Resenha

Felipe Continentino

Álbum de Felipe Continentino

2012

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

26/07/2020



Um grande ábum, mostrando a renovação do jazz nacional!

Nascido em Belo Horizonte, Felipe Continentino viveu em Cataguases, interior de Minas Gerais boa parte de sua infância e adolescência. Iniciou lá seus estudos de bateria com o grande Afonso Vieira, e de volta a sua cidade natal,  aprimorou sua técnica, se tornando bacharel em bateria pela UFMG. O músico, além de se tornar conhecido por trabalhar ao lado de feras do porte de Cliff Korman, Toninho Horta, Leo Gandelman e Wilson Sideral, iniciou cedo sua carreira solo, lançando este  CD homônimo em 2012.

Embora tenha um senso melodico demasiadamente desenvolvido, Felipe é um daqueles bateristas de ataque, na linha Tony Williams Art Blakey ou mesmo Roy Haynes.  Neste CD, o músico demonstra maturidade ao lançar um trabalho sem virtuosismos gratuitos, e que conta com a partipação de grandes jovens instrumentistas com os quais está acostumado a tocar, como o Saxofonista Breno Mendonça, o Baixista Frederico Heliodoro e o guitarrista Pablo Passini. Mantendo a mesma formação durante todo o disco, o Felipe conseguiu  sustentar a unidade seus temas e deu ao seu primeiro trabalho uma indentidade musical que muitos jazzistas veteranos não conseguem.

O álbum abre com a atrabiliária “Open Space”, um tema curto, em que Felipe opõe sua bateria ao sax de Breno.  Uma curta indrodução que mostra ao ouvinte o que esperar de todo o disco. Em seguida temos “Space Between Glass”, um tema longo, que aos poucos  vai crescendo, possibilitando que o sax sincopado de Breno caminhe ao lado da Bateria De Felipe, tendo o baixo seguro de Heliodoro ao fundo; Na melódica e diáfana “Valnilla” Temos mais um vez Breno brilhando ao lado de Felipe com um sax melódico, que por vezes lembra Nivaldo Ornellas. Aqui a guitarra de Passini divide o solo com o sax harmonicamente;

 Em “Voando Pra Casa I”, bonitas harmonias de guitarra e baixo acustico permeiam a introdução do tema, que tem um acompanhamento brilhante de Continentino durante toda a música. “Voando Pra Casa II” obviamente é uma continuação do tema anterior, porém com maior desenvoltura do tema proposto. “Fisheye” é outra grande canção, onde Pablo Passini toma a frente com a sua guitarra jazzy, fortemente influenciada por Pat Metheny. Por Fim, temos “Fractal”, onde Continentino e o baixista Heliodoro mostram suas habilidades no violão. Mais um tema crescente que deixa espaço para o músico encerrar o trabalho mostrando seus dotes de baterista.

Interessante constatar como um músico ainda tão jovem pôde compor e gravar um álbum tão maduro quanto este. O baterista comprova que o jazz se renova a cada dia, e que muitas vezes, os alunos podem sim, sobrepujar os mestres.   

Quem gosta do disco físico, pode adquirir o CD pelo site oficial do músico :
felipecontinentino.com. 



Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaPat Metheny - Secret Story (1992)

    13/12/2020

  • Image

    ResenhaLevin, Minnemann, Rudess - Levin, Minnemann, Rudess (2013)

    07/04/2020

  • Image

    ArtigoBlues Alright: 05 grandes músicos de rock que lançaram discos de blues

    09/11/2021

  • Image

    ResenhaRush - Counterparts (1993)

    09/05/2019

  • Image

    ResenhaJeff Beck - Wired (1976)

    20/12/2018

  • Image

    ArtigoOs 10 melhores discos lançados em 2020

    26/12/2020

  • Image

    ResenhaMcCoy Tyner - Guitars (2008)

    08/09/2021

  • Image

    ResenhaJohn Norum - Play Yard Blues (2010)

    10/08/2021

  • Image

    ResenhaJoe Satriani - Joe Satriani (1995)

    06/05/2018

  • Image

    ResenhaFelipe Andreoli - Resonance (2021)

    01/10/2021

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

Felipe Continentino

Álbum disponível na discografia de: Felipe Continentino

Ano: 2012

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Felipe Continentino



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.