Resenha

Groove Nights (The U-Nam Mixes)

Álbum de James Day

2018

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

21/07/2020



Groove da Superação

Difundido a partir dos anos 1930, época do Swing jazzístico, o uso da palavra groove (sulco) como gíria para ritmo popularizou-se com a eclosão do funk nos anos 1950 e consolidou-se no léxico da música dançável até hoje.

Groove Nights (The U-Nam Mixes) é paulada dançante, com um par de midtempos pra descansar a coluna. Mas, quando se trata de James Day é irresistível contextualizar os não-iniciados à sua extraordinária história de tragédia e superação.

O norte-americano sempre quis se dedicar ao canto e à dança, por isso mudou-se para Nova York, onde estudaria na American Academy of Dramatic Arts. Não demorou muito e Day foi diagnosticado com a Síndrome de Ménière, espécie de pressão alta no ouvido, que provoca, entre outras coisas, comprometimento do equilíbrio e zumbido perene, atrapalhando a audição. A doença acertou em cheio as funções de que James mais necessitava para ser bailarino e cantor.

Tendo que voltar para a cidade-natal e submeter-se a cirurgias/tratamento, além de viver com o temor constante de que o outro ouvido seja acometido pela doença, no início, James Day não quis saber de música. Felizmente, superou a aversão e já há uns dez anos lança material muito bom.

Groove Nights (The U-Nam Mixes) tem esse nome, porque resulta de colaboração com o DJ francês U-Nam, que remixou 8 faixas do som retrô de Day, em um álbum que basicamente celebra a dança, a despeito de tempos sombrios Trumposos, segundo a letra de We Dance, que começa com riff de guitarra funk, um coro dizendo “this is not a dress rehersal”, uma voz feminina que vai como “when we get a cha...”, interrompida por MC meio na vibe do antigo Turbo B, do alemão Snap!, que fala algo, tem mais um trechinho instrumental funkoso pra voltar a voz de mulher, que é de ninguém menos que Maysa Leak, a chanteusse solo, do Incognito e de tantos projetos de outrem. Como resistir aos vocais de fogo sedoso sobre batida funk-Snapeana? Não dá: we dance!

Groove Nights (The U-Nam Mixes) também dança nostálgica e luxuosamente por estilos de outrora, como eletrofunk (Can’t Stop This Dance), new swing jack (He’s a Hurricane), funk 70’s (Outta Da Funk) e disco (a impiedosamente sacolejante Love Is My Bible). Para deixar tudo ainda mais “autêntico”, os vocalistas convidados em todas as faixas são dos subgêneros homenageados. É uma festa de cantor(a) bom/boa: Cheryl Pepsii Riley, Audrey Wheeler, Glenn Jones, D-Train, Sandra St. Victor e mais. Quando não é vocal “vintage”, é algum dado ou maneirismo de produção, como a guitarrinha Nile Rodgers e vocais femininos típicos do Chic, na infecciosa D.U.I, que significa Dance Under the Influence. Com essas referências sônicas, esse título e vocal principal da Audrey, resta o quê ao ouvinte senão o descadeiramento?

Os dois números deslizantemente midtempo têm cheirinho de urban soul e new jack swing e nada me tira do ouvido que Who Can Tell the Heart tem quês de Careless Whispers, de George Michael e True, do Spandau Ballet. Considerando-se o período que James Day ama e os britânicos serem blue-eyed soul, tem tudo a ver a desconfiança.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaRoseane Santos - Fronteiriça (2020)

    25/02/2021

  • Image

    ResenhaWorking Week - Working Nights (1985)

    06/04/2021

  • Image

    ResenhaGallant - Neptune (2021)

    20/04/2021

  • Image

    ResenhaBajofondo - Campo (2011)

    15/07/2021

  • Image

    ResenhaChanté Moore - The Rise of the Phoenix (2017)

    16/10/2020

  • Image

    ResenhaJonathan Batiste - We Are (2021)

    23/06/2021

  • Image

    ResenhaThe Bird And The Bee - Recreational Love (2015)

    08/06/2020

  • Image

    ResenhaMagazine - Real Life (1978)

    10/08/2021

  • Image

    ArtigoDuran Duran: a história até o ano 2000

    23/06/2018

  • Image

    ResenhaGal Costa - Nenhuma Dor (2021)

    17/02/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Groove Nights (The U-Nam Mixes)

Álbum disponível na discografia de: James Day

Ano: 2018

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Groove Nights (The U-Nam Mixes)



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.