Resenha

Flash

Álbum de Jeff Beck

1985

CD/LP

Por: Marcel Dio

Colaborador Sênior

06/04/2020



Dividindo opiniões com um trabalho direcionado ao pop

Sabemos que Jeff Beck é um dos guitarristas mais flexíveis da música, que sua obra por si só é uma caixa de surpresa, mas, em Flash o risco é dobrado. 
O disco sobre forma alguma é ruim, somente com outra proposta, seguindo a tendência da época sob a faceta pop concentrada na MTV.
O próprio guitarrista não engoliu a nova tendencia. E a mudança teve a mão do produtor Nile Rodgers (Chic), um cara genial na área pop / disco,  que não tem muito a ver com o som de Jeff Beck. Em várias entrevistas ele deixa claro que mudaria os planos caso pudesse voltar o tempo.
Essa transmutação não atacou somente a psique de Beck, e sim de uma leva de grupos e artistas "antigos", obrigando-os a curvar-se a ditadura fria e objetiva dos anos 80. O visual da capa com o protagonista usando um casaco new wave combinado com a calça, entrega o som apresentado.
Se procura por algo fora do eixo na discografia de Jeff Beck, chegou ao lugar certo, se achegue ...

De cara percebemos algo diferente em Ambitious : os vocais. Jeff privou-se deles na maior parte da carreira, virou um herói solitário nessa jornada, um monstro do som instrumental, só que para o bem ou mal, Flash mudou renovou o conceito.
Ambitous tem levadas de technopop, traduzindo se numa faixa linear em que a guitarra tenta dialogar com os vocais. Por trás de tudo, temos o sintetizador mantendo um ritmo constante com as mesmíssimas notas. 

Gets Us All In The End reconhece o som pasteurizado do AOR, o protagonismo fica com o vocal forte de Jimmy Hall, numa sequencia marcada e bem feita com traços de Starship ou Survivor. Quem é doente pelo fusion beckiano, pode abandonar o barco por aqui e voltar a terra firme.

Vencedora do Grammy 86 na categoria instrumental, Escape é uma dose de adrenalina do começo ao fim. A guitarra reina em uma base programada, reina em notas simples que poderiam servir como tema de filme, assim como fez o dono das teclas e autor da mesma, o antigo amigo conhecido por Jan Hammer, vide Miami Vice Theme.

No meio da confusão, eis que surge um blues de categoria ímpar. Uma das definitivas dos anos 80, a manjada People Get Ready, cover de Curtis Mayfield & The Impressions, que alcançou o quinto lugar no Mainstream Rock da Billboard. Contando com um velho conhecido, o tal Rod Stewart. Bem escolhido, porque o caboclo de voz rouca deu uma aula de cantoria.
Jeff deve ter pensado: "preciso chamar esse cara para tentar salvar metade da colheita",  se realmente pensou, acertou na mosca.

Amo os vocais de Stop, Look, Listen, mas compreendo a ojeriza que deve ter causado, pois trata-se de pura "estética" eletrônica. Ok, pelo menos Jeff redime-se com solos cortantes, o que não acontece com repetitivas e medianas Get Workin' e Ecstasy, para essas não há salvação.

Night After Night fica como um dos destaques, pois novamente os  refrães atraem como um imã e salvam o que poderia ser queimação de filme. A simplicidade permeia Night After Night em 90%, a exceção de um solo mandado por Beck, cortando as bases sintéticas como uma foice; constatando que existia um pouco de humanidade em Flash, não somente batidas programadas sobre vozes.

E por fim a mão da guitarra volta a trabalhar em You Know, We  Know, boa canção instrumental ajudada pelos teclados de Tony Hymas. Uma volta tímida aos bons tempos de There and Beck.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Marcel Dio

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/03/2018

"Sou um amante da música, seja em qualquer estilo, rock, blues, jazz ou pop."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaHeaven And Hell - The Devil You Know (2009)

    17/11/2019

  • Image

    ResenhaVan Halen - OU812 (1988)

    05/07/2020

  • Image

    ResenhaMessiah - Rotten Perish (1992)

    13/08/2019

  • Image

    ResenhaDire Straits - Brothers In Arms (1985)

    06/07/2018

  • Image

    ResenhaKiss - Music from "The Elder" (1981)

    24/02/2019

  • Image

    ResenhaCirith Ungol - Forever Black (2020)

    10/01/2022

  • Image

    ResenhaIan Gillan Band - Clear Air Turbulence (1977)

    11/06/2018

  • Image

    ResenhaSaxon - Innocence Is No Excuse (1985)

    04/10/2019

  • Image

    ResenhaGato de Louça - Olho de Gato (2012)

    12/08/2021

  • Image

    ArtigoRanking - Discografia do Deep Purple

    16/11/2020

Visitar a página completa de Marcel Dio



Sobre o álbum

Flash

Álbum disponível na discografia de: Jeff Beck

Ano: 1985

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 2,75 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de Flash



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.