Resenha

Eye in Hell

Álbum de Vulcano

2020

CD/LP

Por: Diógenes Ferreira

Colaborador

08/04/2020



Erupção Vulcânica

Os pioneiros do metal extremo nacional estão de volta e com um álbum que vai se tornar marcante na discografia da banda, com certeza! Colocar ‘Eye in Hell’ e apertar o play traz uma sensação boa em vários aspectos. Primeiro por se tratar de uma banda veterana cuja a história se confunde com os primórdios do metal nacional, em que o cenário sofria com a precariedade de equipamentos e produções, músicos ainda em estágio de aperfeiçoamento técnico e com as coisas sendo feitas na raça. Segundo por ser uma banda que ainda marcha no mesmo caminho de suas raízes, mantendo-se fiel a sua proposta e terceiro porque a essa altura, com toda sua longevidade de carreira, talvez o Vulcano tenha gravado seu melhor disco. Claro, só o tempo irá confirmar essa terceira observação, mas quando se coloca o álbum pra rolar, encontramos uma honestidade tão grande com uma essência intacta que faz o ouvinte analisar... isso aqui é raiz! Podendo hoje usufruir de uma melhor produção incomparável aos primórdios da banda, porém, sem modificar a maneira de tocar, de fazer seu som fluir de forma simples e espontânea, obtendo mais ou menos o mesmo resultado do álbum mais recente do Possessed (Revelations of Oblivion) de 2019, conseguindo soar tão saudosamente natural, verdadeiro, com a mesma gana como se o tempo não tivesse passado e registrando para a nova geração como o jeito antigo de se fazer metal ainda pode ser totalmente eficiente e impactante.

No disco, temos músicas como “Bride of Satan” (primeiro single/video) “Cursed Babylon” (que riff maldito!), “Evil Empire” (diabolicamente poderosa), “Struggling Besides Satan” (extremamente intensa), “Sinister Road” (riffs cortantes), “Devil’s Bloody Banquet” (a la Destruction), “Mysteris of The Black Book” (Slayer puro!) e a faixa-título “Eye in Hell” (numa linha quase Morbid Angel) como destaques desse álbum rasante de Thrash/Death/Black que faz você imediatamente lembrar do próprio Possessed já citado e seu clássico Seven Churches, Slayer com seu sanguinário Reign in Blood, Dark Angel no Darkness Descends, Sepultura e seu Morbid Visions, Destruction na época do Sentence of Death, Morbid Angel com Altars of Madness... ou seja, álbuns em que a mensagem é simples e direta, sem meio termo e com uma crueza rasteira que transformou muitos desses em clássicos absolutos e influentes no cenário extremo do metal. Por isso, mesmo que a banda igualmente já possua seus cultuados ‘Bloody Vengeance’ (86) e Anthropophagy (87), acredito que ‘Eye in Hell’ passará a ser lembrado também como algo marcante na discografia do Vulcano, sendo capaz de resgatar o ímpeto daqueles tempos com melhores recursos disponíveis hoje, assim como uma experiência e evolução técnica adquirida ao longo dos anos que fazem do álbum até um novo cartão de visitas para a nova geração. 

Atualmente formado por Luiz Carlos Louzada (vocals), Zhema Rodero (guitars), Gerson Fajardo (guitars), Carlos Diaz (bass) e Bruno (drums), o Vulcano com todo o seu pioneirismo pode estar pronto para dar um novo passo em sua carreira. Tendo a Hellion Records como seu selo aqui no Brasil e a Mighty Music para atingir a Europa, fato esse que já vem sendo construído aos poucos nos últimos lançamentos da banda, que tem gerado algumas turnês na Europa e América do Sul, o Vulcano traz consigo a mesma garra de suas raízes em Santos, do início dos anos 80 para adentrar os novos tempos em chamas, queimando tudo ao seu redor.   



Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Diógenes Ferreira

Nível: Colaborador

Membro desde: 22/01/2019

"Maranhense apaixonado por música em todas as vertentes do rock e que tenta colaborar com um cenário mais digno, próspero e auto-sustentável. Editou o Hellish Zine no final dos anos 90/início de 2000, em seguida escreveu por um período para o site Whiplash. Hoje colabora no 80 Minutos."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaCry of Love - Brother (1993)

    29/01/2019

  • Image

    ArtigoTOP 10 (2020)

    20/12/2020

  • Image

    ResenhaAdellaide - New Horizons (2019)

    01/12/2019

  • Image

    ResenhaTrigger - Trigger (2017)

    12/04/2019

  • Image

    ResenhaExumer - Hostile Defiance (2019)

    24/04/2019

  • Image

    ResenhaHarem Scarem - Change The World (2020)

    17/03/2020

  • Image

    ResenhaVader - Solitude In Madness (2020)

    06/05/2020

  • Image

    ResenhaQueensryche - The Verdict (2019)

    01/03/2019

  • Image

    ResenhaFreedom Call - M.E.T.A.L. (2019)

    15/12/2019

  • Image

    ResenhaOverkill - The Wings Of War (2019)

    26/02/2019

Visitar a página completa de Diógenes Ferreira



Sobre o álbum

Eye in Hell

Álbum disponível na discografia de: Vulcano

Ano: 2020

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Eye in Hell



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.