Resenha

Agent Orange

Álbum de Sodom

1989

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

07/05/2020



Fulminante!

O Sodom veio sob influência de Motörhead. A banda aliou essa veia ao som Death Metal e com a paulada Speed chegou com tudo nos meados de oitenta. O grupo, entre as mudanças na formação, variava disco a disco, no entanto, sempre o som característico e sujo da banda estave lá. Eles serviram de influencia para inúmeros outros, foram de certa forma pavimentando em um crescendo sem tréguas.

Fúria, raiva e um ápice de ótimas faixas compõem "Agent Orange", lançado em 1989, época em que Metallica, Sepultura, Slayer, Testament, Exodus, Anthrax, Kreator, entre tantas outras grandes, estavam mostrando a nova face do Metal. Difícil competir com tantos assim, mas o Sodom tinha um diferencial, eles traziam em um Power Trio, a pegada crua, aliada em um som "Punk" e com o seu estilo nato de ser. Outro fator importante, seria a velocidade constante nas faixas, o vocal que transita entre drive seco, áspero e algo como um "gutural" disfarçado, além logicamente de não se deixar prender aos mimos de solos para enxertos e nem mesmo refrãos grudentos. Tudo isso aliado em uma produção bem ajustada e temas relacionados à guerra com teores ácidos e bem criativos. 

Aqui a banda ainda tinha o falecido Withchunter - e que baterista -, uma personificação da pura e extrema essência do instrumento. São viradas em ágeis tempos, alimentadas pelos bumbos ora duplos e em outros momentos dobrados em um pé somente e que culminam em técnicas entre os compassos, suas conduções entre floreios bem marcados. Realmente o cara fazia a diferença. Na guitarra e em tons de despedida, o grande Frank Blackfire, que hoje voltou ao grupo e na época estava indo para o Kreator registrar outro marco do metal mundial. Frank detém o nível de criar riffs ásperos, sem firulas e com boas doses de implementos que correm pelas faixas dando êxito e ligando as alternâncias de forma bem construtiva, salientando o nível das mesmas. Tom traz sobre a banda essa sua força, as raízes, a sua visão, o que transforma o trabalho todo em um ponto absoluto de como funciona metal dos primórdios; tudo como deve ser.

O grupo traz sua fonte de inspiração na Guerra do Vietnã e aborda os temas em complacência com o andar das faixas, ou seja, a abordagem rítmica anda lado a lado com letras fortes e cruas.

Para se ter uma ideia de como esse álbum funcionou e funciona até hoje, este seria o primeiro exemplar de um álbum alemão de metal pesado a entrar nas paradas comercias. Sendo o terceiro full lenght - já que primeiro registro foi um EP -, a banda trouxe uma linha segura para seu âmbito e o disco não carece de nada, um álbum totalmente sóbrio. 

Harris Johns ficou na produção, pouco mais de trinta minutos de som vigoroso e uma arte bem pertinente ao tema das faixas. "Agent Orange", com sua letra sobre o tal elemento gás usado de mesmo nome, e a faixa explode em uma tensão voraz entre baixo, guitarra e bateria, e cada compasso se torna uma linha ampla e evolutiva. "Tired and Red" segue os padrões e seu miolo com melodia de baixo e floreio acústico se sobressai para voltar à destruição profunda. "Incest", essa tem tema fortíssimo, que soa abusivo e mesmo assim a faixa continua com a mesma impiedade sonora, sendo uma das mais pesadas do disco. "Remember the Fallen" é tocada até os dias de hoje, segue mais "calma" e não perde a qualidade do trabalho. "Magic Dragon", minha predileta, tema sobre guerra e o título vem do avião usado no Vietnã. Pancadaria e um nível de voz absoluto de Tom. "Exbition Bout" é impecável, firme e também com uma letra peculiar de teor forte. "Augesbombt" obteve uma versão em alemão no single, a faixa remete claramente ao estilo Motörhead, ótima trilha. "Baptism of Fire" chega finalizando com mesmo teor do álbum, na versão CD existe uma faixa a mais, no entanto, o disco mesmo sem ela é perfeito.

Na turnê houve problemas com Sepultura e momentos curiosos, como quando Tom foi esquecido em um bar de estrada, andando quilômetros até sentirem sua falta.

Do mais, a banda merece respeito pelo seu som e pela sua desenvoltura, em um disco clássico e fulminante!


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Made In Japan (1972)

    06/10/2020

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Animals (1977)

    14/08/2019

  • Image

    ResenhaPink Floyd - Meddle (1971)

    01/09/2020

  • Image

    ResenhaMotorhead - On Parole (1979)

    04/12/2019

  • Image

    ResenhaRobert Plant - Pictures At Eleven (1982)

    14/12/2019

  • Image

    ResenhaDire Straits - Brothers In Arms (1985)

    21/01/2021

  • Image

    ResenhaDeep Purple - Purpendicular (1996)

    04/02/2021

  • Image

    ResenhaSlayer - South Of Heaven (1988)

    01/10/2018

  • Image

    ArtigoMulheres na música

    08/03/2021

  • Image

    ResenhaBruce Dickinson - Tyranny Of Souls (2005)

    09/12/2020

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Agent Orange

Álbum disponível na discografia de: Sodom

Ano: 1989

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,83 - 6 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Agent Orange



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.