Resenha

Spirits Having Flown

Álbum de Bee Gees

1979

CD/LP

Por: Marcel Dio

Colaborador Sênior

15/04/2020



A obra definitiva e mágica das vozes mais belas da música

Aproveitando ainda o sucesso dos embalos de sábado a noite, o Bee Gees foi para o estúdio completar o décimo quinto álbum de estúdio, seu melhor trabalho na minha opinião.
Seguindo o ciclo da disco music em uma forma mais madura, com arranjos sofisticados entre o que fizeram no passado e o boom do momento. Conclui-se que não era tão dançante e forçado a ser, e por isso fugiu da caricatura de se espremer algo até ver onde saia caldo, eles não precisavam disso. Era o auge do trio, que a essa altura tinha adquirido até um boing para cruzar o mundo.

As letras escolhem as paixões como tema, não que fuja do passado e conceito deles, mas tem um pouco de exagero na dose. Porem, a quem não entende a língua inglesa, pode ser amplamente abraçada a qualquer assunto, isso, se a mente peregrinar junto com a onda sonora, pois não são adocicadas ou melhor, melosas como uma coletânea romântica da antena 1.
O bom exemplo está na faixa título, que sem a compreensão da língua, norteou-me a outro lado. Como ouvia a canção desde os dez anos, cresci com o pensamento de que desenrolaria-se em outro tema, talvez algo relacionado ao espiritual, menos sobre romantismo. Minha lógica errônea se deu pelos acordes, percussão e os moldes em que a mesma foi construída, mas ao ouvir a tradução, o corpo se recolheu a mais uma canção de amor. Confesso que foi brochante nesse caso. E mesmo com "divergência" entre letra e instrumental em meus devaneios, não deixa de ser a melhor canção que o trio compôs; quem ouve sem ter o sentimento abalado, por certo já está morto e não sabe.
A tensão gerada pelos graves de sintetizador operando junto ao refrão, são de arrepiar.
O trabalho vocal é divino, o melhor que ouvi na vida. Acredito que nenhum trio conseguiu atingir esse nível de perfeição. Eles sobem nesse pódio e pegam a medalha de ouro com sobras.

Tragedy soa forte, com melodias exploradas de forma singular, só não consegue combater a força dos rapazes, cujo a voz é um jato supersônico a cruzar o céu. Se quer entender o poder de um refrão, comece com Tragedy.

"Too Much Heaven" é uma boa balada, um pouco cansativa a quem já ouviu centenas de vezes nas rádios.
Na realidade todas a trilhas são paralelas em potencial, não somente a serem hits, e sim em qualidade acima do normal. Sendo assim a preferencia pode recair no suingue, sobre a disco music em comunhão com o funk, caso das ótimas "Search, Find", "Living Together" e "I'm Satisfied".

Ainda temos três baladas afora a citada "Too Much Heaven", essas, não tão manjadas. Dentre as quais "Stop" é a melhor pedida, com fraseados delicados de rhythm and blues e boas colocações de saxofone.

Seria um pecado esquecer "Love You Inside Out", um show dos teclados e guitarras, ao ponto de saciar a vontade dos órfãos dos embalos de sábado a noite.

Infelizmente perdemos Maurice e Robin Gibb, talentos que não serão alcançados nem em um universo paralelo, coisas da vida.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Marcel Dio

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/03/2018

"Sou um amante da música, seja em qualquer estilo, rock, blues, jazz ou pop."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaWishbone Ash - Coat Of Arms (2020)

    17/03/2020

  • Image

    ArtigoO Terreno Assombrado

    30/07/2021

  • Image

    ResenhaRaul Seixas - Metrô Linha 743 (1984)

    01/12/2018

  • Image

    ResenhaBlack Sabbath - Live Evil (1982)

    13/11/2019

  • Image

    ResenhaYes - Magnification (2001)

    30/09/2018

  • Image

    ResenhaRunning Wild - Blood On Blood (2021)

    04/11/2021

  • Image

    ResenhaA Sabedoria Dos Beatles Nos Negócios

    29/09/2020

  • Image

    ResenhaGueto - Estação Primeira (1987)

    12/05/2020

  • Image

    ResenhaPrefab Sprout - Steve McQueen (1985)

    30/08/2019

  • Image

    ResenhaCamel - Mirage (1974)

    06/01/2019

Visitar a página completa de Marcel Dio



Sobre o álbum

Spirits Having Flown

Álbum disponível na discografia de: Bee Gees

Ano: 1979

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Spirits Having Flown



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.