Resenha

A Drop of Light

Álbum de All Traps On Earth

2018

CD/LP

Por: Márcio Chagas

Colaborador Sênior

29/03/2019



Prog Sinfônico marca o projeto dos membros do Anglagard

Quem gosta de rock progressivo e não se limitou apenas aos grupos decanos dos anos 70, com certeza conhece ou já ouviu falar do Anglagard, mítico grupo sueco que trouxe uma grande renovação ao estilo nos anos 90, com sua música complexa, intrincada e ao mesmo tempo complacente. O grupo capitaneado pelo baterista Mattias Olsson lançou dois grandes trabalhos, Hybris em 92 e Epilog em 94, até se debandar.

Um dos grandes responsáveis pela assinatura musical da banda na época era o tecladista Thomas Johnson, com seu senso musical apurado e melódico, se sobressaindo com sua cama de teclados e orgãos. Após um hiato de mais de 15 anos o grupo volta a ativa trazendo em sua nova formação o baixista Johan Brand. Lançam então o belo Viljans öga, e saem em turnê. Parece inconcebível, mas durante as apresentações o líder Olsson deixa a banda sendo substituído por Erik Hammarström, que tem a árdua tarefa de comandar as baquetas do lendário combo.

Após o fim da turnê o baixista Brand resolve idealizar um novo projeto com sua filha Miranda, e para a empreitada chama seus parceiros de banda, o tecladista Johnson e o baterista Erik para completar a formação e assim formar o “All Traps on Earth”. Sendo líder, o baixista acumula funções e instrumentos, tocando teclados, órgão, guitarra e até percussão. Além da vocalista Miranda e do trio de instrumentistas, o grupo chamou vários convidados para deixar o som ainda mais rebuscado, como o guitarrista Phil Mercy, o saxofonista Fredrik Lindbor e o trompetista Karl Olandersso, apenas para citar alguns.

O som do grupo é calcado no rock progressivo sinfônico, obviamente influenciado por Anglagard, com teclados exacerbados servindo de base para os (poucos) vocais operísticos de Miranda. Porém o grupo não se limita a apenas um estilo. Na primeira canção, uma suíte de 18 minutos que leva o nome do grupo, é possível notar ecos, de Cantebury, passagens a lá King Crimson, flautas no melhor estilo Camel e até  uma certa influência de jazz com a entrada de um trompete ou piano.

Percebe-se também uma aura grandiloquente características das trilhas sonoras de Andrew Lloyd Webber e outros grandes maestros. Aqui, passagens intrincadas convivem tranquilamente com momentos etéreos advindo de cama de teclados e solo de sax jazzístico amparando a canção, conforme vislumbramos na segunda faixa denominada “Magmatic Warning”.

Aliás, o álbum possui apenas cinco faixas, sendo que todas com a duração maior do que 12 minutos, com exceção da curta “First Step”, um pequeno preludio para a ultima canção “Bortglömda Gårdar”, que surpreendentemente possui vocais menos operísticos, cantados por Brandt. 

O álbum do grupo é muito bem feito e produzido. Os músicos extremamente experientes souberam dosar suas influências criando uma sonoridade única e clássica que agradará aos fãs de rock progressivo e do Anglagard.

Resta torcer para que o quarteto abandone seu status de projeto e siga lançando mais trabalhos de qualidade como um grupo de verdade. 


Nota: As publicações de textos e vídeos no site do 80 Minutos representam exclusivamente a opinião do respectivo autor



Comentários

Faça login para comentar

IMPORTANTE: Comentários agressivos serão removidos. Comente, opine, concorde e/ou discorde educadamente.

Lembre-se que o site do 80 Minutos é um espaço gratuito, aberto e democrático para que o autor possa dar a sua opinião. E você tem total liberdade para fazer o mesmo, desde que seja de maneira respeitosa.



Sobre Márcio Chagas

Nível: Colaborador Sênior

Membro desde: 14/04/2018

Veja mais algumas de suas publicações:

  • Image

    ResenhaRoy Buchanan - You're Not Alone (1978)

    13/06/2020

  • Image

    ResenhaRush - Moving Pictures (1981)

    07/08/2022

  • Image

    ArtigoDez grandes baixistas subestimados

    05/01/2021

  • Image

    ResenhaSting - The Dream Of The Blue Turtles (1985)

    04/03/2018

  • Image

    ResenhaJean-Luc Ponty - Mystical Adventures (1981)

    08/09/2021

  • Image

    ResenhaOSI - Office Of Strategic Influence (2003)

    24/02/2020

  • Image

    ArtigoMúsicos de apoio: a verdadeira força motriz da música!

    24/11/2018

  • Image

    ResenhaDavid Sanborn - Another Hand (1991)

    18/12/2021

  • Image

    ResenhaKamasi Washington - The Epic (2015)

    25/08/2018

  • Image

    ResenhaCaetano Veloso - Livro (1997)

    22/01/2022

Visitar a página completa de Márcio Chagas



Sobre o álbum

A Drop of Light

Álbum disponível na discografia de: All Traps On Earth

Ano: 2018

Tipo: CD/LP

Avaliação geral: 4,5 - 1 voto

Avalie

Você conhece esse álbum? Que tal dar a sua nota?

Faça login para avaliar

Visitar a página completa de A Drop of Light



Continue Navegando

Através do menu, busque por álbums, livros, séries/filmes, artistas, resenhas, artigos e entrevistas.

Veja as categorias, os nossos parceiros e acesse a área de ajuda para saber mais sobre como se tornar um colaborador voluntário do 80 Minutos.

Busque por conteúdo também na busca avançada.