Resenha

Meddle

Álbum de Pink Floyd

1971

CD/LP

Por: Marcel Dio

Colaborador Sênior

23/01/2020



Uma grande porcaria...

Meddle foi concebido dois anos antes da explosão do Pink Floyd pelo mundo. Dizer que é um disco de transição pode ser um ato falho, já que a diferença entre Dark Side of the Moon é abissal, ainda com a sequencia natural de Obscured By Clouds nesse meio, encerrando uma etapa para o grupo, que após, mergulharia de fato e direito no rock progressivo.
"One Of These Days" apontava para o futuro, indo direto para a sonoridade explorada em Animals de 1977, embora as guitarras de Gilmour ainda mantivessem o experimentalismo e a acidez psicodelica. O inconfundível baixo carregado em delay é sua marca registrada.

Romântica e triste "A Pillow Of Winds" é o oposto da vulcânica One These Days, dando lugar a calmaria e o som estonteantemente lindo das guitarras laps steel.

"Fearless" copia a melancolia anterior. Sua estrutura singela não deixa de ser encantadora, com destaque para a voz de Gilmour e adição inicial de um coro de torcida de futebol, assim ela prossegue sem mais invenções.

"San Tropez" tem um ritmo atraente, combinando jazz, blues, rock, e mais alguns adereços indecifráveis. É sofisticada demais para sua época. Sobre uma base simples de bateria batendo seca sobre a caixa, os instrumentos vão se modulando em mini solos de piano e guitarras, numa atmosfera totalmente diferente de qualquer coisa que o Pink Floyd tenha criado.

Seamus é uma curta canção de blues country no molde de JJ Cale. A letra simplória fala sobre um velho cão de caça, letra um pouco sem nexo, diga-se de passagem. E assim para quem possui o bolachão, o lado A é fechado.
Interessante que o disco é dividido em duas partes completamente distintas. A primeira, similar ao apresentado no sucessor Obscured by Clouds e a segunda com a viajante "Echoes", pegando a parte inteira do lado B.

Em longos 23 minutos o Pink Floyd deixa claro porque é uma das bandas mais aclamadas no meio musical. "Echoes" é uma das canções definitivas do grupo, com texturas sonoras que remetem a uma viagem sem volta, mas, longe de soar malabarismo e exagero visto em pencas de grupos progressistas.
A base de baixo e bateria seguem na maior parte do tempo fazendo o arroz com feijão, dando o assoalho para que a guitarra e o teclado se virem. Com isso Echoes vai crescendo de degrau e degrau até a espantosa parte de efeitos "sonoplastas" ou barulhos assustadores de ventos do meio para o final. Passados dois minutos do clima assombroso, Gilmour raspa acordes enquanto Richard Wright cria belos e simples temas no órgão, entregando ao ouvinte uma experiencia única !. O galope da guitarra aumenta e assim os vocais entram finalizando a obra prima.
Recomendo a audição do show Remember That Night, a melhor apresentação que vi com Echoes, e me arrepio até hoje no seu ápice, onde feixes de lasers verdes são espalhados sobre todo o palco deixando no centro a figura messiânica de Gilmour. Tivesse três desejos a serem concedidos, pediria que o tempo voltasse para assistir esse show com a participação dos lendários David Crosby, Graham Nash e David Bowie. Deixarei o link abaixo.

Ainda que o Pink Floyd não seja minha banda favorita, admito que são um fenômeno que jamais serão igualados.
A respeito do título da resenha, foi sim uma "Grande Porcaria" chegar em casa com um lote de discos doados e perceber que a capa de Meddle tinha em seu interior um disco do Rick Astley.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Marcel Dio

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/03/2018

"Sou um amante da música, seja em qualquer estilo, rock, blues, jazz ou pop."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaYes - Close To The Edge (1972)

    14/03/2018

  • Image

    ResenhaBee Gees - Spirits Having Flown (1979)

    15/04/2020

  • Image

    ResenhaCamel - Moonmadness (1976)

    16/03/2020

  • Image

    ResenhaStanley Clarke - School Days (1976)

    11/08/2021

  • Image

    ResenhaKiss - Creatures Of The Night (1982)

    19/04/2018

  • Image

    ArtigoBandas obscuras que merecem sua atenção

    19/08/2019

  • Image

    ResenhaIan Gillan - Naked Thunder (1990)

    18/10/2020

  • Image

    ArtigoIntroduções e solos marcantes de teclado

    09/07/2020

  • Image

    ResenhaBabe Ruth - First Base (1972)

    20/09/2018

  • Image

    ResenhaFrank Marino - What's Next (1980)

    29/10/2020

Visitar a página completa de Marcel Dio



Sobre o álbum

Meddle

Álbum disponível na discografia de: Pink Floyd

Ano: 1971

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,53 - 19 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Meddle:

  • 15
    out, 2020

    Experimentações mais arbitrárias do que planejadas

    User Photo José Esteves
  • 01
    set, 2020

    Formatando a essência

    User Photo Fábio Arthur
  • 22
    fev, 2018

    O precedente de uma popularidade dilatada da banda na cultura mainstream

    User Photo Tiago Meneses

Visitar a página completa de Meddle



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.