Resenha

Caracal

Álbum de Disclosure

2015

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

30/09/2020



O duro desafio do segundo álbum

Em 2013, Settle, estreia dos irmãos Howard e Guy Lawrence como o duo Disclosure, chapou meio mundo. Os britânicos fizeram com a Deep House e o UK Garage o que o Daft Punk fez com a disco music: atualizou os subgêneros recombinando convenções para criar outras, mas ao gosto da contemporaneidade e de quem não tem saco para as idiossincrasias demoradas de bate-estaca e prefere música pop. 

No processo, criaram singles inesquecíveis, como Latch, e impiedosamente dançáveis, como Stimulation. Settle estabeleceu parâmetros de produção que ainda vigorarão por anos e conseguiu a proeza rara de agradar público, critica, galera underground, tigrada mainstream. 

Imagine a pressão e responsabilidade sobre os manos Lawrence para o lançamento de Caracal, dia 25 de setembro, de 2015. Racionalmente, sabemos muito difícil encadear 2 obras-primas definidoras de tendências, mas, mesmo assim, criamos expectativas e como o cérebro funciona por comparação, medimos um trabalho pelo outro. ”I'm only human/Of flesh and blood I'm made/Human/Born to make mistakes”, filosofava o Human League, em 1986. Mea culpa feita, vamos comparar? Não dá. Caracal é legal. Só.

Por falar em Human League, os teclados eletro de Jaded são possíveis por causa de grupos como o de Sheffield. Nessa canção, Howard e Guy também brincam com a sonoridade freestyle. O eletrofunk com palminha de Molecules quase poderia estar num álbum do Tuxedo; Disclosure abdicou de definir tendência para segui-las. Cheio de participações estelares, parece que os manos se adequaram ao estilo de cada um e não o contrário. Magnets, cantada pela Lorde, estaria mais à vontade num álbum da moça. Não é ruim, mas não é boa; é legal, eis o drama de Caracal.

Também deixaram de lado beats muito acelerados. Boa parte de Caracal parece música pra chill in/out e na Deluxe Edition tem até coisa chatinha, como Moving Mountains. Há gostosuras midtempo como Afterthought e Superego, que deixam refrães grudados.

Não há nenhum arraso dance desloca-coluna, apenas 2 ou 3 rapidinhas, dentre elas Holding On, com vocal de Gregory Porter, que, num álbum mediano, consegue ser uma das melhores faixas sem ser grande coisa.

Concluindo: se você está lendo sobre Disclosure pela primeira vez, ouça Settle, e pince as legais de Caracal.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ArtigoOnde Nasceram a Disco Music, o Punk e o Hip-Hop?

    08/06/2019

  • Image

    ResenhaLucky Soul - Hard Lines (2017)

    30/10/2020

  • Image

    ResenhaDurand Jones & The Indications - American Love Call (2019)

    19/01/2021

  • Image

    ResenhaPiry Reis - Piry Reis (1980)

    19/01/2022

  • Image

    ResenhaLe Orme - Collage (1971)

    02/10/2019

  • Image

    ResenhaSyleena Johnson - The Making Of A Woman (The Deluxe Edition) (2021)

    25/11/2021

  • Image

    ResenhaLeToya Luckett - Back 2 Life (2017)

    03/08/2020

  • Image

    ResenhaDarien Dean - Detours (2018)

    07/09/2020

  • Image

    ResenhaIngranaggi Della Valle - In Hoc Signo (2013)

    05/11/2020

  • Image

    ResenhaMoment Of Truth - Moment Of Truth (1977)

    31/03/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Caracal

Álbum disponível na discografia de: Disclosure

Ano: 2015

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Caracal



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.