Resenha

Escort

Álbum de Escort

2011

CD/LP

Por: Roberto Rillo Bíscaro

Colaborador Especialista

20/04/2020



Uma alegria para fãs de dance music dos 70's

Dan Balis e Eugene Cho se conheceram numa universidade e desde o início do milênio lançavam singles no mercado underground de house, ou seja, começo de carreira/parceria bastante comum no mundo da dance music. Incomum foi reunirem um coletivo de mais de quinze pessoas para tocar ao vivo, como na época áurea das discotecas, na segunda metade dos 70’s. Numa época, quando qualquer som pode ser baixado da internet, o Escort cuidadosamente recria cada virada, cada barulhinho, cada sequência, cada maneirismo da era Studio 54, templo disco nova-iorquino, não por acaso, cidade onde o grupo está sediado. O Escort pode ser retrô, mas faz parte de uma cena eletrônica/dançável que deu ao mundo muito do que de mais moderno existe em beats & bites.

Já com sólida reputação de ser mortífera ao vivo, a banda estreou em LP com o autoproduzido, autolançado e homônimo álbum de 2011. Onze faixas muito funkeadas, mas, que provavelmente soarão longas demais aos não iniciados, pelas repetições, como na final Karawane, fatal com suas referências a Soul Makossa, mas meio cansativa se você não estiver dançando.

Chameleon, Chameleon tem teclado da época em que Afrika Bambaataa imperava influenciado por Tour de France, do Kraftwerk; Starlight tem teclado superelectrofunk, daqueles que Jocelyn Brown usaria no início dos 80’s; All Through the Night tem aquela guitarrinha apimentada que o INXS popularizaria nalgum de seus sucessos. Escort funciona assim: é o tipo de música consumida por público muito específico nos fins dos 70’s/começo dos 80’s e depois popularizada/diluída por grandes astros mainstream antenados no underground, tipo Madonna. Até a escolha das drogas é vintage: cocaína era a droga da moda na “década do eu”, então o que dizer de Cocaine Blues com sua vibe Andrea True Connection e os versos “cocaine running around my brain”. Perfeito para saudosistas de Odissey e similares.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Roberto Rillo Bíscaro

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 11/09/2017

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaQuel Che Disse Il Tuono - Il Velo Dei Riflessi (2020)

    03/06/2020

  • Image

    ResenhaLori Williams - Out of the Box (2018)

    03/05/2020

  • Image

    ResenhaNiia - I (2017)

    11/12/2020

  • Image

    ResenhaOrbital - Monsters Exist (2018)

    08/09/2020

  • Image

    ResenhaOnce Upon a Time in New York: the Birth of Hip Hop, Disco and Punk

    04/07/2021

  • Image

    ResenhaRock Brasília: Era de Ouro

    18/07/2021

  • Image

    ResenhaBody Of Light - Time To Kill (2019)

    07/08/2020

  • Image

    ResenhaDolly Parton, Linda Ronstadt & Emmylou Harris - The Complete Trio Collection (2016)

    07/10/2020

  • Image

    ResenhaVictoria Monét - Jaguar (2020)

    10/09/2020

  • Image

    ResenhaA Troça Harmônica - A Troça Harmônica (2015)

    01/02/2021

Visitar a página completa de Roberto Rillo Bíscaro



Sobre o álbum

Escort

Álbum disponível na discografia de: Escort

Ano: 2011

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Escort



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.