Resenha

On The Threshold Of A Dream

Álbum de The Moody Blues

1969

CD/LP

Por: André Luiz Paiz

Webmaster

26/11/2019



É hora de mergulhar em seus sonhos

Com "In Search of the Lost Chord" tendo estabelecido o som dos Moody Blues após o enorme sucesso de "Days Of Future Passed", a banda acabou por desenvolver um leque enorme de possibilidades, muito além do pop e rock da época. E foi assim que a banda caminhava para o final dos anos sessenta, chegando à lua.

Embora as canções tenham temas líricos similares, este não é um álbum conceitual. Na verdade, é um disco que lhe permite sonhar e interpretar a mensagem como ela lhe servir. Os elementos místicos, clássicos e orquestrais estão novamente presentes, com a sustentação da raiz de melodias do rock. "On the Threshold of a Dream" é um belo trabalho que, se não me cativa tanto quanto os dois antecessores, conforta os ouvidos e permite admirar o talento dos músicos aqui presentes.

Com um tracklist bem híbrido em criações autorais, o esforço coletivo se sobressai. Após a abertura com um poema e alguns elementos eletrônicos estranhos, "Lovely to See You" chega como um belo rock acústico, outra faceta da qual banda dificilmente erra. "Dear Diary" traz um clima fantástico, meio jazzy com algo psicodélico. A flauta caiu perfeitamente aqui e virou uma bela mistura. "Send Me No Wine" traz uma pegada country rock bem gostosa e "To Share Our Love" é um rock mais direto e acessível, dando espaço para as guitarras. E a primeira metade é encerrada pela cativante "So Deep Within You", que nos remete ao maravilhoso "Days Of Future Passed". O trabalho vocal desses caras é realmente magnífico.
Ainda influenciada pelo seu grande clássico, "Never Comes the Day" abre a segunda metade com uma balada linda e emocionante. Depois chegamos na doce balada acústica "Lazy Day", com um quê de "Michelle", dos Beatles. E ainda mantendo a suavidade, "Are You Sitting Comfortably?" segue pelo mesmo caminho em outro acerto. Por fim, o disco é finalizado com uma peça que traz "The Dream" em uma vinheta que conta com uma narração de abertura para "Have You Heard (Part 1)", "The Voyage" (instrumental orquestrada) e "Have You Heard (Part 2)". Essa trinca deixa bem evidente a influência da banda no som do Pink Floyd.
É necessário destacar também o brilhantismo do produtor Tony Clarke, que conseguiu emplacar seu terceiro trabalho exemplar com o grupo. Muito da proposta sonora dos Moodie Blues vem de Tony, que claramente os conduziu a outro patamar. Um gênio.

Antes de finalizar, vamos relembrar algumas curiosidades:
Esse disco voou abordo da Apollo 15 em direção à lua, ao lado do quinto disco da banda, "To Our Children's Children's Children".
"Have You Heard (Part 2)" é finalizada com um som meio eletrônico que parece nunca terminar. É ficou assim no vinil, acabando apenas ao chegar no centro do disco. Em CD, fizeram um fade out.
Foi o primeiro disco da banda a chegar à primeira posição no Reino Unido.

"On The Threshold Of A Dream" é belo, tanto de maneira comercial quanto artística. Sua veia suavemente progressiva destaca-se também por mesmo assim ser acessível, além de segurar muito bem a posição até que o King Crimson aterrissasse para cravar o estilo em definitivo. Apesar do rock estar com menos evidência aqui, principalmente na segunda metade, é impossível desconsiderar a qualidade desse trabalho e do Moody Blues como banda. Confira sem preconceitos e certamente curtirá.

Banda:
Justin Hayward – vocals, guitars, cello, Mellotron (7)[6]
John Lodge – vocals, bass guitar, cello, double bass
Ray Thomas – vocals, harmonica, flute, tambourine, oboe, piccolo, EMS VCS 3
Graeme Edge – drums, percussion, vocals, EMS VCS 3
Mike Pinder – vocals, Mellotron, Hammond organ, piano, cello


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre André Luiz Paiz

Nível: Webmaster

Membro desde: 20/03/2017

"Sou um profissional de Tecnologia da Informação apaixonado por música. Criei o site do 80 Minutos para que as pessoas possam compartilhar suas opiniões sobre os seus álbuns favoritos e propagá-las Brasil afora"

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaSammy Hagar And The Waboritas - Red Voodoo (1999)

    07/08/2017

  • Image

    ResenhaPain Of Salvation - In The Passing Light Of Day (2017)

    19/01/2018

  • Image

    ResenhaLucas Ray Exp - Sphinx (2018)

    28/11/2018

  • Image

    DivulgaçãoCorte Aberto Estreia com seu EP Sobre Feridas e Curas 2020

    06/05/2020

  • Image

    ResenhaToto - Hydra (1979)

    25/08/2018

  • Image

    EntrevistaJosh Radnor

    26/10/2020

  • Image

    ResenhaDr. Sin - Back Home Again (2019)

    09/12/2019

  • Image

    ResenhaThe Who - The Who Sell Out (1967)

    14/01/2020

  • Image

    ResenhaKiss - Destroyer (1976)

    03/04/2018

  • Image

    ResenhaMichael Romeo - War of the Worlds, Part 2 (2022)

    06/06/2022

Visitar a página completa de André Luiz Paiz



Sobre o álbum

On The Threshold Of A Dream

Álbum disponível na discografia de: The Moody Blues

Ano: 1969

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 3,5 - 4 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre On The Threshold Of A Dream:

  • 25
    jan, 2021

    Se o sonho é continuar na mesmice em plena revolução...

    User Photo José Esteves

Visitar a página completa de On The Threshold Of A Dream



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.