Resenha

Slip Of The Tongue

Álbum de Whitesnake

1989

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

16/04/2020



O ciclo fechado

Temos aqui o disco que traz o ciclo fechado de uma época em que o Whitesnake ainda era favorito. O que ocorreu é que, em seu oitavo disco, a banda mudou sua direção nas estruturas musicais. Ao invés de trazerem o lado clássico do trabalho "1987", aceleraram para um Hard mais afoito e dotado de técnica absoluta. 

O ponto positivo dessa fase foi o naipe de músicos: Steve Vai, Adrian Vanderberg, Rudy Sarzo, Tomy Aldridge e o próprio Coverdale, que estava ainda em uma fase boa para cantar. 

O álbum infelizmente não vendeu, não agradou a crítica e os fãs. A banda já havia perdido o pessoal da era Bluesy e, com "Slip of the Tongue", acabou por enterrar de vez alguma chance de remoção com essa parcela de fãs. 

A banda traz um som bem composto, riffs e melodias e bateria são perfeitas. Aliás, chegamos ao que David queria: uma banda dotada de músicos excepcionais e que fossem tão bons que tocariam qualquer coisa. 

Entre produção de Keith Olsen e o casting musical perfeito, o grupo destila seu som de forma ambiciosa e já na abertura a coisa pega, num vocal bem Robert Plant e batidas Hard. E assim o disco segue com a mesma intensa pegada; bumbos duplos e melodia exemplar. 

Três singles, em torno de quatro vídeos para MTV e quase 50 minutos de baladas, Hard e Glam e seus afins. E também uma regravação para "Fool for your Loving", que agradou em partes, pois modificaram seu balanço e estrutura em demasia. 

A importante ressaltar que Adrian gravou em algumas partes apenas. Foi creditado, mas por problemas de ordem física, acabou deixando algum trabalho de fora e voltou na tour. 

"Judgement Day" é ótima, carregada em nível estrutural e de uma aura bem peculiar. Outra em questão que faz jus ao disco seria a canção "Now You"re Gone". A banda carrega nesse disco uma versão modernizada de si mesma, muito acima da média, mas enfim, não era o grupo dos anos passados e fechava um ciclo aqui. Um outro ponto seria a arte de capa, que traz algo na linha do antecessor e, a partir daqui, todos os discos teriam a mesma temática, apenas mudando as cores. 

Gosto do disco em partes, com algumas ressalvas. Acredito que ao vivo seria bem mais interessante do que no estúdio. Aliás, o DVD da tour saiu alguns anos atrás e comprova isso.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaMegadeth - Killing Is My Business... And Business Is Good! (1985)

    03/01/2021

  • Image

    ArtigoJudas Priest: 5 Grandes Álbuns

    30/04/2021

  • Image

    ResenhaSepultura - Roots (1996)

    22/09/2018

  • Image

    ResenhaThe Rolling Stones - Dirty Work (1986)

    31/10/2018

  • Image

    ResenhaFaith No More - The Real Thing (1989)

    02/02/2020

  • Image

    ResenhaBillie Holiday - Billie Holiday (1954)

    31/01/2021

  • Image

    ArtigoLars Ulrich, que houve com ele?

    13/03/2021

  • Image

    ResenhaDepeche Mode - Some Great Reward (1984)

    01/06/2020

  • Image

    ResenhaBon Jovi - Have A Nice Day (2005)

    12/10/2020

  • Image

    ResenhaAlice Cooper - Billion Dollar Babies (1973)

    19/10/2020

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Slip Of The Tongue

Álbum disponível na discografia de: Whitesnake

Ano: 1989

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 10 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Slip Of The Tongue



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.