Ritchie Blackmore, e apesar de ficar claro em alguns momentos que o órgão do Jon Lord ainda está se acostumando aqui e ali, no geral, ele acompanha bem a emoção das músicas. O monstro principal da banda, apesar disso tudo, é o Ian Paice, que parece estar irritado com tudo e todos e decidiu por alguma razão colocar todo mundo pra correr e fazer seu melhor: as melhores viradas e “fills” até agora na carreira do Deep Purple estão nesse disco.

O clima da música mais pesada se faz sentir: não tem mais aquelas construções clássicas que o Jon Lord fazia com tanta facilidade (talvez inclusive pelo fato de que eles tinham acabado de fazer um Concerto para Orchestra). Individualmente, as músicas não são tão consistentes: o lado A é claramente superior ao lado B. O lado A tem as músicas mais memoráveis (o disco abre com “Speed King”, um rock cheio de energia com todos da banda bem entrosados, e segue com “Bloodsucker”, um follow-up mais puxado para o blues que serve mais como um veículo do vocal inteligente do Ian Gillan), enquanto o lado B ficou um pouco com as sobras (“Into the Fire” e “Flight of the Rat” são bem letárgicas, mas ainda boas, enquanto “Living Wreck” é apenas a banda batendo cabeça sobre como o som ia ficar).

A melhor música do disco é “Child In Time”, uma faixa bem progressiva com vários altos e baixos, momentos impactantes e solos de todos os instrumentos, que se estende por mais de 10 minutos. Seria o equivalente ao “Gimme Shelter” do Deep Purple: referências anti-Vietnã e psicodelismo associado a gritos, mas funciona muito bem como uma peça própria e não é a toa que eles são reconhecidos pela faixa até hoje.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre José Esteves

Nível: Colaborador Especial

Membro desde: 26/08/2020

"Eu gosto muito de rock clássico e tenho um blog de resenhas minhas em disconomicon.wordpress.com. Minhas bandas preferidas são Deep Purple, Queen, Beatles e Pink Floyd e tento também ouvir o que está mudando o cenário nos dias de hoje."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaJeff Scott Soto - Wide Awake (In My Dreamland) (2020)

    18/01/2021

  • Image

    ResenhaLed Zeppelin - Led Zeppelin II (1969)

    02/03/2021

  • Image

    ResenhaPaul McCartney - McCartney III (2020)

    18/12/2020

  • Image

    ResenhaThe Strokes - The New Abnormal (2020)

    11/12/2020

  • Image

    ResenhaGrace Potter - Daylight (2019)

    09/12/2020

  • Image

    ArtigoRanking 2020

    25/12/2020

  • Image

    ResenhaSturgill Simpson - Sound & Fury (2019)

    10/12/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Endless River (2014)

    13/10/2020

  • Image

    ResenhaElvis Presley - Elvis Presley (1956)

    05/01/2021

  • Image

    ResenhaMelvins - Houdini (1993)

    01/10/2020

Visitar a página completa de José Esteves



Sobre o álbum

Deep Purple In Rock

Álbum disponível na discografia de: Deep Purple

Ano: 1970

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,62 - 17 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Deep Purple In Rock:

  • 05
    jun, 2020

    A estreia arrasadora da MKII

    User Photo Márcio Chagas
  • 17
    out, 2017

    Uma obra-prima de categoria própria

    User Photo Tiago Meneses

Visitar a página completa de Deep Purple In Rock



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.