Resenha

Wish You Were Here

Álbum de Pink Floyd

1975

CD/LP

Por: José Esteves

Colaborador Especial

02/10/2020



Uma mistura excelente do Meddle com o Dark Side of the Moon

A banda começou a entrar e sair de turnês para promover e executar o sucesso estrondoso que foi o Dark Side of the Moon. Com os shows constantes, eles começaram a produzir música e quando o conceito estava finalizado na cabeça de Roger Waters, eles foram para o estúdio produzir. Várias coisas ocorreram durante a gravação do disco, incluindo a aparição surpresa do compositor original da banda Syd Barrett e o casamento de David Gilmour, mas no mesmo ano em que a produção começou, o disco foi lançado. Apesar das críticas mornas com o lançamento, críticas modernas elogiam o álbum e muitos o colocam como melhor álbum de todos os tempos.

O conceito do álbum, em contraste com o Dark Side of the Moon, é mais esparso e menos conciso, ora sendo sobre o cinicismo da indústria fonográfica, ora sendo a solidão que o tempo inevitavelmente causa. Melodicamente, o disco foi construído com a mentalidade do Meddle e com a capacidade musical do Dark Side, ou seja, é um disco brilhante com quase nenhuma falha. As composições do Roger Waters são mágicas, a guitarra do David Gilmour ainda continua sendo de ponta, o teclado do Richard Wright cria o clima do disco todo e a bateria do Nick Mason, apesar de menos exigida, pontua bem as faixas.

O disco contém cinco faixas, com a primeira e a última sendo a primeira e a última parte de uma música de 25 minutos, música essa que é um épico instrumental de jazz rock progressivo repetindo um tema preenchendo ele cada vez mais até as poucas estrofes que entoam a insanidade da solidão. No meio desses dois bahamutes, temos “Welcome to the Machine”, uma canção futurista sobre a banalidade do mundo musical; “Have a Cigar”, um rock ácido e cínico sobre as produtoras e o quanto elas não se importam; e “Wish You Were Here”, talvez a balada mais importante da carreira do Floyd, com um imaginário direto a relacionamentos e a decepção que se tem deles.

A melhor faixa do disco é inevitavelmente os 25 minutos de “Shine On You Crazy Diamond”. De todas as faixas longas do Floyd, essa não tem um segundo desperdiçado. A primeira parte, no início do disco, tem um começo mais melódico, mais sutil, enquanto a segunda parte tem um clima bem mais caótico e psicodélico, mas as duas não perdem o sentimento de pertencerem uma a outra. Os refrões sendo idêntico (apesar dos versos serem diferentes) trazem toda a experiência para a tranquilidade da casa, para fechar esse disco espetacularmente.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre José Esteves

Nível: Colaborador Especial

Membro desde: 26/08/2020

"Eu gosto muito de rock clássico e tenho um blog de resenhas minhas em disconomicon.wordpress.com. Minhas bandas preferidas são Deep Purple, Queen, Beatles e Pink Floyd e tento também ouvir o que está mudando o cenário nos dias de hoje."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaIron Butterfly - In-A-Gadda-Da-Vida (1968)

    27/10/2020

  • Image

    ResenhaLed Zeppelin - Led Zeppelin III (1970)

    04/03/2021

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Dark Side Of The Moon (1973)

    30/09/2020

  • Image

    ResenhaPaul McCartney - McCartney (1970)

    16/12/2020

  • Image

    ResenhaThe Beatles - The Beatles (The White Album) (1968)

    25/02/2021

  • Image

    ResenhaThe Beatles - A Hard Day's Night (1964)

    12/02/2021

  • Image

    ResenhaUriah Heep - Demons and Wizards (1972)

    23/12/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Meddle (1971)

    15/10/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Final Cut (1983)

    07/10/2020

  • Image

    ResenhaRainbow - Ritchie Blackmore's Rainbow (1975)

    24/11/2020

Visitar a página completa de José Esteves



Sobre o álbum

Wish You Were Here

Álbum disponível na discografia de: Pink Floyd

Ano: 1975

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,88 - 21 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Wish You Were Here:

  • 06
    out, 2020

    Vivendo o ápice e o amargo da fama

    User Photo Fábio Arthur
  • 27
    jun, 2018

    Um disco de abordagem apaixonada e praticamente inexplicável em palavras

    User Photo Tiago Meneses
  • 12
    fev, 2018

    Ainda surpreendendo após quase 43 anos de história!

    User Photo Vitor Sobreira

Visitar a página completa de Wish You Were Here



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.