Resenha

The Book Of Taliesyn

Álbum de Deep Purple

1968

CD/LP

Por: José Esteves

Colaborador Especial

22/09/2020



Mais do bom da estreia

Após o sucesso do álbum anterior nos Estados Unidos (contrastando com o total desprezo das paradas inglesas), a banda fez uma turnê na América abrindo para o Cream. Apenas dois meses de gravações depois da viagem e o disco foi lançado. O disco alcançou o top 100 das paradas americanas e foi, de novo, completamente ignorado pelos britânicos, vendendo 900 mil cópias mundialmente.

O disco segue a linha do anterior, só que um pouco mais clássico e pesado. O vocal do Rod Evans ainda é o pior que a banda tinha a oferecer individualmente: Jon Lord e Ian Paice estão mais entrosados do que nunca, com a adição da guitarra de Ritchie Blackmore cada vez mais pesada e querendo aparecer nos holofotes. As influências de música clássica do Jon Lord dão uma apimentada no que poderia ser só um álbum “mais do mesmo” e fazem do disco o primeiro a ter faixas que combinam com o que o Deep Purple ia apresentar no futuro.

De novo, o álbum segue a linha de originais e covers. Os covers, dessa vez, não variam tanto de qualidade, com todos os covers tendo algum valor: apesar de ninguém ter pedido uma versão progressiva de mais de 10 minutos de “River Deep, Mountain High”, a versão repaginada de “Kentucky Woman” pegou a original e transformou ela em um rock pesado de responsabilidade. As originais são, basicamente, composições de rock com tempero clássico inserido pelo Jon Lord e com os melhores solos de guitarra que os anos 60 tinha a oferecer: “Wring the Neck” é um instrumental que parece uma disputa entre os dois instrumentos para ver quem tem lugar na banda e “Exposition” é uma marcha fúnebre que serve como introdução do cover de “We Can Work It Out”.

A melhor música do álbum é “Anthem”, mas é uma decisão meio dividida. No início, temos uma canção bem flower power década de 60; admitidamente, o vocal de Rod Evans nessa música é o melhor do álbum, levando bem uma música bem calma e tranquila. Do nada, a música quebra e entra um instrumental do Jon Lord no teclado, com o Ian Paice destruindo uma bateria e o Ritchie Blackmore quebrando tudo com a guitarra: parece realmente que a banda tem bem mais liberdade quando não tem que abrir espaço para o Rod Evans.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre José Esteves

Nível: Colaborador Especial

Membro desde: 26/08/2020

"Eu gosto muito de rock clássico e tenho um blog de resenhas minhas em disconomicon.wordpress.com. Minhas bandas preferidas são Deep Purple, Queen, Beatles e Pink Floyd e tento também ouvir o que está mudando o cenário nos dias de hoje."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPink Floyd - The Dark Side Of The Moon (1973)

    30/09/2020

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Deep Purple In Rock (1970)

    22/10/2020

  • Image

    ResenhaAmbush - Infidel (2020)

    19/01/2021

  • Image

    ResenhaWobbler - Dwellers Of The Deep (2020)

    11/01/2021

  • Image

    ResenhaGrace Potter - Daylight (2019)

    09/12/2020

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Never Say Die! (1978)

    23/11/2020

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Vol. 4 (1972)

    16/11/2020

  • Image

    ResenhaThe Beatles - Rubber Soul (1965)

    18/02/2021

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Shades Of Deep Purple (1968)

    27/08/2020

  • Image

    ResenhaRadiohead - OK Computer (1997)

    21/12/2020

Visitar a página completa de José Esteves



Sobre o álbum

The Book Of Taliesyn

Álbum disponível na discografia de: Deep Purple

Ano: 1968

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,7 - 10 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre The Book Of Taliesyn:

  • 04
    mar, 2021

    Fluindo no rock com psicodélico

    User Photo Fábio Arthur

Visitar a página completa de The Book Of Taliesyn



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.