Resenha

The Madcap Laughs

Álbum de Syd Barrett

1970

CD/LP

Por: Tiago Meneses

Colaborador Especialista

13/11/2019



Um retrato doloroso de alguém enlouquecendo

The Madcap Laughs foi o primeiro disco solo de Syd Barrett e o que considero o melhor entre os dois registros do “Louco Diamente”. Antes de prosseguir, devo admitir que me sinto um pouco incomodado com esses lançamentos Barrett, pois eles me passam a triste impressão de que Syd estava sendo explorado, afinal, mesmo existindo boas ideias em suas músicas, os produtores gostavam de enfatizar mais a sua loucura do que suas capacidades como compositor, nunca fazendo esforço algum para ajuda-lo com suas performance. Digo e repito, não chego a ser um entusiasta em Syd Barrett como muitos que tratam como uma espécie de divindade, mas certamente ele poderia ser muito mais do que foi em seus dois discos. A produção aqui além de Gilmour contou também com Waters e mais três produtores. 

“Terrapin” é a faixa que abre os trabalhos do disco. É aquele tipo de faixa que faz você parar de ouvir o disco aqui mesmo ou desperta sua curiosidade pelo que está por vir. Possui uma aura meio charmosa e relaxante. As letras são uma psicodelia amorosa e relatos de uma relação homem e mulher. “No Good Trying" possui uma excelente vibração psicodélica com um apoio da Soft Machine fazendo um trabalho de guitarra maravilhoso ao fundo. 

“Love You” já começa mostrando o poder de composição que Barrett pode ter. Uma música pop com um piano bizarro e teclados frenéticos ao fundo. Isso junto de letras engraçadas de amor e uma melodia animada a torna uma faixa excelente. 

“No Man's Land” é uma faixa de atmosfera bastante assustadora com ataques de guitarra distorcida e letras sombrias de Barrett. Novamente a Soft Machine faz um trabalho perfeito de apoio ao “Louco Diamante”. No final da faixa Syd tagarela a deixando simplesmente assustadora. 

“Dark Globe” traz apenas Syd Barret junto ao seu violão. A primeira parte é engraçada, mas no meio a diversão acaba e entra uma segunda parte em que Syd grita cansadamente a pergunta, “você não sentirá minha falta?”, parece que ele está implorando para não esquecê-lo quando ele se for. Mas se for pra onde? Isso ninguém nunca vai saber. 

“Here I Go” é uma música muito boa, diria até que uma pequena obra-prima do britpop. Possui uma melodia cativante, uma letra depreciativa, mas esperançosa. Única coisa que lamento é que termina justamente quando o solo começa. 

“Octopus” coloca Syd em um estado bem maluco, gritando letras loucas apoiadas por uma melodia psicopop (inventei a palavra agora, mas acho que dá pra entender um pouco o que eu quis dizer), exagerada que pode grudar na cabeça por dias. 

“Golden Hair” provavelmente seja o momento mais vanguardista do álbum. O apoio musical é quase inexistente, apenas alguns efeitos e pratos e Syd lendo o poema de James Joyce em tons místicos. “Long Gone” é uma faixa que apresenta um violão deprimente e um órgão bastante assustador que se constrói até Syd gritar o refrão. Acho legal como Barrett consegue construir coisas arrepiantes com tão pouco. 

Ainda que nem tudo no disco nos saltem os olhos, “She Took A Long Cold Look”, é onde eu considero a única falha de fato existente. Barrett e o violão costumam fazer boas músicas, mas aqui não soam legal, algumas pausas sem sentido, enfim, não gosto desta. “Feel” de certa forma também parece passar a impressão de ser meio incompleta, mas mostra coisas boas, com mudanças de acordes bem feitas e letras interessantes e suplicantes. 

"If It's In You" começa de forma bizarra como se Syd não tivesse conseguido cantar da maneira que queria, então a música para pra começar de novo. Mas depois ele consegue tirar as notas altas, mesmo soando meio irritante. Tenho a impressão Syd nem devia se lembrar de ter gravado essa música. “Late Night” é a faixa que encerra o disco. Depois de momentos acústicos, um mais elétrico, uma balada suave com um apoio muito bom de guitarra e letras introvertidas sendo cantadas de uma maneira muito particular e tocante. 

Syd está longe de ser o maior guitarrista do mundo, mas ninguém tocou como ele, seja na guitarra elétrica ou acústica. Assim como ninguém nunca escreveu ou vai escrever como ele. Em alguns momentos ele consegue fazer com que o ouvinte se preocupe com a descida dela à loucura. The Madcap Laughs é um retrato doloroso de alguém enlouquecendo, que finge que há esperança, mas apenas deseja que nos lembremos dele quando ele se for.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Tiago Meneses

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 28/09/2017

"Sou poeta, contista e apaixonado por música desde os primórdios da minha vida, onde o rock progressivo sempre teve uma cadeira especial."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaThe Flower Kings - Adam & Eve (2004)

    03/04/2020

  • Image

    ResenhaClannad - Dúlamán (1976)

    23/05/2021

  • Image

    ResenhaAnthony Phillips - Field Day (2005)

    16/04/2021

  • Image

    ResenhaOceansize - Effloresce (2003)

    17/06/2020

  • Image

    ResenhaRick Wakeman - 1984 (1981)

    11/01/2021

  • Image

    ResenhaThe Flower Kings - The Sum Of No Evil (2007)

    10/07/2021

  • Image

    ResenhaSteven Wilson - The Raven That Refused to Sing (And Other Stories) (2013)

    24/03/2020

  • Image

    ResenhaMagma - 1001° Centigrades (1971)

    09/08/2018

  • Image

    ResenhaGenesis - Selling England by the Pound (1973)

    28/09/2017

  • Image

    ResenhaEvership - The Uncrowned King - Act 1 (2021)

    19/09/2021

Visitar a página completa de Tiago Meneses



Sobre o álbum

The Madcap Laughs

Álbum disponível na discografia de: Syd Barrett

Ano: 1970

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 2 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de The Madcap Laughs



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.