Resenha

Sabotage

Álbum de Black Sabbath

1975

CD/LP

Por: Fábio Arthur

Colaborador Especialista

15/06/2019



Raivoso e pesado

"Sabotage" começou a ser gravado no mês de fevereiro de 1975. Nesse período, a banda estava passando por problemas judiciais, pois descobriram que haviam sido roubados em demasia, o que até aquele momento não tinham ciência. Dessa forma, tudo veio à tona: a confusão entre os problemas vigentes e a gravação do sexto disco, denominado posteriormente de "Sabotage". Então, o Black Sabbath deu uma trégua em tudo relacionado à sua música e focou em cancelar contratos, isso mediante em advogados consultados para apoiar o grupo.

O nome do álbum reflete mágoa e uma má expectativa em relação às coisas ao redor dos músicos. "Sabotage" nasceu de uma fonte de desejos, desajustes e de um sufocamento em que a banda após um período difícil havia chegado até "Sabbath Bloody Sabbath", que seria um alívio musical, agregado ao retorno do sucesso. Mas, com o problema de empresários e volta aos advogados, a banda começou a ter a sede de compor e ao mesmo tempo a repulsa em relação à tudo em sua volta. 

Tony Iommi, mesmo assim, mantinha a fidelidade de ficar no estúdio até o meio da madrugada, compondo e revendo os arranjos e seus afins. Ele fazia isso com a parceria de Mike Butcher, que co-produziu o disco. Por outro lado, Ozzy era um frustrado, não aturava gravar em demasia e nem mesmo com as demoras, inclusive de Bill e suas mudanças percussivas e inventivas. 

Quando em julho de 75, ao lançamento do disco pela gravadora Vertigo, o que se ouviu foi um misto musical, totalmente embalado em mudanças rítmicas e inserções ao som original da banda. Uma prova concreta disso é a faixa de Rock Progressivo "Megalomania", a Pop Rock "I´m Going Insane (Radio)", e até mesmo no instrumental os cantos em estilo gregorianos na canção - belíssima - "Supertzar". Temos no álbum o lado de compositor, por exemplo a faixa "The Writ" é de autoria de Ozzy, uma das poucas da carreira toda do cantor. Outro elemento importante é do lado pesado da coisa, do Heavy  Metal típico do Sabbath às canções "Sympton of the Universe" e Hole in the Sky", trazendo esse lado no álbum. 

Algumas passagens interessantes envolveram "Sabotage" até sua conclusão, fatos hilários e que ao mesmo tempo mostram como os músicos de certa foram eram alienados por vezes e estavam passando um momento de sobrecargas. Em um destes, Bill Ward, queria se valer de usar as calças vermelhas apertadas de sua esposa, que de fato no original, todos deveriam estar de preto para fotografar. Assim, a faceta foi abortada e os músicos saíram daquela forma cada qual com uma vestimenta escolhida, para desespero da produção. Ainda dentro desse parâmetro, a idealização do grupo estar refletido em um espelho acabou ficando fora de ajuste, tanto que o braço de Geezer sai ao contrário do reflexo. A arte acabou sendo mesmo uma própria sabotagem e fora concluída muito rapidamente, o que deixou a desejar ao produto final que conhecemos; hoje a mesma é tida pela crítica como uma arte menor do grupo. Ainda sobre ocorrências e fatos inusitados, Ozzy chegou no estúdio em uma tarde e deu de cara com o coral gravando "Supertzar", - ele Ozzy -, acreditou que estava em um estúdio errado e acabou indo embora atrás do Sabbath em um local totalmente diferente. 

No lançamento do disco, os EUA deram posição de 28 para a banda enquanto no Reino Unido, chegaram a posição de número 7, bem mais aceitável pelo lado europeu, o que também convinha com a realidade, pois "Sabotage" é tido hoje como o último grande disco da Era do vocalista Ozzy Osbourne. 

O disco veio à luz em um momento crítico, mas dificilmente a banda iria produzir realmente algo tão na linha de alta qualidade como nesse disco. O peso realmente merece destaque entre as passagens mais calmas. A voz de Ozzy vem em altos tons, forçando os limites além do normal elaborado em discos anteriores. O Sabbath, deixou claro que nesse ponto ainda eram detentores de um som visceral.


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Fábio Arthur

Nível: Colaborador Especialista

Membro desde: 04/02/2018

"Obtive meu primeiro contato com o Rock, com o grupo KISS no final de 1983, após essa fase, comecei a me interessar por outros grupos, como Iron Maiden, do qual ganhei meu primeiro vinil o "Killers" e enfim, adquiri o gosto por outras bandas, como Pink Floyd, John Coltrane, AC/DC entre outras."

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaQueen - The Works (1984)

    12/05/2021

  • Image

    ResenhaIron Maiden - Iron Maiden (1980)

    19/09/2018

  • Image

    ResenhaHalford - Crucible (2002)

    01/12/2020

  • Image

    ResenhaAC/DC - If You Want Blood You've Got It (1978)

    23/08/2020

  • Image

    ResenhaMadonna - Erotica (1992)

    28/05/2020

  • Image

    ResenhaMichael Jackson - Thriller (1982)

    04/01/2021

  • Image

    ResenhaSarcófago - Rotting (1989)

    12/02/2020

  • Image

    ResenhaIron Maiden - Purgatory (1981)

    22/08/2020

  • Image

    ResenhaIron Maiden - Live After Death (2008)

    19/09/2018

  • Image

    ResenhaWhitesnake - Whitesnake (1987)

    10/01/2019

Visitar a página completa de Fábio Arthur



Sobre o álbum

Sabotage

Álbum disponível na discografia de: Black Sabbath

Ano: 1975

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,09 - 17 votos

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Veja mais opiniões sobre Sabotage:

  • 18
    nov, 2020

    Duas falhas gigantes, mas ainda assim bom resultado final

    User Photo José Esteves
  • 16
    jun, 2020

    Encerrando a fase clássica

    User Photo Marcel Dio

Visitar a página completa de Sabotage



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.