Resenha

Philip Lassiter Presents Party Crashers

Álbum de Philip Lassiter

2018

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

06/08/2020



Uma festa de black music

Philip Lassiter cresceu tocando música em sua igreja e ouvindo seu pai-pastor pregar até perder o fôlego.  Apelidado de Philthy (trocadilho com filthy [imundo] e o diminutivo Phil), o multi-instrumentista já tocou na New Power Generation, de Prince, e ganhou diversos Grammys, como arranjador para gente como Ariana Grande, Kelly Rowland, Jill Scott e Al Jarreau.

Em 2018, ele se juntou a uma dúzia de músicos e o resultado foi Party Crashers, lançado em julho. Exímio arranjador e cercado por muralha de músicos e vocalistas, Philthy oferece álbum excitante, variado e cheio de detalhes de produção, distribuído em dez canções e uma vinheta.

As quatro faixas iniciais dão a impressão de que será álbum de funk endiabrado (Take a Ride), com velocidades variadas, mas sempre balouçantes e multifacetadas, basta checar o tempero de salsa popificada do miolo de Bump Da Man. Refletindo e repercutindo a miríade de influências de Philthy, o resto do álbum vai para direções distintas, sem jamais perder coerência ou coesão.

Our Love Is Gold abre em clima orquestral para revelar tapeçaria elegante de balada soul, com direito a coro feminino; tudo muito anos 70. Diamond In The Rough é outra slow jam de soul, mas informada pelo jazz. Epidermis tem clima de R’n’B anos 50, com o característico pianinho batido e mais. Também soul são Good Day e Happy Train: a primeira mais romântica, anos 60 e a segunda, conjugada com energia pop-gospel. E para fechar o trabalho, um louvor pop-blues ao sucesso familiar, mais importante que o profissional.

Se Philthy tiver vida pessoal tão exitosa, como a profissional, vive no sétimo céu. Party Crashers indica que merece.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaThe Gift - Why The Sea Is Salt (2016)

    23/10/2020

  • Image

    ResenhaGeorge Anderson - Body And Soul (2017)

    19/12/2020

  • Image

    ResenhaLiraz - Zan (2020)

    22/07/2021

  • Image

    ResenhaBig Big Train - Common Ground (2021)

    12/08/2021

  • Image

    ResenhaCésar Lacerda - Tudo Tudo Tudo Tudo (2017)

    24/07/2020

  • Image

    ResenhaConrado Pera - Enlaçador de Mundos (2015)

    17/09/2020

  • Image

    ResenhaQuella Vecchia Locanda - Il Tempo Della Gioia (1974)

    13/01/2020

  • Image

    ResenhaHalf Waif - The Caretaker (2020)

    06/12/2020

  • Image

    ResenhaCare - Diamonds & Emeralds (1997)

    27/08/2020

  • Image

    ResenhaDu Gomide - Vela Acesa (2020)

    16/03/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Philip Lassiter Presents Party Crashers

Álbum disponível na discografia de: Philip Lassiter

Ano: 2018

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Philip Lassiter Presents Party Crashers



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.